Terça-feira, 1 out 2019 - 15h47
Por Maria Clara Machado

Açores em alerta vermelho esta noite com proximidade do furacão Lorenzo

O arquipélago dos Açores está em alerta laranja pela proximidade do grande furacão Lorenzo. Autoridades informam que o nível do alerta será alterado para vermelho, o maior na escala, entre a meia-noite e às 16 horas desta quarta-feira, 2 de outubro.

Furacão Lorenzo avança em direção aos Açores e deixa região em alerta máximo.
Furacão Lorenzo avança em direção aos Açores e deixa região em alerta máximo.Crédito: SIC/Imagem de Arquivo

O Comando Regional dos Açores realiza medidas estratégicas à espera do furacão Lorenzo, que se encontra na categoria 2, com ventos máximos sustentados em 160 km/h, com rajadas mais intensas.

Um navio, aeronaves e bombeiros estão reforçando o apoio à população entre as ilhas Terceira e Flores.

A tormenta se encontra mais próxima, a 620 km a sudoeste da ilha das Flores na tarde desta terça-feira, dia primeiro. Fortes ventos, bastante chuva e uma grande agitação marítima são esperadas já a partir da noite de hoje, principalmente nas ilhas ao oeste da região, Flores e Corvo, que deverão ser as mais atingidas. O alerta se estende também para a parte central dos Açores, incluindo Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) continua alertando para ondas muito elevadas na região, que poderão passar de 15 metros de altura.

O que diz o NHC
Os swells gerados por Lorenzo se espalharam por grande parte da bacia do Atlântico Norte e afetam a costa leste dos Estados Unidos, Canadá, Bahamas, as Pequenas Antilhas, além dos Açores e parte da costa da Europa. São grandes ondas que colocam a vida em risco.

A animação feita pelo Windy, mostra a dimensão dos swells gerados pelo furacão Lorenzo. É possível notar os tons em rosa próximos à costa leste dos Estados Unidos, indicando elevação das ondas. Crédito: Windy.
A animação feita pelo Windy, mostra a dimensão dos swells gerados pelo furacão Lorenzo. É possível notar os tons em rosa próximos à costa leste dos Estados Unidos, indicando elevação das ondas. Crédito: Windy.

Naufrágio
Até agora, apenas três tripulantes foram resgatados com vida de um naufrágio que aconteceu no Atlântico Norte no último sábado, em razão dos ventos fortes e mar agitado, por conta do deslocamento do furacão Lorenzo. Dez marinheiros continuam desaparecidos.

O navio com bandeira de Luxemburgo começou a afundar a cerca de 2.200 quilômetros da Martinica e a 111 quilômetros do olho do furacão Lorenzo, que estava com categoria 5 no noite do sábado. Havia 14 tripulantes, da Ucrânia, Rússia, Croácia, Filipinas e África do Sul, segundo a empresa da embarcação, que prestava serviço para a indústria petroleira. Cinco navios comerciais prosseguem com as buscas na região.



Domingo, 20 out 2019 - 17h07


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019