Quarta-feira, 3 jul 2019 - 09h11
Por Maria Clara Machado

Bárbara é um poderoso furacão de categoria 4

O furacão Bárbara ganhou muita força sobre as águas do Pacífico oriental nas últimas 24 horas e agora provoca ventos máximos sustentados de 250 km/h, evoluindo para um poderoso sistema de categoria 4, na escala Saffir-Simpson.

Imagem de satélite do furacão Bárbara divulgada pela NOAA.
Imagem de satélite do furacão Bárbara divulgada pela NOAA.

Se o furacão Bárbara tocasse áreas territoriais, causaria grandes danos estruturais, enormes ressacas e inundações severas. Felizmente, o furacão está em alto mar, a cerca de 1950 quilômetros da ponta sul da Baixa Califórnia, com deslocamento no sentido oeste-noroeste, rumo ao oceano.

Bárbara avança com velocidade de 22 km/h e as projeções do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) são de um enfraquecimento gradual do furacão durante esta quarta-feira, dia 3, seguido de um enfraquecimento mais rápido entre quinta e sexta-feira, dias 4 e 5 de julho.

Os ventos intensos do furacão se estendem até 75 quilômetros do centro, ou seja, em alto mar, mas para as áreas costeiras da Califórnia e do México não há aviso público de perigo.

Furacão Bárbara se desloca para alto mar como um poderoso sistema de categoria 4. O NHC já monitora um novo possível ciclone, que poderá se formar nas próximas 48 horas.
Furacão Bárbara se desloca para alto mar como um poderoso sistema de categoria 4. O NHC já monitora um novo possível ciclone, que poderá se formar nas próximas 48 horas.

O NHC estima em 20% a chance da formação de um novo ciclone ao largo do sul do México nas próximas 48 horas. O Painel Global segue monitorando as tempestades no Pacífico.





Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019