Quinta-feira, 14 nov 2019 - 16h20
Por Maria Clara Machado

Municípios do Espírito Santo sofrem com enchentes e deslizamentos

As fortes chuvas desta semana já provocaram graves ocorrências em mais de uma dezena de cidades do Espírito Santo. Santa Leopoldina, na parte central do estado, decretou situação de emergência nesta quinta-feira, dia 14. O rio Santa Maria transbordou e a inundação mantém moradores ilhados.

Espírito Santo sofre com enchentes e deslizamentos de terra por conta das chuvas torrenciais esta semana. Imagem da região do Porto de Tubarão, divulgada no twitter @AGazetaES
Espírito Santo sofre com enchentes e deslizamentos de terra por conta das chuvas torrenciais esta semana. Imagem da região do Porto de Tubarão, divulgada no twitter @AGazetaES

O município de Santa Leopoldina está completamente alagado com a subida do rio que atingiu o nível de 6,7 metros, quando o normal seria de 2 metros. O deslizamento de uma encosta atingiu uma casa e três pessoas estavam dentro.

Além de Santa Leopoldina, Domingos Martins e Anchieta continuam em alerta total por conta do risco de novos deslizamentos. A BR-080, em Santa Leopoldina e a BR-262 em Domingos Martins estão interditadas. Também houve queda de barreiras em estradas da região de Anchieta.

O município de Santa Leopoldina está ilhado depois do transbordamento do rio Santa Maria. Imagem divulgada no twitter @AGazetaES
O município de Santa Leopoldina está ilhado depois do transbordamento do rio Santa Maria. Imagem divulgada no twitter @AGazetaES

Os deslizamentos e alagamentos atingiram pelo menos 11 cidades e cerca de 70 pessoas estão desalojadas no estado, de acordo com informações atualizadas da Defesa Civil. O órgão também mantém alertas em municípios que já sofreram com os temporais como Cariacica, Viana, Vitória, Serra, Fundão, Alfredo Chaves e Piúma.

Mancha de óleo chega ao litoral de Linhares
O Espírito Santo também enfrenta problemas no litoral com o avanço da mancha de óleo em águas capixabas. Ontem, foi notificado que a mancha chegou à praia de Regência, em Linhares. As manchas de petróleo apareceram na Reserva Biológica de Comboios que é considerado um “santuário” de tartarugas marinhas.

Já são sete praias de São Mateus e Linhares que já registraram o aparecimento da mancha na última semana. As equipes de limpeza e voluntários realizam os trabalhos de retirada da substância da areia, mesmo com sob as más condições do tempo nos últimos dias.

A mancha de óleo surgiu no litoral brasileiro no começo de setembro, na altura de Pernambuco e até agora já atingiu quase 500 localidades. As investigações continuam ainda sem uma conclusão sobre a origem exata da mancha.





Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019