Quarta-feira, 3 jul 2019 - 10h25
Por Maria Clara Machado

Nevasca na Argentina deixou 400 caminhoneiros presos

Uma forte nevasca na Argentina bloqueou estradas e deixou cerca de 400 caminhoneiros, da região oeste de Santa Catarina, presos na neve por uma semana.

Forte nevasca na fronteira da Argentina com o Chile deixou 400 caminhoneiros presos por uma semana. Crédito: Clayton Ullrizh/Divulgação/ND Mais
Forte nevasca na fronteira da Argentina com o Chile deixou 400 caminhoneiros presos por uma semana. Crédito: Clayton Ullrizh/Divulgação/ND Mais

A neve e o gelo cobriram as pistas quando os caminhoneiros iriam realizar a travessia na região de Luján de Cuyo, em direção ao Chile. Só ontem, dia 2, o grupo começou a se deslocar pela travessia, que fica próxima à Cordilheira dos Andes.

Centenas de caminhões estavam estacionados em um pátio de uma petrolífera argentina desde a semana passada e viveram momentos de tensão, segundo relatos dos próprios motoristas. Além do frio intenso e dos ventos fortes, a comida era pouca e não havia local para tomar banho. A temperatura chegou a 4 graus negativo.

Caminhoneiros catarinenses ficaram por uma semana no pátio da petrolífera YPF. Crédito: Clayton Ullrizh/Divulgação/ND Mais
Caminhoneiros catarinenses ficaram por uma semana no pátio da petrolífera YPF. Crédito: Clayton Ullrizh/Divulgação/ND Mais

A travessia foi interrompida por risco de acidentes nas pistas, já que ficaram cobertas pelo gelo após a tempestade de neve.





Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019