Terça-feira, 5 nov 2019 - 11h21
Por Maria Clara Machado

Sistema de radar poderoso já está em uso nos graves incêndios da Califórnia

Há uma semana novos focos de incêndio eclodiram com força total no norte e no sul da Califórnia novamente arrasando milhares de hectares e desalojando milhares de pessoas. Historicamente, a Califórnia sofre com graves incêndios florestais todos os anos. Um novo sistema de radar poderoso já está sendo usado e poderá ajudar os bombeiros no combate ao fogo.

Novo radar começa a se utilizado para estudar os incêndios florestais na Califórnia. Crédito: Divulgação pelo twitter do Laboratório de Pesquisa de Clima de Incêndio da Universidade Estadual de San Jorge.
Novo radar começa a se utilizado para estudar os incêndios florestais na Califórnia. Crédito: Divulgação pelo twitter do Laboratório de Pesquisa de Clima de Incêndio da Universidade Estadual de San Jorge.

Como funciona o novo radar
O novo radar Doppler de banda Ka é semelhante aos radares utilizados pela meteorologia para monitorar o tempo, porém este é específico para detectar partículas de cinzas em uma nuvem de fumaça e fogo.

Ele é móvel, pequeno, cabe na traseira de uma picape e trabalha emitindo ondas de energia milimétricas, que refletem as partículas e podem ser detectadas pelo radar, explica Craig Clements, diretor do Laboratório de Pesquisa de Clima de Incêndio da Universidade Estadual de San Jorge. Uma estrutura de fogo consegue ser escaneada em 5 ou 10 segundos.

Os cientistas esperam ver o interior dos incêndios, entender como se comportam, o fluxo de ventos e assim, ajudar os bombeiros a combatê-los. Outra situação é que o radar consegue achar redemoinhos de fogo através da fumaça. São como “mini tornados” muito perigosos e normalmente difíceis de ver.

Os primeiros testes já estão sendo feitos recentemente no devastador incêndio em Kincade, no Condado de Sonoma, no norte da Califórnia, que começou dia 23 de outubro e onde o fogo queimou mais de 28 mil hectares, além de destruir mais de 370 edificações. Este incêndio ainda está ativo e no momento 80% está controlado. Além de Kincade, outros 13 focos de incêndios continuam fora de controle na Califórnia.

Incêndio em Kincade ainda está ativo e 80% já foi controlado. Crédito: Divulgação pelo twitter do Laboratório de Pesquisa de Clima de Incêndio da Universidade Estadual de San Jorge.
Incêndio em Kincade ainda está ativo e 80% já foi controlado. Crédito: Divulgação pelo twitter do Laboratório de Pesquisa de Clima de Incêndio da Universidade Estadual de San Jorge.

Incêndio Maria
O novo incêndio florestal Maria, em Santa Paula, no condado de Ventura, a apenas 100 km de Los Angeles ganhou muita força na última sexta-feira, dia primeiro de novembro, impulsionado por ventos fortes. No fim de semana, metade deste incêndio estava controlado, depois de destruir uma área de 36 quilômetros quadrados.

Além dos ventos, não chove há meses na Califórnia, o que dá a condição ideal para que um simples princípio de incêndio se propague rapidamente.



Quinta-feira, 12 dez 2019 - 09h56


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019