Sexta-feira, 21 jun 2019 - 10h20
Por Maria Clara Machado

Uruguai sofre com graves inundações há uma semana

Informações divulgadas pelo jornal El País nesta sexta-feira, dia 21, falam em dois mortos e quase 9 mil desalojados por contas das inundações que afetam metade do Uruguai já há uma semana.

Inundações no Uruguai já deixaram quase 9 mil fora de casa. Crédito: Secretaria de Comunicação Institucional da Presidência do Uruguai/Divulgação.
Inundações no Uruguai já deixaram quase 9 mil fora de casa. Crédito: Secretaria de Comunicação Institucional da Presidência do Uruguai/Divulgação.

As províncias mais atingidas são Durazno, no centro do país, com cerca de 6.400 desalojados e evacuados, e Canelones, no sul, com quase 1.500 pessoas fora de casa. São inúmeras estradas no país que permanecem interrompidas por conta das inundações.

A tarefa de remover pessoas de suas casas para Ginásios e tendas do Exército está suspensa neste momento, pois a chuva deu uma trégua e os rios estão estáveis. Acredita-se que o nível dos rios tenha atingido o pico. O rio Yi, em Durazno, por exemplo, está com o nível em 11,7 metros e começam baixar lentamente.

Ainda há são esperadas chuvas neste sábado, porém mais leves, segundo a previsão do Instituto de Meteorologia do Uruguai. O frio na região está variando entre 14°C e 17°C.

As equipes de emergência avaliam esta inundação como mais grave do que o evento ocorrido em janeiro deste ano e outras inundações anteriores, pela velocidade em que os rios subiram.

A operação de retorno das famílias às suas casas pode começar na segunda-feira, caso o nível dos rios continue baixando.



Terça-feira, 16 jul 2019 - 10h18


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019