AGRADECIMENTOS

Agradecemos a todos os colaboradores do Painel Global que têm tornado possível a continuidade do nosso trabalho, permitindo que os conteúdos permaneçam gratuitos e acessíveis a todos.

Nosso Muito Obrigado!

A campanha continua. Colabore também. Clique aqui.

Quinta-feira, 30 jan 2020 - 10h13
Por Maria Clara Machado

Vulcão Taal nas Filipinas está em alerta nível 3

O Monte Taal, considerado o segundo mais ativo das Filipinas, vem registrando novas atividades depois de ter entrado em erupção nos últimos dias 12 e 13 de janeiro. O vulcão que se localiza em um lago a menos de 100 quilômetros da capital Manila, obrigou a evacuação de 16 mil pessoas num raio de 17 quilômetros durante sua última erupção.

Emissões de cinzas foram observadas na cratera do Monte Taal entre os dias 22 e 28 de janeiro. Crédito: Jonathan. Imagem divulgada pelo twitter @giselleissimple<BR>
Emissões de cinzas foram observadas na cratera do Monte Taal entre os dias 22 e 28 de janeiro. Crédito: Jonathan. Imagem divulgada pelo twitter @giselleissimple

O último boletim divulgado pelo Instituto de Vulcanologia e Sismologia das Filipinas (PHIVOLCS) no dia 29 de janeiro, informa que plumas brancas carregadas de vapor subiram até 800 metros acima da abertura principal da cratera do Taal. Esta atividade com emissões de cinzas foi observada no período entre os dias 22 e 28.

As cinzas foram levadas por ventos fortes para cidades como Lemery e Agoncillo, no lado oeste do vulcão, subindo a quase 6 quilômetros de altitude, conforme relatado por pilotos.

A atividade de erupção do vulcão Taal continuou entre os dias 14 e 21 de janeiro, embora mais fraca segundo o PHIVOLCS. O número e a magnitude de terremotos vulcânicos também diminuíram após esse período.

Ainda assim, o vulcão encontra-se atualmente em alerta nível 3, o que indica a possibilidade de uma nova erupção nas próximas semanas.

Programa “cinzas por dinheiro”
O governo da província de Batangas, que fica ao lado vulcão, anunciou hoje um novo programa de subsistência para os desalojados da erupção do Taal no último dia 12.

A ideia seria comprar cinzas coletadas pelos moradores, que estão envolvidos na limpeza de suas áreas. As cinzas seriam utilizadas na produção de blocos por cooperativas e o produto final oferecido às empresas de construção. Outra possibilidade apontada pelo governo é a utilização das cinzas vulcânicas como fertilizantes.

Consulte semanalmente informações atualizadas em Relatório Vulcânico na home do painelglobal.com.br



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2020