Anônimo    - em 03/03 - 10h37   
Bom dia a todos, estou chegando agora no PG graças às mãos de minha esposa que vem pesquisando o tempo...

Embora leigo em meteorologia venho me interessando mais pelo assunto em função dos últimos acontecimentos.

Somos moradores (sobreviventes) de Nova Friburgo-RJ local bastante atingido pelos fenômenos climáticos do dia 12/02 dos quais fui testemunha presencial. Se alguém puder explicar cientificamente os fatos que irei narrar, eu e a população daqui agradeceremos.

Houve um bombardeio real nas montanhas que, junto com o excesso de precipitação pluvial desencadeou os deslizamentos de terra em efeito cascata e as consequentes enchentes.

As descargas elétricas e as trovoadas eram seguidas de estrondos e tremores.

Durante 4 horas, na madrugada do dia 12/01, o bombardeio foi intenso. Porém, por volta das 5h30min, como num passe de mágica, as chuvas, os raios, as trovoadas e os estrondos cessaram completamente!

Logo em seguida, nuvens espessas de vapor saíram do solo, como se este estivesse fervendo.

Parecia um microondas gigante. Ora, se não havia sol, o solo estava encharcado e a madrugada estava fria, como poderia haver tanta evaporação?

Ao sair de casa deparei-me com a devastação em todas as partes. Mas, o que me chamou a atenção foram as marcas nas montanhas, como se realmente tivessem sido bombardeadas.

Tirei fotos (vejam algumas em anexo) que comprovam não serem marcas de deslizamentos oriundos do excesso de água. Observem que marquei em vermelho a área do possível impacto. O que poderia ter ocorrido? Choque de ondas eletromagnéticas de altíssima intensidade provocando os tremores e desabamentos? Descargas elétricas poderosas?

Chovia na região desde o dia 21 de dezembro, deixando o solo encharcado. Com a precipitação do dia 12 de janeiro, as camadas mais baixas dos morros desmoronaram. Aconteceram deslizamentos de barreiras como consequência do excesso de água acumulada.

Porém, naqueles morros cujas marcas são evidentes nas fotos, nenhum cientista geofísico ou geólogo explicou o fenômeno até o momento. As fotos estão aí e as montanhas estão aqui para quem quiser conferir.

Anônimo - comentou em 08/03 - 10h29
Gente será que os EUA usaram a arma climatica chamada HAARP aqui no Brasil? procurem no youtube sobre a HAARP
Anônimo Santos-SP comentou em 03/03 - 21h45
Boa noite Dil. Ouvi outros relatos parecidos com o teu, mas ainda não havia visto as fotos dessa forma. Acredito que o importante é isso que você está fazendo, acompanhar e cobrar respostas de quem entende e podemos confiar. Gostaria fazer uma relação com os acontecimentos naturais dos últimos cinco anos, que chamaram a atenção da mídia, da opinião pública, que ficaram de serem estudados e cairam no esquecimento. Os fatos na hora, viram manchetes, mas o desenrolar o acompanhamento das pesquisas e explicações, que seriam tão importantes, não "merecem" nem uma notinha de rodapé. Somos sugados pelo imediatismo. Com isso, os Centros de pesquisas e os pesquisadores, que são os que vêm depois, ficam esquecidos e relegados a um segundo plano.
Anônimo - comentou em 03/03 - 19h19
Seguem mais fotos. Postei mais algumas no post do Luciano acima. Há marcas em várias montanhas. Quem puder, venha ver com os próprios olhos e dar explicações ao vivo...
Anônimo - comentou em 03/03 - 17h40
Relato interessante, amigo Dil. Você tem mais fotos? Vamos aguardar a resposta dos colegas sobre sua narrativa. Abraços Fraternos!
Anônimo - comentou em 03/03 - 11h29
to vendo agora ( sou desligada , desculpe-me )
Anônimo - comentou em 03/03 - 11h27
cadê as fotos ?
Anônimo - comentou em 03/03 - 11h26
Bom dia a tds , 19 graus aqui SBernardo Campo/SP

DILL: já tinha lido alguma coisa sobre explosões no local, depois ninguém mais comentou. Vc pode , se quiser, mandar isto pra mim ?














Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2018
Política de Privacidade