Anônimo    Santos - SP em 14/07 - 20h54   
Com relação ao Post 330- *TREMOR NA CIDADE DE PARAIBUNA*, aqui temos novas informações. [Ver site] Segundo pesquisadores, existe uma falha embaixo da represa de Paraibuna. O sismógrafo da Cesp (Companhia de Energética de São Paulo), já registrou no local tremor de 3.4 em 2009. O de ontem a noite parece que foi de menor intensidade. Como é muito próximo de São Paulo, passei a entender melhor o sismógrafo do painel. E fico pensando, o quanto aumentaria o número de terremotos registrados no Brasil, quando aumentarem a nossa rede de sismógrafos.

Anônimo Vitória-ES comentou em 15/07 - 08h06
[Ver site] Sandra, na lista de tremores no Brasil, eles mostram um mapa com os sismografos da região. Repare um tremor de 4.1° registrado no litoral do RJ em 2010.
Anônimo Santos-SP comentou em 15/07 - 00h39
Everton, nesse mapa com os sismógrafos do Brasil, até me surpreendi com a quantidade no Centro Oeste e no mapa não consegui ver todas essas estações. Parece até ter menos que no Sudeste. Porém, conforme essa matéria, [Ver site] temos a situação de ter a estação, em Porto dos Gauchos/MT, mas não ter nem quem cuide dela. Ainda temos um longo caminho, mas já não estamos parados, isso é bom. abr..
Anônimo Vitória-ES comentou em 14/07 - 23h42
Sandra, o centro oeste conta com uma quantidade de sismografos até boa. A questão é integrar e disponibilizar esses dados de forma rapida.
Anônimo Santos/SP-SP comentou em 14/07 - 23h06
Este post ficou 10! Ótimos links, não vejo a hora de monitorar esta nova rede de sismógrafos :)
carmen são paulo-SP comentou em 14/07 - 22h50
Excelentes notícias Sandra e Everton!!!
Anônimo Santos-SP comentou em 14/07 - 22h26
Everton, já tinha lido sobre isso, mas aqui está bem explicado e pelo visto agora sai do papel. É importantíssmo para a Petrobrás ter esses dados, então, é uma forma de unir o útil ao útil e ela tem os recursos financeiros para isso. Já era tempo! Assim estaremos cobrindo o Sul/Sudeste. O Nordeste existe uma rede devido as atividades mais constantes em algumas localidades, como no agreste pernambucano, por exemplo. Agora, como fica o Centro Oeste? AH! Ontem teve uma reunião em Brasília para estudo de uma Política Nacional de gestão em desastres [Ver site] Sinal, que estamos mudando paradigmas.
Anônimo Vitória-ES comentou em 14/07 - 21h46
Sandra, está sendo implantado uma nova rede sismografica no Brasil. [Ver site] [Ver site] e no fim da pagina [Ver site] A pincipal é a Rede Sismográfica do Sul e Sudeste do Brasil (Rsis) Pelo que li já deveria estar pronta mas deve sair. Só não pode ser como os sismografos atuais que estão espalhados por varias instituições e outros em hidreletrica, dificultando obter dados, só temos acesso a uns 3, mal se consegue saber a localização, etc. A divulgação é muito fraca. veja o mapa de sismografos no Brasil [Ver site] além de simples, é muito dificil de achar. O ideal seria um site mostrando toda a rede nacional disponivel, com informações em tempo real, etc. Ao lado, possiveis locais dos novos sismografos, marcado com quadrados.
Anônimo Santos-SP comentou em 14/07 - 21h16
*MEIRE*. Quanto a sua pergunta se "aquíferos podem causar acomodações do solo?", a resposta é sim. Porém, não é esse o caso de Paraibuna. Lá, pelo que entendo é o que chamaria de exploração de águas superficiais, pois é uma represa que abastece uma grande área. Alí nasce o rio Paraíba do Sul, com o encontro das águas do Rio Paraitinga com as do Rio Paraibuna. Essa questão dos Aquiferos, no entanto, é preocupante e existem vários estudos sobre o assunto e o sistema Nacional de Recursos Hidricos [Ver site] . Agora, a nossa consciência com relação a utilização desses recursos evitando o desperdício é fundamental.













Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019
Política de Privacidade