Anônimo    Santos - SP em 01/03 - 14h19   
Esta rara formação de nuvens chamada de ",Morning Glory", ou “Glória das Manhãs” podem até chegar a atingir 1000 Km de extensão na forma de rolos, que lembram a meu ver imensas serpentes... Apesar de serem similares a outros tipos de nuvens, como as alto-cúmulos, que são nuvens de média altitude e ocorrem no mundo todo praticamente, estas se formam geralmente em meados de outubro, em Queensland, mais precisamente no Golfo de Carpentaria, nordeste da Austrália, sobre a cidadezinha de apenas centenas de habitantes e pouco conhecida de Burketown. Agora, ela já está ficando mais conhecida por ser o único lugar conhecido do mundo que revela essa raríssima nuvem, razão pela qual pilotos de planadores viajam todos os anos na época da primavera do hemisfério sul de todos os cantos da Austrália e até de outros países, só para experimentarem o raro prazer de planar com velocidades de até 250 Km/h, pelas correntes térmicas singulares proporcionadas pela chegada da ",Glória da Manhã!!

Longos tubos circulares de ar podem se formar quando fluxos de umidade e ar em resfriamento encontram uma camada de inversão, uma camada atmosférica em que a temperatura do ar aumenta com a altitude. Estes tubos e o ar ao redor podem causar perigosas turbulências para aeronaves. São na verdade ondas nas quais planadores parecem surfar. Por exemplo, ao encontrarem a parte frontal da nuvem, ganham altitude e depois fazem loopings e devido á intensidade das térmicas produzidas por essas perturbações atmosféricas, podem mergulhar sem muitos problemas, embora saibamos que todo tipo de nuvem é efêmera e muito instável, havendo sim riscos de perda de flutuação ou empuxo, à semelhança de submarinos em outro meio fluido - a água!

Famosas por seu formato de rolos ou tubular, são um fenômeno metereológico raro que se repete com alguma frequência apenas, repito, no Golfo de Carpentaria, nordeste da Austrália. Podem se deslocar à velocidade de 60 km/h com pouco vento.

As nuvens ",Morning Glory", por fim, são mesmo raríssimas, pois dependem de condições climáticas bem específicas: elas se formam com o encontro de ventos opostos com temperatura e umidade similares, sempre entre 100 e 200 metros de altitude, podendo chegar a 1000 km de comprimento e de 1 a 2 km de largura. Portanto, são nuvens de baixa altitude.... A foto tem como fonte a Revista Trip.














Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019
Política de Privacidade