Anônimo    Santos - SP em 27/03 - 22h24   
Boa noite. Aqui em Santos tivemos uma forte chuva a tarde, que provocou alguns transtornos conhecidos.

Aqui temos comentado muito sobre questões de contaminação radioativa, principalmente na época de terremoto do Japão, Eis que uma notícia da cidade de Bertioga chamou a atenção quanto ao risco de contaminação radioativa, sem vir de uma usina Nuclear. Foi encontrada uma oficina clandestina de raio-x funcionando no quintal de uma casa. Acreditem ou não ela possui CNPJ e tudo mais, menos a devida segurança para lidar com esse tipo de aparelhos, mesmo os empregados trabalhavam sem qualquer tipo de proteção. Os equipamentos eram montados com sucatas e as máquinas vendidas por um preço que chegava a um quarto do normal.

Para quem não sabe, esse tipo de equipamento possui o radiação, e a cidade poderia sofrer com as consequências de um vazamento radioativo como o de Goiânia, com o Césio 137.

Vou deixar aqui a matéria, pois como diz o título de um filme, o perigo mora ao lado...

[Ver site]

Anônimo Santos-SP comentou em 28/03 - 20h33
Bem, ao menos agora já temos informações corretas. Mas, essa questão confunde quem não sabe nada do assunto, o bom é isso, compartilhar para esclarecer. Também já repassei as informações postadas aqui, pois muita gente em Bertioga ficou alarmada. Grata.
Anônimo Athenas , Frankfurt ,SP-SP comentou em 28/03 - 12h08
De qualquer forma... o lugar clandestino deve ser fiscalizado, pois agora a Vigilância Sanitária não tem mais desculpas que não sabe da existência do local.

Pois os odontólogos pela lei devem anualmente chamar um técnico da USP para verificar o aparelho de RX, e entregar um laudo ao custo de em média 500,00 reais, e depois devemos entregar na Vigilância Sanitária enfrentando um absurdo de Fila quilométrica , perdendo 1 dia inteiro de trabalho.... Então só espero mesmo que algo no sentido de ficalizar aconteça por lá, pois nessa terra é de praxe, quem está direitinho registrado e pagando sempre é fiscalizado... quem está clandestino - * não existe * e não tem como fiscalizar....

Anônimo Santos/SP-SP comentou em 28/03 - 11h49
Parabéns pelas informações! Sandra, valeu o equívoco, pois assim ficamos informados corretamente :) !

(Irei deixar uma imagem para poder compartilhar no facebook, ñ sei se teria outra maneira....)

Administrador São Paulo-SP comentou em 28/03 - 10h17
Só para complementar, o Césio 137 produz radiação gama, de origem nuclear, enquanto raios-x são emissões de origem atômica. É o mesmo que comparar óleo com relógio.
Administrador São Paulo-SP comentou em 28/03 - 10h11
Exato Ortiz. Também a Anvisa precisa checar se o nível de emissão dos equipamentos após a reciclagem está dentro das normas. Contaminar uma cidade com raios-x é o cúmulo da falta de conhecimento.
Anônimo Rio de Janeiro-RJ comentou em 28/03 - 09h57
Comparar raios X a radiação do Césio é o cúmulo. Uma máquina de raios X contaminar uma cidade, Arrêgo! A MATÉRIA EVIDENCIA É A FALTA DE FISCALIZAÇÃO DO MINISTÉRIO DO TRABALHO QUANTO ÀS CONDIÇÕES DE PERICULOSIDADE E/OU INSALUBRIDADE QUE ESTES EMPREGADOS ESTÃO EXPOSTOS, e certos programas de TVs estarem deixando qualquer elemento que se diz "especialista" dar depoimento no ar!
Administrador São Paulo-SP comentou em 28/03 - 09h06
E o interessante é ver um suposto especialista ignorar que uma máquina de raios-x não pode causar esse tipo de acidente. O que não faz 5 minutos de fama.
Anônimo Santos-SP comentou em 28/03 - 08h08
Rogério, obrigada mesmo pela informação. Olha só, nessa eu cai direitinho, pois sobre o assunto não conheço nada e tem especialistas comentando o caso o que acaba legitimando as outras informações. Vou repassar logo, pois tenho muitos amigos por lá que ficaram preocupados. Grata.
Administrador - comentou em 28/03 - 06h35
Olá Sandra, quero fazer uma correção. Aparelhos de raios-x não contém ampôlas de césio 137. Nesses equipamentos, os raio-x são produzidos por válvulas eletrônicas de alta-voltagem. Em Goiânia, o equipamento utilizado e que foi abandonado era usado para radioterapia.

Para completar, é impossível contaminar uma cidade com raios-x desses equipamentos. Além disso, raios-x não contaminam. Isso é coisa desses canais de TV que adoram catástrofes. Quem pode sofrer as consequencias de mau uso são os funcionários, se não estiverem devidamente protegidos durantes os testes. :-)














Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019
Política de Privacidade