Administrador    São Paulo - SP em 01/05 - 16h41   
Email enviado pelo internauta Joabe Paiva de Lima relata que um tremor de 2.0 graus foi registrado no extremo oeste do RN. Segundo ele, as cidades de Martins, Umarizal, Taboleiro grande, Serrinha dos Pintos, Itaú e Portalegre sentiram um forte estrondo, como se fosse um trovão. O mesmo evento também foi informado por email pelo internauta José Antônio Queiroz.

Apesar de terem informado sobre a magnitude do evento, desconhecemos como ela foi obtida, mesmo assim vale o registro.

Administrador São Paulo-SP comentou em 02/05 - 12h41
Olá Gui, tremores de terra originados em falhas e provocados por acomodação de terra geralmente fazem bastante barulho.
Anônimo Blumenau-SC comentou em 02/05 - 11h41
...prejuízos*
Anônimo Blumenau-SC comentou em 02/05 - 11h39
Achei muito interessante a questão do "estrondo". Certa vez, quando estava próximo a uma serra de Agrolândia-SC, houve um estronto forte que parecia provir do céu, e em seguida houve um tremor que sacudiu, segundo relatos, as duas cidades próximas a serra. O chão vibrou e sacudiu janelas, prateleiras, etc, mas sem prejuísos.

Sr. Moderador ou alguém sabe a origem desses estrondos, já que dificilmente em algum terremoto se ouve tal efeito, apenas relatos de algum tipo de luz de origem geológica.

Anônimo Vitória-ES comentou em 01/05 - 20h30
E hoje a costa do México está agitada. Agora um tremor de 6.3°. Mais cedo já havia ocorrido outros sismos no mesmo ponto.
Administrador São Paulo-SP comentou em 01/05 - 19h41
Ao lado o mapa da sismicidade do local, em um raio de 100 km do epicentro.
Administrador São Paulo-SP comentou em 01/05 - 19h35
Sim, o local mais próximo é o município de Severiano Melo.
Anônimo Vitória-ES comentou em 01/05 - 16h48
Olá Rogerio. Tremor de 2.9° às 08:49 UTC de hoje na região de Taboleiro Grande. Postado pelo SismosNE agora a tarde. Por algum motivo, o Tweet deles não apareceu ali no Twitters em ação.













Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2020
Política de Privacidade