Anônimo    Sao Paulo - SP em 13/04 - 18h50   
Rogério, estou enganado ou por enquanto a EMC não chegou ou se chegou não registrou alterações nos índices KP bem como no Magnetômetro?

Anônimo Vitória-ES comentou em 14/04 - 13h23
O que todos esquecem é justamente o que o Everton comentou. Na verdade são vários elementos que interferem para que tenhamos tempestades geomagneticas ou não e o componente o IMF é um deles.

Perfeito o comentário do Everton. Paranéns, sempre...

Anônimo - comentou em 14/04 - 12h27
Olá Astroman! Você falou tudo no post abaixo. Parabéns.
Anônimo São Paulo-SP comentou em 14/04 - 11h58
A diferença entre expectativa e realidade, quando a realidade observada é menor que a expectativa gerada se chama decepção. Acho que a expectativa foi maior do que o fato poderia gerar tendo em vista "seria praticamente impossível um flare 6.2 elevar substancialmente o índice KP".
Administrador São Paulo-SP comentou em 14/04 - 11h14
Everton, bem observado e digno de estudo. Por outro lado, acho que o modelo de previsão peca por não mostrar a perspectiva frontal da emissão. Acredito que a tempestade possa ter "resvalado" ou circulado a Terra (no caso de um halo), mas o modelo não pegou ou não mostrou isso.

Joai, entendo sua frustração. A previsão do clima espacial é recente e ela não estava errada. Em nenhum momento foi previsto uma tormenta de grande intensidade e nós nunca falamos nisso, apenas acompanhamos. Seria praticamente impossível um flare 6.2 elevar substancialmente o índice KP. O que gerou expectativa foi a detecção dela pelo SOHO, que deu a impressão que seríamos bombardeados.

Se você ver o artigo no Apolo11 (e outros sites científicos) verá que a única previsão era de possíveis blecautes de radiocomunicação ou alarmes de flutuações elétricas em latitudes elevadas,a lémd e auroras. A palavra "supertempestade" nem foi usada exatamente por ter sido provocado por um flare de classe M, ou seja médio. Na minha opinião, a previsão estava correta e a EMC chegou dentro do estimado, com força menor do que o suposto pela população.

Anônimo Vitória-ES comentou em 14/04 - 11h05
Joai, pode ter certeza que muita gente ficou frustada com esse evento!
Anônimo Cascavel-PR comentou em 14/04 - 10h55
Marcelo, Everton: estou muito frustrado, muitas vezes acompanhei a chegada de tempestades não previstas e a não chegada de outras previstas, isso é muito impreciso.

É apenas um desabafo, adoro acompanhar as informações sobre o sol, concordo que temos muito a aprender e a desenvolver e que o simples fato de acompanhar ja é fantástico, o que eu não consigo entender é que com tantos bilhões de dólares mais décadas de trabalho e com a atual técnologica possamos ter dados informados com tanta imprecisão.

Veja que a crítica não é para o PG visto que em outros meios de comunicação também foi criada expectativas, mas, sim, para o órgão que fornece as inf.... desculpe qualquer coisa...

Anônimo Vitória-ES comentou em 14/04 - 10h54
Rogerio, eu até hoje tento entender o porque a que a EMC, mesmo forte, tem dificuldade para derrubar a componente BZ para o sul, quando o IMF é positivo! Como ontem, o IMF sendo +, dificilmente tem tempestade geomagnética.
Administrador São Paulo-SP comentou em 14/04 - 10h23
Olá Joai, não é isso que torna fascinante a necessidade de aprendermos mais sobre o Sol e sua interação com os planetas?

Na minha opinião, mesmo não se confirmando a previsão, é simplesmente fantástico esse acompanhamento!

Anônimo Vitória-ES comentou em 14/04 - 10h15
Joai vou respeitar sua opinião mas discordo totalmente. Nos eventos que já acompanhei, foram raras vezes que a projeção não se confirmou! Na grande maioria dos casos, só vão ocorrer auroras e o aumento do indice KP. Acho que é muita expectativa para pouco efeito! E se um deles não ocorre então... E para nós que só acompanhamos, pode não servir mas para que tem atividade diretamnete influenciada pela atividade solar, tem grande serventia.
Anônimo Cascavel-PR comentou em 14/04 - 09h53
om dia Globias! Bom domingo a todos! Bem, não é a primeira vez, são muitas vezes que se cria expectativa para acompanhar um evento EMC e chegada de partículas na terra e o fato não sai nem de longe como previsto, essas previsões e modelos não são confiáveis e parece não servir para nada.
Administrador São Paulo-SP comentou em 14/04 - 07h48
As partículas passaram em forma de halo e não causaram maiores interações. O magnetômetro do GOES registraram desvios de 140 nT, muito próximo do valor indicado no magnetômetro ao lado. Tempestade magnética... nada! Mais tarde vou ver as variações na bússola, mas acredito que não vamos encontrar nada.
Anônimo Vitória-ES comentou em 14/04 - 06h01
Indice KP ficou bem abaixo do esperado e nem chegou a o nivel de tempestade geomagnética! Vamos ver mais tarde o que houve.
Anônimo Vitória-ES comentou em 13/04 - 22h13
As variações ainda são pequenas, que acabam não aparecendo no manetômero ao lado. Em anexo, o grafico do GOES.
Anônimo Teresina-PI comentou em 13/04 - 21h02
Que imagem linda da Via Láctea! As auroras estão dando show!!
Anônimo Cachoeiro de Itapemirim-ES comentou em 13/04 - 20h53
Tb estou aqui aguardando noticias, obrigada a todos que nos informam por aqui, esse canal é muito bom !
Anônimo Belo Horizonte-MG comentou em 13/04 - 20h48
Acompanhando de BH as notícias pelo RG. Show de informações (como sempre) Abçs
Anônimo São Paulo-SP comentou em 13/04 - 20h34
Maravilhosas, Everton, obrigada por postar aqui pra nós. E realmente, a Via Láctea ao centro, sensacional!!
Anônimo Vitória-ES comentou em 13/04 - 20h25
Woww!! Incriveis e belas Auroras Austrais começaram há pouco em Syowa, estação Japonesa no polo sul. Reparem a Via Láctea no meio da imagem [Ver site] e mais links com possibilidades de auroras [Ver site] [Ver site]
Anônimo Vitória-ES comentou em 13/04 - 20h18
O magnetômetro ao lado deve começar a registrar já já. Magnetômetros em Boulder(EUA), Suécia, e o do GOES já registraram alterações
Administrador São Paulo-SP comentou em 13/04 - 20h04
sobre o experimento da bússola: Nenhuma variação até agora, como mostra essa compararação de imagens das 12 horas e 20 horas: [Ver no Apolo11]
Anônimo - comentou em 13/04 - 20h00
Olá Everton! Penso que o Magnetômetro vai "dançar".
Administrador São Paulo-SP comentou em 13/04 - 19h58
Olá Everton, a informação procede. Foi registrado um "IP Shock Passage" as 22h15 (19h15 BRT) pelo satélite ACE, produzindo um pico no magnétômetro do satélite. Agora, é só aguardar!
Anônimo São Paulo-SP comentou em 13/04 - 19h51
Oi Rogerio, nos atualize sobre seu experimento com a bússola.. Obrigada!
Anônimo - comentou em 13/04 - 19h51
Desculpe. Escrevi Apolo II e deveria ser Apolo XI.
Anônimo - comentou em 13/04 - 19h49
O previsor de chegada e impacto de tempestades solares (simulação), quando atualiza, apaga os dados passados. Existe atualização dos dados, mas gera uma confusão, pois as pessoas que não acessam diariamente o Apolo II, também não sabem as informações de dias atrás. Penso que existe algum programa para atualizar dados, sem apagar dados anteriores.
Anônimo Vitória-ES comentou em 13/04 - 19h44
Um astrônomo informou no Twitter que as particulas chegam na Terra cerca de 1 hora depois de passarem pela ACE.
Anônimo Vitória-ES comentou em 13/04 - 19h31
Sonda ACE acaba de detectar os primeiros sinais da EMC. Velocidade do vento solar deu um salto e o grafico de Nanoteslas registrou os primieros impulsos. O magnetômetro deve começar a registrar ainda nesta noite.
Administrador São Paulo-SP comentou em 13/04 - 19h28
Ainda não chegou!













Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019
Política de Privacidade