Anônimo    - em 31/10 - 18h14   
Boa noite Administrador!

Ao olhar várias vezes para a trajetória de ISON me fiz a seguinte pergunta: por que ele não passa direto pelo Sol e segue enfrente? É a gravidade do astro rei que o puxa de volta? Se for tenho outra pergunta: Qual o corpo celeste que o trás de volta ao nosso sistema solar? Teria que haver outro "Sol" no outro extremo de sua órbita não é mesmo?

Carlos

Administrador São Paulo-SP comentou em 31/10 - 19h10
Apenas uma observação: ISON não está na órbita do Sol. Sua orbita é hiperbólica e sugere que teve origem na nuvem de Oort. Se a trajetória dele fosse um pouco diferente, menos inclinada, poderia se chocar contra o Sol. ISON deu sorte. Por pouco.
Administrador São Paulo-SP comentou em 31/10 - 19h06
Essa serie de videos educativos pode ajudar a entender de modo um pouco mais objetivo. Assista todas as partes. :-)
Link

Administrador São Paulo-SP comentou em 31/10 - 18h51
Olá Carlos,não precisa de outro Sol. O que está em jogo é a gravidade e a massa do objeto, explicadas pelas leis naturais da Gravitação Universal postuladas por Newton nos anos de 1600. Tentar explica-las em um post seria uma tarefa hercúlea.

Sugiro que leia tudo que puder sobre as leis de Newton e Kepler e entenderá o motivo de ISON, a Terra, Vênus, etc, não se chocarem contra o Sol, mas girarem em torno deles.














Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019
Política de Privacidade