Administrador    São Paulo - SP em 11/03 - 11h17   

Chuvas alagam parte da Grande São Paulo e deixam ao menos sete pessoas mortas

Chuvas alagam parte da Grande São Paulo e deixa ao menos sete pessoas mortas.

As fortes chuvas que caíram na Grande São Paulo na noite de domingo e madrugada de segunda feira, 10 e 11 de março de 2019, deixaram um saldo de sete vítimas fatais. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ao todo foram 698 ocorrências.

Na capital paulista o Rio Tamanduateí transbordou e alagou diversas áreas ao redor. Ao menos duas pessoas morreram por afogamento.

Em Ribeirão Pires duas casas desabaram no final da noite de domingo, deixando quatro mortos. No bairro do Taboão, em São Bernardo, uma vítima também morreu por afogamento.

A capital paulista amanheceu alagada, com os maiores problemas registrados nos bairros do Cambuci, Mooca e Ipiranga.

A foto mostra um rua do bairro do Cambuci, próximo ao Largo, completamente alagada. Crédito: Sayako Amanuma.

Administrador São Paulo-SP comentou em 11/03 - 19h00
Obrigado, Vânia!

O número de vítimas subiu para doze.

Vania C. rio de janeiro-RJ comentou em 11/03 - 14h12
Perdao, capital e no ABC = 11 óbitos :-(
Vania C. rio de janeiro-RJ comentou em 11/03 - 13h27
Boa tarde. Atualizando o número de óbitos 12 :-(
Administrador São Paulo-SP comentou em 11/03 - 12h33
Atualizando: O número de óbitos na Grande São Paulo aumentou para dez, sendo cinco por afogamento e cinco por deslizamentos.
Administrador São Paulo-SP comentou em 11/03 - 12h32
De acordo com o Cemaden, a precipitação observada em São Bernardo do Campo, de 177 mm, é a maior já observada nos últimos 27 anos na cidade.
Administrador São Paulo-SP comentou em 11/03 - 11h45
Na capital paulista, toda a região do Ipiranga, Vila Prudente, Mooca e Cambuci estão sofrendo muito com o alagamento.

Na cidade de São Bernardo do Campo choveu 177 mm. Em Santo Andre, 184 mm e Ribeirão Pires 172,8 mm.

Muitos rios e córregos transbordaram e hHouve deslizamentos de morros.

Alguns páteos de estacionamento de Shoppings nestas regiões estão servindo como pistas de pouso e decolagem de helicópteros do Corpo de Bombeiros.

A prefeitura de São Paulo classifica a situação atual como "caótica".

A foto acima mostra outra parte do bairro Cambuci, totalmente alagada. Crédito: Sayako Amanuma.














Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019
Política de Privacidade