Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Gonçalves      
Nasa usando sonda consegue fotografar jipe Chinês na lua as imagens são muito interessantes sem contar com uma boa dose de humor... Segue o link [Ver site]


    2
Loyola      
Muito interessante este artigo, cientistas avaliam quais os gatilhos para as raras super erupções. [Ver site]


    3
Edujão      
Era só o que faltava: EUA querem que 0s 06 locais utilizados por suas missões espaciais na lua sejam PROPRIEDADE PRIVADA DO GOVERNO AMERICANO. O pior é que eles mandam e desmandam e devem conseguir esse absurdo!!! Isso viola claramente o Tratado do Espaço, assinado por eles mesmos, mas como eles nunca estão satisfeitos, já mandam no plante terra e agora querem mandar também na lua... Se deixaram vão mandar no sistema solar todo!!! Bando de *&%#@ Fonte: [Ver site]


    4
Rogcon      
Um vídeo feito com um Contador Geiger dia 23/12 passado, em uma praia da Califórnia (US), mostraria "níveis incomuns" de radiação em torno do local do teste, principalmente próximo a água, onde o medidor chega a marcar acima dos 100 CPM (Contagens por Minuto). Seria interessante saber uma medição "oficial" feita neste e em outros pontos da Costa Oeste americana, visto que Fukushima é um "desastre permanente".
Administrador comentou
Olá Rogcon, as medições são interessantes e devem ser levadas a sério, mas é preciso que quem esteja medindo tenha critérios e saiba usa-los. Não estou afirmando que os valores estão incorretos, mas anomalias dessa ordem são comuns, dependendo do local onde se está medindo. Cortar uma banana na frente de um contador Geiger também eleva a contagem. Cortar inúmeras bananas (devido ao potássio) fazem a contagem subir absurdamente. É preciso fazer diversas diversas medições e um estudo apurado da radioatividade do local para afirmar que a elevação da CPM é devido à Fukshima. Não basta ter o contador, é preciso saber utiliza-lo também!
everton dos santos comentou
A pessoa produz um vídeo mas não tem a mínima ideia do que pode estar motivando a variação. Simplesmente diz que a causa é fukushima. Se ele vier aqui em Guarapari com um contador Geiger ele vai sair correndo. P/ quem não conhece, temos a areia monazítica, que é naturalmente composta de metais pesados e emite radiação. Inclusive, um físico explicou em uma reportagem que outros elementos presentes em qualquer tipo de praia podem emitir naturalmente radiação, principalmente através do gás Radônio. Pelo que entendi, se quiser ver um contador Geiger variar, o melhor lugar é praia.
Rogcon comentou
Obrigado Admin, Everton. Realmente é preciso critérios mais sérios nas medições filtrando tais fatores naturais para saber se existe alguma possibilidade de Fukushima estar influenciando. O Vídeo foi publicado a pouco na RT, e segundo a matéria, funcionários do governo fizeram testes preliminares e constaram que apesar de os níveis de radiação estarem mais elevados do que é típico, por algum motivo ainda a ser determinado (não acreditam que é Fukushima), os níveis não são perigosos para humanos. O resultado de novos testes serão publicados essa semana pelo Departamento de Saúde Pública da Califórnia.


    5
Charles k      
Rogério, li o seu artigo sobre o asteroide e pergunto: Esta dentro da "média" essa incidência de asteroidemeteorito que aconteceram recentemente? Ou estamos melhores "armados" tecnologicamente para acha-los?.


    6
Helios      
A Geofisica e Doutora Ana Viana-Baptista, anuciou que um Terremoto de magnitude maior que o ocorreu 1855 esta prestes a acontecer novamente em Portugal, e que ira matar de 17 a 27 mil pessoas, pois o País nao esta preparado. Eu fico me perguntando, onde é que esse pessoal tira essas teorias, Um super terromoto em Portugal, uma era glacial ja começõu nos estados unidos, e deve vir mais por ai. Será que alguem ja pensou em ler a Biblia.
Helios comentou
Desculpa ai Rogerio! Mas é complicado ouvir coisas desse tipo de gente formada e com conhecimento de sobra pra dar e vender.
everton dos santos comentou
Não é teoria! É ciência. Essas são projeções feitas por um software especifico para determinar os danos por um terremoto. Portugal já sofreu grandes terremotos no passado( acima de 8°) e que pode ocorrer novamente. A região está em um limite de placas que tem potencial para violentos terremotos. Pode ser amanhã ou daqui a centenas de anos, como disse a própria Ana-Viana. E nesse caso, o país sofreria muito pois não tem estrutura p/ tamanho tremor. Ela chama a atenção de que Portugal precisa de uma estruturação p/ suportar terremotos. Lisboa seria arrasada e provavelmente, teria milhares de mortos.
Sousa comentou
Hélios não é teoria é bem mais que isso, e sim pode acontecer. E a um erro no teu texto, o grande terramoto de Lisboa não foi em 1855 e sim em 1755 ,). Abraços!
wilson de luca junior comentou
As falhas geologicas em Portugal
Helios comentou
Vocês sabem que a Ciência atual não consegue prever Terremotos a tempo de salvar as pessoas, Existem falhas Geologicas por todo o Planeta, o proximo Grande Terremoto pode ser em qualquer lugar. Porque ir para a midia e colocar medo nas pessoas? Qual diferença essa Doutora vai fazer para a população com essa previsão, será que o governo vai investir bilhoes na prevenção de Terremotos so por causa do que ela disse na midia? Estamos em tempos dificies, não podemos fazer da Ciencia um sensacionalismo pessoal.
Alisson David comentou
Desde que o homem nasceu neste mundo ele sempre esteve em tempos difíceis. Sempre teve alguém a dizer sobre a fúria da natureza, não para passar medo ou impor a cultura do medo, mas afim de proteger as pessoas e alertar os governantes a investir em sistemas de defesas( vide japão com a sirene de tsunamis). O papel da ciência é advertir a população para os perigos do nosso planeta. Grandes terremotos sempre ocorreram em diversos lugares, mas existem alguns lugares no mundo que hoje em dia conseguimos observar grandes falhas geológicas que são potencialmente perigosas. O mesmo ocorreu no haiti anos atrás o país não estava preparado para um terremoto e ainda sobrevive sobre um grande falha geológica. A ciência com base nos dados históricos estima a possível data do próximo evento. Assim o japão aguarda ainda o grande terremoto de Tokai, um terremoto catastrófico que pode ocorrer hoje, amanha ou daqui anos e anos. Não sabemos prever, mas podemos amenizar os danos. Uma das grandes invenções foram os prédios do japão com molas que fazem com que eles vibrem junto com o terremoto mas jamais desmoronam. É potencialmente visível que Portugal sofra um grande abalo sísmico sim, visto que toda região esta em constante atividade. A Itália sofreu abalos quase que durante o ano todo passado. E agora temos o ETNA em erupção. Toda região de encontro de placas esta em constante movimentação, isso é normal. Sempre aconteceu isso ao longo do tempo. O problema do ser humano é achar que tudo é o fim do mundo.



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2020
Política de Privacidade