Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
impacto profundo      
Bom dia a todos do pg, muito prazer em estar novamente interagindo com todos.


    2
Marcos Passetti      
bom dia amigos... Andaram espalhando uma suposta formação de tempestade tropical (furacão) no atlantico sul na altura do sudeste brasileiro, mas na verdade o que esta se formando é uma area de baixa pressão com giro no sentido horário com deslocamento para alto mar, coisa comum... Será benéfico para o sudeste mais especificamente o norte de Minas que receberá boas chuvas em função do evento. Os reservatórios que abastecem SP serão beneficiados de forma modesta
Rejaine Monteiro comentou
Das duas uma: ou prefeito de RJ foi muito mal orientado pelos órgãos competentes ou distorceu a informação que recebeu e emitiu o alerta por conta própria.
silva comentou
Escreva um comentárioMetSul Meteorologia ‏,@metsul 2 hHá 2 horas Brasil URGENTE | Marinha eleva ciclone no Atlântico na altura do RS de depressão para tempestade subtropical e nomina o sistema como #Bapo. sobre este Post
Marcos Passetti comentou
A propria metsul emitiu nota dizendo que os efeitos deste ciclone serão sentidos apenas em auto mar....
Raphael Cozzi comentou
A prefeitura aqui do Rio emite um alerta de tempestade no Rio, informando que um ciclone subtropical se aproxima da costa, e o povo espalha a notícia como se fosse o apocalipse no filme O dia depois de amanhã. O problema é que muita gente acha que ciclone e furacão são a mesma coisa.. Choveu forte na Barra, Recreio, Jacarepaguá, Santa cruz, Campo Grande, Guaratiba, ou seja, a chuva veio da zona oeste, mas só pq não choveu na zona sul e zona norte o povo já acha que vale pela cidade toda. Choveu forte sim, só não teve furacão pq ciclone não tem nada a ver com furacão... [Ver site]
Iraci Lira comentou
Boa tarde a todos... Rejaine, eu acredito que foi por falta de conhecimento sobre o assunto.
Wolfgang comentou
Ola, Boa Noite a todos. Penso que é natural algum exagero da midia após um alerta, porém, é melhor prevenir do que remediar. Ventos de 40 50 Km/h seriam bastante para derrubar paredes e telhados de madeira nas areas altas e limitrofes do Rio de Janeiro. Melhor pecar por excesso do que pela falta. Se ninguém tivesse previsto ( ainda bem que não houve ventos fortes ) alguém teria dito porque não foi emitido alerta nenhum? Sou novo aqui no sul de SC, mas à anos atras quando se formou o Catarina acompanhei com preocupação lá de SP. Por aqui houve um radialista de nome Coutinho que previa o Catarina e ninguém deu ouvidos, chegou a ser ameaçado em seu emprego. Uma equipe de monitoração americana o classificou como furacão classe 1. Isto foi em 27 a 28/03 2004. [Ver site] Abraço a todos.
Rejaine Monteiro comentou
Verdade Wolfgang, é melhor prevenir do que remediar. Ou como li alguém no Twitter comentar que prefere uma previsão não concretizada do que uma tragédia não anunciada! :)
Marcos Passetti comentou
bom dia amigos... "Eu" particularmente achei desnecessario todo esse alarde,alguns blogs e redes sociais dizendo que seria muito pior que katarina e bla bla, puro sensacionalismo espalhando medo na população. Qualquer amador olhando para os modelos sabia que seu deslocamento ia em direção ao oceano.
litoral norte RS comentou
Bom dia,aqui no RS (Litoral Norte)é comum depois da passagem de uma frente fria a formação de Ciclones extra tropicais na região com maior efeitos na costa do RS do que este que sequer deu 10 Knós e nunca se deu tanta importância como este,o tempo no litoral neste momento esta limpo e com muito sol bom para ir a praia.
Wolfgang comentou
Ola Boa Tarde, Eu quiz postar o link abaixo - mas parece que não deu certo no outro post - a titulo informativo de um Relato Operacional de monitoração do Ciclone batizado como Catarina que ocorreu em 2004 no litoral e Atlantico Sul do Brasil. ai está: [Ver site]
Dione Moraes comentou
Boa noite a todos. Acredito ser de suma importância a divulgação de todas as evoluções do sistema que se formou na costa do Rio Grande do Sul. Lembro que em 2004 a imprecisão nas informações e a desconsideração das informações do CIMSS, que já haviam classificado aquele sistema como furacão classe1, fez com que a grande maioria das pessoas ignorasse o perigo que representava o que até então era considerado ciclone. O furacão surpreendeu a todos e os estragos foram grandes e muitas pessoas atingidas. Hoje as informações são bem mais precisas porem sempre é importante acompanhar, pois, embora haviam anunciado dia 06 pela manhã, que o ciclone estava se afastando para o mar, à tarde a Metsul informava que ele se aproximava da costa do RS. A projeção na figura em verde, se confirmou. O link dá uma dimensão do sistema (muito grande) e a evolução do mesmo, inclusive com direito à ressaca (vejam fotos). A Metsul cumpriu fielmente com seu papel nos mantendo informados o tempo todo. Isto foi bom porque evitou especulações e divulgação de informações inverídicas. [Ver site]


    3
Carlos Araujo      
Boa noite a todos!Lendo o blogue Sismos do Nordeste deparei com algo interessante na cidade de CARUARU-PE só neste mes ocorreram 08 terremotos. dois no dia 02/02 um11:51 hs MG 2.0 e outro as 12:30 hs MG 1.7 - dia 03/02 um as 16:38 MG 2.5 - dia 04/02 um as 00:55 hs MG 2.2 e outro as 02:20 hs MG ? e na data de 06/02 tres, um as 08:24 hs MG 2.0 e dois agora a noite um as 19:10 hs MG 2.2 e outro em seguida 19:11 MG 1,5 todos os horários são locais e todos os fatos devidamente registrados. Interessante que nessa cidade não tinha lido nada a respeito no ano passado. fonte com os graficos: [Ver site]



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019
Política de Privacidade