Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Administrador      
A onda de calor que atinge grande parte da Europa é possivelmente a mais longa e intensa dos últimos 50 anos e já fez diversas vítimas fatais principalmente em Portugal e Espanha. De acordo com a agência de meteorologia espanhola, no oeste do país a temperatura chegou a 46 graus na última segunda-feira, 6 de agosto. Na cidade de Zorita, no sudoeste do país, a temperatura atingiu 35,1 graus durante a madrugada. Segundo os pesquisadores, a onda de calor deve se dissipar nos próximos dias em Portugal e Espanha. No entanto, o pico de calor deverá atingir a região central do continente durante o final de semana. Em Portugal, no sábado (4 de agosto) a temperatura bateu o recorde dos últimos 18 anos, quando os termômetros marcaram 46,9 graus. Diversos incêndios provocados pela onda de calor atingiram diversos países. O governo francês informou em nota que a atual onda de calor pode ser uma das três piores já registradas. Foto - Incêndio Florestal próximo à cidade de Monchique, em Portugal. Crédito: Javier Fergo/AP Foto
Lab comentou
Groenlândia, no polo norte, cada vez menor a quantidade de gelo



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2018
Política de Privacidade