Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Danica      
Para quem ainda não viu aqui [Ver no Apolo11] artigo falando do meteorito que caiu na Rúsiaa.
Administrador comentou
Obrigado Danica!
Sel comentou
Bom dia à todos, consta em matérias internacionais que na verdade 400 pessoas ficaram feridas e três delas em estado grave. Abçs
Alisson David comentou
1 metro apenas, uma pedrinha causou esse estrago. Muitos estão dizendo que a NASA sabia, mas acho que é muito dificil ela saber. Eu acho que a NASA nao é uma super agencia que sabe tudo que acontece la fora. Mas o pessoal assustou por causa da passagem do asteróide hoje.
Turambei comentou
Bom dia pessoal... Outros videos aqui
Turambei comentou
Desculpem mas não incorporou na primeira postagem, fiz alguma coisa errada.
Turambei comentou
Mais um...
Turambei comentou
Outro provavelmente na mesma localidade do video da Apolo11 mas de um angulo diferente e com audio mais limpo
Turambei comentou
Este ultimo está no space.com... tenham todos um ótimo dia! espero não estar fazendo nada de errado... fiz várias postagens porque não sei se tem como inserir vários videos em uma postagem só ok. Abraços a todos.
Lailton comentou
Bom dia a todos, logo de manhã já ouvi rumores sobre esse meteorito tendo ligação com outros fatores como o papa e o asteróide, achei que tivesse sido mentira mas realmente caiu um meteorito.
Raphael Cozzi comentou
No site "Voz da Rússia" diz que o líder do partido liberal-democrata russo, Vladimir Zhirinovsky, afirmou que na verdade poderia se tratar de um teste de novas armas realizado pelos Estados Unidos.
Meg comentou
Uma pergunta: Um corpo relativamente grande como o asteróíde, não poderia ser precedido de pequenos fragmentos, como meteoritos, que por causa do tamanho poderiam se desviar da rota do corpo maior?
Vinicius JPDCL comentou
Bom dia! Tv da Itália esta transmitindo canal Russo ao vivo. [Ver site]
Sandra Silva comentou
Bom dia. Vamos ler e ouvir sobre a relação dessa queda com tudo, desde a renúncia do Papa à novas armas sendo testadas. Muita calma nessa hora, pois o fato acabou de acontecer, os dados ainda estão sendo colhidos e os oportunistas de plantão se aproveitando para gerar confusão.
Danica comentou
A ESA deixou no seu twitter mensagem dizendo que seus especialistas descartam a ligação entre o incidente da Rússia e o Asteroide que passará mais tarde. @esaoperations: ESA experts confirm *no* link between #meteor incidents in #Russia & #Asteroid #2012DA14 Earth flyby of tonight #SSA #NEO
Sandra Silva comentou
Vou deixar aqui um vale a Pena ver de novo, onde foram respondidas dúvidas sobre queda de satélite e o Arlindo deu uma boa explicação sobre a diferença entre meteoro, metoroide e meteorito. http://painelglobal.com.br /talk/radar.php?dia=11&mes=01&ano=2012 Está no post 11.
Sandra Silva comentou
[Ver no Painel Global] Upa, acho que apagou umas letras do link. Repetindo aqui.
Danica comentou
Ótimo link Sandra.
Administrador comentou
Não há qualquer relação entre os dois objetos. Nem precisa ser um pesquisador com doutorado pra saber isso. É só lembrar das aulas de física do segundo grau e entender os fragmentos também acompanham a órbita do objeto principal. Não existe uma "força desconhecida" agindo.
Professor Rubens comentou
Então o rio de janeiro está carente de pesquisadores, acabei de ver uma matéria com o Fernando Roig, astrônomo do Observatório Nacional e ele disse, não há ainda indícios para descartar ou confirmar que o meteoro russo tenha relações com o 2012 DA14. Só será possível esclarecer mais a frente.
Administrador comentou
Completamente carente. Infelizmente.
Administrador comentou
Por sorte, um dos maiores especialistas em objetos próximos, o cientista Don Yeomans,lembrou das aulas de física. "Yeoman stressed that the bolide event was likely not associated at all with the incoming asteroid 2012 DA14, which will fly within 17,200 miles (27,000 kilometers) of Earth when it passes safely by our planet today.' Além disso, ao que parece o objeto era constituido de gelo. Normalmente, especialistas brasileiros só gostam de repetir o óbvio e nem param alguns instantes pra pesquisar. Dizer que "pode e que não pode" qualquer um também pode!
Astroman comentou
Rogério, quando se fala que um meteorito é composto de gelo significa que 100% dele é gelo ou que grande parte é gelo mas tem um pequeno núcleo composto de outros materiais?
Administrador comentou
Olá Astroman, pode ter um núcleo sólido. No meu entender, um meteorito formando de gelo é na realidade um cometa. Então, se de fato tiver sido formado de gelo, acho que está faltando pouco para que seja chamado de cometa. Isso é uma hipótese minha.
Astroman comentou
Obrigado, Rogério.


    2
Magdalini      
Região da Russia densamente povoada, Chelyabinsk, onde caiu o meteorito. Usei marcadores no Google Hearth para ver a distância entre o ponto de impacto do meteorito e o centro do terremoto recente. Regiões bem distantes, então, nada além de coincidência, obviamente sem relação alguma. A globalização e a rapidez das noticias trazem essas especulações sobre o desencadeamento dos acontecimentos naturais. O tal efeito "borboleta" da física - o que acontece aqui desencadeia o que acontece mais adiante - mas tremor de terra e meteorito não se relacionam, são forças diferentes em ambientes diferentes.
comentou
O tremor foi anterior ao choque.
Magdalini comentou
Quanto à correlação desse meteorito que caiu na Russia com o asteroide 2012 DA14 que passará hoje em orbita aproxima da terra, sim, são fenômenos associados pois a microgravidade do asteroide atrai milhares desses fragmentos espaciais. Então devido à aproximação, muitos desses fragmentos são atraídos pela gravidade da terra. São pequenos e se desintegram na atmosfera na grande maioria.
Magdalini comentou
Sim Dé, bem anterior, por isso não vejo motivo algum para esses alardes nas redes sociais sobre relação entre esses fatos.


    3
Maurício      
Astrofísico explica que meteorito que caiu na Rússia era composto por gelo rtp.pt/noticias/index.php?article=628197&tm=7&layout=123&visual=61
Maurício comentou
Especialista admite que passagem de asteroide esteja relacionada com queda de meteorito rtp.pt/noticias/index.php?article=628242&tm=7&layout=123&visual=61
comentou
Poderiam ser parcelas de um cometa?
comentou
Vi em um vídeo o registro da onda de choque, foi intensa e provocou danos e ferimentos ao quebrar os vidros, o pânico foi grande.Alguém já tem alguma imagem do local exato onde ele se desintegrou? Pois se foi um de gelo não houve impacto, e se não houve impacto não se configurou como meteorito, mas um meteoroide.
FabriPorto comentou
alguem ja viu o filme armagedom e impacto profundo, sempre antes do asteroide tinha uma chuva de meteorito, acredito q este meteorito esteja relacionado com o asteoride de hoje.
comentou
O local onde foi realizado o vídeo fica a 80 km do local do impacto na estratosfera,medi a diferença de tempo entre o som da explosão e da chegada da onda de choque, foi um intervalo de seis segundos, muito rápido, a violência na explosão ficou muito evidente. E foi um meteoroide de gelo.
Magdalini comentou
Imagine se não fosse gelo o quanto valeria esse fragmento? Tanto em valor de pesquisa quanto monetário.
Michele comentou
Coincidências ou será que a geografia da Rússia a deixa mais propícia para esses eventos? Só sei que a Rússia já foi "premiada" pelo evento em Tunguska(lá no passado remoto), agora esse meteorito...
Alexandre Roca comentou
Nesse site existem mais informações atualizadas sobre o impacto do meteoro/meteoróide:
Alexandre Roca comentou
Desculpem, não foi o link....
Maurício comentou
Numero de feridos com o meteoro já chega a 700. rtp.pt/noticias/index.php?article=628295&tm=7&layout=122&visual=61
William Furtado comentou
acredito que não tenha a ver um com o outro, mas que da medo da!
Maurício comentou
Segundo essa ultima noticia fragmento do meteoro teria caido em um lago. Me pareceu que o reporter falou em baixas. Melhor esperar por maiores noticias, por enquanto a coisa esta meio confusa.
diegohdm comentou
e a NASA não viu isso ? ou omitiu ? acho muito zuado isso.. espero realmente que não existam falhas nos cálculos na passagem do DA14.. pq os Russos já devem duvidar.
Maurício comentou
Não quero ser acusado de teorias conspiratórias mas a impressão que tenho é de que qualquer informação relevante, que cause pânico na população, jamais seria revelada.
Rogcon comentou
Alguns sites reportam de 500 à 950 feridos, a maioria por vidros quebrados, cerca de 300 prédios da região estão sem janelas o que é um problema pois a temperatura por lá é muito baixa. O exercito Russo já despachou tropas para as regiões afetadas e estão tentando localizar uma possível cratera, por enquanto, 3 municípios decretaram estado de emergência.
Astroman comentou
Há uma matéria na TIME em que, pelo que entendi, asteróides que estão na direção do Sol são mais difíceis de detectar. De qualquer maneira este acontecimento mostra o quanto somos frágeis e o quanto estamos desprotegidos. Zilhões foram gastos em missões a outros planetas e nada em estratégia de defesa contra esses objetos capazes de nos fazer o que já foi feito aos dinossauros. Intrigante como são tomadas as decisões orçamentárias de agências de governos.
Sandra Silva comentou
Relamente está tudo ainda muito confuso e recente. Tanto que estou lendo notícias que nem sabem distinguir a diferença entre meteoro, metorito e meteoróides, conceitos básicos. Também não quero dar uma de advogada da NASA, mas geralmente esses fragmentos são muito pequenos para serem detectados. Vamos esperar para ver se sobrou algum pedacinho.
Deniset comentou
muita coincidência não acham?Ele caiu numa fabrica , já tem foto da fabrica e da fumaceira,vamos aguardar até as 17 horas e pagar pra ver.
FabriPorto comentou
se fosse acontecer algo o exercito ja estaria de prontidao!!! em varias partes do mundo.
Danica comentou
Mauricio, achei ótimo o link que abriu essa postagem. Valeu!
Astroman comentou
O Pravda reporta que há 3 aeronaves e 20.000 funcionários do Ministério para Situações de Emergência - EMERCOM - enviados para o local.
Administrador comentou
Aqui um link explicando porque os asteroides pequenos são difíceis de serem detectados. [Ver no Apolo11]
Astroman comentou
Segundo o Pravda, a fábrica teria sido atingida por fragmentos.
FabriPorto comentou
a reuniao do G20 esta sendo realizada hoje em Moscou.
Astroman comentou
O RT tem foto de pequeno buraco no gelo causado por fragmentos. Reporta também 2 feridos em estado grave, 950 feridos e 110 hospitalizados. Dos feridos, 159 são crianças. São 3 os pontos de impacto de fragmentos localizados até agora.
jvcastro comentou
Vamos raciocinar: uma informação relevante, que possa causar pânico na população, não é divulgada, e assim deixa-se a população à mercê da surpresa. E isso não causa pânico. Desculpem, mas não faz sentido.
carlacuritiba comentou
Tem alguem de lisboa- portugal ai pra eu perguntar uma situação que li e gostaria de saber se é verdade ?
Astroman comentou
A onda de choque causou estragos numa área de 100.000m2. Pelo menos já sabemos os danos que um objeto, originalmente de 50ton, pode causar ao se fragmentar sobre áreas urbanas..
Michele comentou
Concordo com o jvcastro, Melhor pecar por excesso do que por omissão.
Vinicius JPDCL comentou
Astromam, veja neste site [Ver site] o que esta escrito as 13:02 GMT. Acho que os vidros quebrados equivalem a 100 mil metros quadrados.
Administrador comentou
Tamanho estimado do meteorito- Pelas características e extensão dos estragos é possível afirmar que o bólido que caiu na Rússia nesta sexta-feira tinha aproximadamente 5 metros ou mais de comprimento e não 1 metro como estimado inicialmente. A análise de várias câmeras e o tempo de propagação da onda de choque indicam que a ruptura ocorreu entre 10 mil e 15 metros de altitude. Até agora, pelo menos 3 possíveis áreas de impacto foram identificadas pelas autoridades russas.
Astroman comentou
É bem isso Vinicius. Assumi que as pessoas já saberiam que ondas de choque quebram vidros. Falhei em não completar a informação quanto a natureza dos estragos citados. Há 8 mergulhadores com roupas especiais pesquisando o fundo de um lago onde teria caído um fragmento.
Sandra Silva comentou
Bem, uma informação relevante deve ser dada sem causar pânico. Isso acontece quando essa informação é divulgada por quem tem competência para tal. O que provoca pânico é a boataria organizada, a especulação e falta de conhecimento. Isso tem causado mais estragos do que os eventos em si.
Vinicius JPDCL comentou
No site que eu citei abaixo [Ver site] entre 12:05 GMT e 12:21 GMT tem uma foto do meteorito logo após a entrada na atmosfera, feita por um satélite meteorológico. Esse estava na hora certa e no lugar certo! Bela foto!
Danica comentou
Concordo Sandra.
Astroman comentou
A decisão de avisar ou não quanto a uma catástrofe próxima deve incluir muitas variáveis, incluindo se vale a pena ou não avisar dependendo do grau da ameaça. Conceitos éticos e filosóficos quanto a vida também devem fazer parte do processo de decisão da entidade ou do indivíduo que detem a informação. Quando confrontados com uma decisão semelhante mas em escala menor, a NASA optou por não avisar os cosmonautas da Columbia quanto as chances de sobreviverem à reentrada na atmosfera sem parte da proteção necessária que lhes garantiria sobreviver. A NASA sabia que nãp havia chance mas tentaram até o fim alguma coisa. O filme MELANCOLIA aborda esse assunto mostrando a reação de alguns personagens a um aviso que teria sido dado de que o GAME OVER estava a caminho. É um assunto muito interessante.
Sandra Silva comentou
Muito boa essa imagem, Vinicius. Como vc disse, "na hora certa e no lugar certo".
jvcastro comentou
Só para não deixar dúvidas, o que tenho visto é o seguinte: Ou as autoridades sabem do evento e divulgam, ou não sabem. Infelizmente, com a tecnologia à disposição, é impossível prever eventos como este da Rússia. A título de curiosidade, em junho de 2010 houve um evento semelhante, mas de menores proporções, na região da divisa dos estados do Espírito Santo e Rio de Janeiro, tendo sido encontrados meteoritos na cidade fluminense de Varre e Sai. Sugiro ao Rogério disponibilizar um link sobre o assunto.
Thiago comentou
Para vocês, a força do choque produzido pelo meteoro:
Thiago comentou
Não tinha visto que já tinha o vídeo noutro comentário, perdão!
Astroman comentou
Cientistas avaliam que a energia liberada foi maior do que a da bomba nuclear recém testada pela Coréia do Norte. Foi o maior objeto desde Tunguska.
Rogcon comentou
O número parcial de feridos já atinge 1200, 200 são crianças, suspenderam as atividades públicas como escolas devido aos danos que é amplificado pelo frio de -18ºC. Há uma declaração dos cientistas locais de que não excluem a possibilidade de uma nova queda de meteoros em outras regiões da Rússia na noite de sexta para sábado.
Sandra Silva comentou
Achei muito legal esse link [Ver site] com um mapa interativo mundial de locais atingidos por meteoritos. Ao menos o que se tem notícias e confirmados pela ciência.
Viviane Machado comentou
Saudações a todos. Gostaria de saber se este asteroide não foi visto por algum observador, e se foi, não deu tempo de informar devido sua alta velocidade? Grata.
Astroman comentou
O dano poderia ter sido maior visto que na área em torno de Chelyabinsk há depósitos de armas químicas e nucleares. Há cerca de 100km de distância, em Shchuchye, existem depósitos de rejeitos nucleares, armas de plutônio e 6.000ton de gases, incluindo Sarin. Isso representa 14% das armas químicas que a Rússia se comprometeu a destruir. FoxNews
everton dos santos comentou
Viviane, o objeto que caiu na russia não foi detectado. Se fosse detectado com antecendencia,de alguns dias, certamente teriamos o local provavel de sua queda.


    4
Administrador      
Já estamos com imagens ao vivo do asteroide 2012 DA14, direto do observatório de Murrumbateman, nas Austrália! - [Ver no Apolo11]
Astroman comentou
Devidamente divulgado em meu FB. :-) Espero que o Apolo11 tenha muito sucesso hoje e que esse evento catapulte sua audiência!
Tiago Henry Harder comentou
Show de Transmissão!! Valeu!!
Administrador comentou
Assim seja! Imagens ao vivo também do observatório de Gingin, Austrália. Imagens do observatório de Samford Valley, na Austrália, também disponíveis.
Alexandre Roca comentou
Show de bola a transmissão!!! Valeu galera do Apolo11!!
jvcastro comentou
Estava vindo e agora está indo. É isso?
Vania C. comentou
Obrigada!!
Meg comentou
show, show, show!!!
Meg comentou
Será que poderiam explicar os números que aparecem? obrigada
Meire Ruiz comentou
Localização no momento, ao sul quase no horizonte.
Administrador comentou
Meg, os números que aparecem são das setagens da câmera e posicionamento do telescópio. A hora em UTC aparece no canto inferior esquerdo.
Dina comentou
FALTAM EXATAMENTE 60 MINUTOS PARA O ASTEROIDE PASSAR NO PONTO MAIS PRÓXIMO DA TERRA
Meire Ruiz comentou
Sobre a imagem do Stellarium, o asteróide está "subindo e para a direita", grasseiramente falando. Espero que ele não resolva mudar de rumo e vir na minha direção!! rsrs
Meire Ruiz comentou
Oops: "grosseiramente".
Administrador comentou
Como o asteroide está mais perto, fica cada vez mais difícil acompanhar. Veja a dificuldade de mante-lo no alvo!
Administrador comentou
Aproveitando o post, novas informações dão conta que o meteorito que atingiu a Russia tinha pelo menos 1/3 do tamanho de 2012 DA14. Já não se trata mais de um meteorito, mas provavelmente um asteroide ou cometa.
diegohdm comentou
Tenho uma pergunta.. pra uma parte grande assim passar pela atmosfera depois de queimar e conseguir fazer esse estrago todo, qual seria o tamanho anterior que ele tinha ? não teria que ser maior que o DA14 ? pq boa parte disso é queimada quando chega aqui..
Administrador comentou
Pela informação abaixo, esse era o tamanho original dele.
Alexandre Roca comentou
Faltam 7 minutos pessoal!!!! Lá vem ele!!!
FabriPorto comentou
legal a transmisao
Kelvi comentou
Esse aí passou... esse aí passou.... esse aí passou...
Alisson David comentou
Eaí que aconteceu? ele passou dando tchauzim?
Kelvi comentou
já está escapando
Kelvi comentou
pela paralaxe (que diminuiu muito) dá prá notar que a Austrália já está a salvo
Astroman comentou
Já posso sair debaixo da mesa?
Alisson David comentou
Aiaiaiiaiii
Kelvi comentou
engraçado é que a ISS tá passando por ali agorinha administrador, postei errado ali encima e acabei abrindo novo tópico... desculpe
Loco Rodrigo comentou
parece uma mariposinha filmada por uma camera...uma mariposa que poderia fazer um estrago claro...mas me faz lembrar que vivemos num mundinho fragil.
Meg comentou
adorei a transmissão. Já olhei por um telescópio e não é nada fácil, pois "tudo corre muito" rsrsrs, mas logo de cara dava pra ver aquele pontinho correndo mais que tudo, pena que não dava pra ver a olho nú, mas por outro lado, foi muito bom que não vimos, pois ele estaria próximo demais. Quanto ao corpo que veio na carona, como saber se ele é um asteróide ou um cometa? Como vai ser feita essa investigação? obrigada
Marcos Passetti comentou
parabens a Equipe PG
Kelvi comentou
a matemática básica: Considerando que a ISS está a uma altitude de apenas 300Km, tem velocidade média de 27.000Km/h e, dessa forma ela não cai, mas orbita a Terra... se o asteróide está tangenciando a Terra a uma altitude de 24000km e velocidade superior a 30.000Km/h, nem sonha em cair... por muito menos a ISS orbita
Meire Ruiz comentou
Oi Meg!! O pontinho é branquinho?
carlos eduardo comentou
boa tarde! Foi muito bom ver a passagem do asteroide, gostei muito, parabéns a toda a equipe do PG!!!
Sel comentou
Show! Parabéns PG e Apolo11 mais uma vez!
Sandra Silva comentou
Show Pessoal. Parabéns!
Amilton Rodrigues comentou
Legalllll!!
Meg comentou
Segundo a postagem do Rogério, falando sobro o tamanho do corpo que caiu na Russia, volto a perguntar. Quanto ao corpo que veio na carona, como saber se ele é um asteróide ou um cometa? Como vai ser feita essa investigação? Se aquela cratera que aparece no meio do gelo, foi o local onde o corpo caiu, seria fácil encontrá-la? E por outro lado se o corpo explodiu antes de tocar o solo deve ter um milhão de estilhaços como investigar? obrigada


    5
Kelvi      
engraçado é que a ISS tá passando por ali agorinha


    6
luiza      
Muito bom PG pra mim foi muito bela transmissão how


    7
Charles Anderson      
Outro meteorito explode no céu de Cuba na última quarta-feira: noticias.uol.com.br/ciencia


    8
Thiago      
Olá pessoal, esse vídeo procede? Mostra a cratera do meteorito que caiu na Rússia hoje!
Astroman comentou
Thiago, também vi esse vídeo de manhã mas achei estranho o número de positivos e negativos( vários negativos poderiam indicar alta possibilidade de não ser). Tem um comentário de "JJJandak" dizendo se tratar de um vídeo de 4 anos atrás de um lugar conhecido como "Door to Hell."
Marcos Passetti comentou
boa noite amigos...Thiago a cratera em chamas eu não sei,quanto ao restante do vídeo coincide com os que foram divulgados pela imprensa...
Astroman comentou
Trata-se de um campo de gás natural no Turquemenistão. Pesquisa: Google: Door to Hell - images - wikipedia
everton dos santos comentou
Não thiago! Essa é a "porta do inferno", cratera que queima há 40 anos no Turcomenistão. A cratera foi escavada e como havia muito gás, atearam fogo para elimina-lo. Só que continua queimando até hoje.
Astroman comentou
Vídeo postado em 30/04/2010 no Youtube.
Maria Cecília comentou
Não procede.Esse vídeo é em em Darvaza chamado o 'Portão do, inferno'.
Danica comentou
Exatamente o que o Everton disse. Alguém usou do video para dizer que era sobre o meteorito de hj. Enfim, para vocês verem o tanto de desinformação que rola pela net.
Sel comentou
Thiago este vídeo não é do local da cratera, fica no Turcomenistão é de 2009, e me deu sinceras dores de cabeça hoje por estarem apresentando ele como local onde o meteorito caiu, mas não é! Abçs
Sel comentou
postei junto com vcs, abraços! :)
Marcos Passetti comentou
Então pessoal... não houve cratera ate mesmo porque,os fragmentos quando atingiram o solo eram pequenos.O que causou maior dano foi a explosão do meteoro (cometa) quando ele entrou na atmosfera,provocando uma onda de choque quebrando vidros,janelas....
Sel comentou
Marcos os noticiários russos apresentaram uma cratera de 6 mts de diâmetro no gelo, enfim, o equívoco do Thiago se deu justamente porque a própria mídia divulgou as imagens como sendo do local de impacto, imagine a situação...
Astroman comentou
Há uma foto no RT de um policial a beira de um buraco no gelo do que seria o ponto de impacto de um fragmento. A informação é do Departamento do Interior para a região de Chelyabinsk. Há também um vídeo veiculado por um tablóide russo chamado LifeNews mostrando um buraco no gelo como sendo também um ponto de impacto de fragmento. Não dá pra saber se é o mesmo ou um outro distinto do que aparece na foto do RT.
Astroman comentou
O vídeo da LifeNews.
Sel comentou
Sim Astroman, não postei a foto por não termos o direito da postagem no RG... mas foi a mesma informação que recebi. Abçs
Vania C. comentou
Esse não é o do depósito de gás em Darvaza? Que está assim desde 1971?
Danica comentou
É sim Vania.
Thiago comentou
Já é a segunda vez que caio nesses "fakes"! Da outra vez foi um do Tsunami originado pelo terremoto de 8.6 nas ilhas Salomão!
Alisson David comentou
Digita no google DOOR TO HELL . Vc vaiver que uma coisa é esta e o meteorito nao tem nada haver com isso. O pessoal fez uma montagem com isso, hoje em dia a internet é um bando de fanáticos a espera do fim do mundo, e a outra canoa tem gente esperando pra falar que é o dono da verdade. É tudu umas AMEBAS esse povo! Eles nao fazem nada além de montagens.
Alisson David comentou
Adm, disculpa as palavras, to meio de ressaka bravah aqui.... hahahaa
Sousa comentou
Isso é o "Portão do Inferno" ... lol... -_-


    9
Astroman      
Vídeo da LifeNews que não saiu abaixo.
Astroman comentou
Não estou conseguindo postar. Pode ser achado no Youtube pesquisando por: М,е,с,т,о, п,а,д,е,н,и,я, м,е,т,е,о,р,и,т,а,
Danica comentou
O video foi postado Astroman.
Astroman comentou
Eu vi Danica. Perdão por ocupar espaço desnecessário. Minha conexão não está boa e não tinha aparecido como postado. :-(



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2018
Política de Privacidade