Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Firthunand      
Os corpos celestes que se aproximam do sistema solar já estão bem perto. Nas imagens captadas em infravermelho, já é possível ver uma luminescência acentuada em toda a elíptica, como se a antiga roda do zodíaco tivesse ganhado vida e se tornado visível. O céu é magnífico, vale a pena conferir. Não seria tal atração gravitacional um fator de relevância no deslocamento polar acelerado, aquecimento dos oceanos e atividade sísmica? Segue a imagem da intrigante estrela dupla e seu halo luminoso, visível apenas na faixa infravermelho (a famosa tarja preta do google sky) logo acima da radiação IR de SPICA.
Francisco Medeiros comentou
Qual é as coordenadas?
Firthunand comentou
13 49 17.0, -8 27' 2.3"
Francisco Medeiros comentou
No meu tem uma tarja preta cobrindo a metade do rosto dessa criatura sorridente.
Prisca comentou
Bom dia Firthunand, sabes dizer se alguma instituição oficial declarou algo sobre isto, informando do que realmente se trata? Por que foi colocado a tarja preta? Há alguma agência espacial acompanhando a trajetória dos corpos celestes? Grata!
Prisca comentou
Francisco, para você conseguir visualizar o objeto sem a tarja, pesquise pelas coordenadas no site abaixo: [Ver site]
Francisco Medeiros comentou
Prisca, não consigo acessar esse site.
Prisca comentou
Olá Francisco. Estranho, eu consigo clicar, talvez seja algum problema de compatibilidade do seu computador, ou bug do link. Tente pesquisar o site no google: skyview gsfc nasa gov
Prisca comentou
Instruções para ver a imagem colorida: Site: skyview gsfc nasa gov [Ver site] Clique em: SkyView Query Form Coloque as coordenadas: 13 49 17.0, -8 27' 2.3" Selecione IR: Iras: IRAS 100 micron Mais abaixo, clique em: Other Options e selecione um filtro: Exemplo: Prism E: Submit Request
Prisca comentou
Encontrei a "explicação" das imagens, segundo a NASA: Site: skyview gsfc nasa gov /blog/index.php/2016/05/11/757/ [Ver site] Nós tivemos muito interesse em imagens centradas nas coordenadas 13h 45m 18.2s, -08d 13m 07s recentemente. As imagens do SkyView desta área no céu, usando a pesquisa IRAS (Satellite Astronomical Infrared), são freqüentemente adicionadas à SkyView Image Gallery e somos questionados sobre os artefatos incomuns. Acontece que esta imagem é uma soma das imagens de observação tomadas pelo satélite astronômico infravermelho (IRAS), em momentos em que o planeta Saturno estava em seu campo de visão. O efeito de mancha é devido ao tempo das diferentes observações que compõem a imagem final. Este artefato foi removido no IRIS subseqüente 100: Reprocessamento melhorado do IRAS Survey: 100. Há mais da mesma imagem com boas manipulações de cores na nossa galeria de imagens SkyView em [Ver site] (deslize para baixo) Mais informações: Suplemento explicativo ISSA - a tabela na parte inferior da página lista as coordenadas das imagens IRAS afetadas pelos planetas.
Vaninha_RJ comentou
Para mim a imagem também aparece com uma tarja preta, cobrindo parte da carinha "smile"!
Francisco Medeiros comentou
E essa daqui que ta no google sky também , muitos dizem que é o planeta x, Nibiru etc... Alguém sabe o que é?
Firthunand comentou
Prisca, conheço tal "explicação", porém não vejo qualquer possibilidade de ser o planeta Saturno, até porque só pode ser visto no infravermelho, assim como a estrela azul que Francisco postou. Além do mais, qual seria a necessidade de censurar a imagem de vários satélites sendo que se trata de um simples planeta conhecido? O que sem sombra de dúvidas derruba tal explicação "oficial", além da magnitude, é o halo luminoso que ambos objetos emitem, tanto a estrela dupla censurada quanto a estrela azul, sobre a "roda do zodíaco", visível apenas na faixa infravermelho. Quanto ao comentário de Francisco, sobre o evento estar relacionado com antigas crenças sumérias, bíblicas, e etc., é preciso cautela, pois é um terreno que ainda não se arrisca a ciência. No entando, existindo a possibilidade de tal "sistema planetário" se aproximar do nosso com periodicidade, nesse caso tais "profecias" seriam nada mais do que resquícios de lembranças de uma época longínqua onde houve outra aproximação. Quanto a isso, é interessante lembrar que nas histórias dos índios Hopi, autointitulados herdeiros de uma civilização desaparecida nos mares, se diz que "não muito atrás dos Gêmeos, virá o Purificador, a grande estrela Azul Kachina".
Firthunand comentou
p.s: O site do SkyView, que Prisca passou o link, é bloqueado para boa quantidade dos IP's brasileiros. Para ter acesso às imagens, só via proxy, como o site proxyfree.org
Prisca comentou
Firthunand, de fato é estranho... Se é apenas resultado de uma observação pontual, porque não corrigiram a imagem na visualização do painel?
Firthunand comentou
É bem estranho. O fato de ter sido registrado em diferentes câmeras, nas mesmas coordenadas, por si só já derruba a hipótese de ser Saturno coincidentemente na imagem. Mas também há o halo "zodiacal", tudo isso na faixa do infravermelho. Além do que, na minha opinião, Saturno levaria alguns dias para deslocar essa distância.
Firthunand comentou
O halo em realce.


    2
daycinho      
Boa noite... desculpe a ignorância...mas o que isso significa e o que pode acontecer?
Firthunand comentou
Por enquanto só um belo espetáculo no céu. Daycinho, quando for responder em alguma postagem, use o link "Comentar" rosa logo acima de cada postagem.
Lilly28 comentou
Também significa importantes e relevantes mudanças no eixo da Terra, o que resulta nas coisas que Firthunand menciona no post abaixo. E parece que esses corpos celestes são todo um sistema solar, com sol, planetas e luas. Só especulação, mas que deve ser levada em consideração já que os especialistas resolveram tarjar e esconder e não expôr e explicar.


    3
Lilly28      
Bom dia. Sou nova no chat mas acompanho o painel global faz algum tempo. Gostaria de saber se alguém tem informações relevantes sobre os Tufões Doksuri e Talim. Pelo pouco que consegui levantar, o Doksuri atingiu o Vietnam e segue em direção ao Laos e à Tailândia.


    4
Dione Moraes      
Boa tarde globais. Tempestades geomagnéticas moderadas, com o índice kp atingindo nível 6, provocou a interrupção de sinal de TV, hoje, 15/09, às 11h31.
daiewil comentou
coincidência !!! [Ver site]
Rejaine Monteiro comentou
Ola Dione. As interferências solares nos sinais de TV geralmente não tem haver com a atividade do sol. A perda do sinal ocorre quando o sol fica alinhado com as antenas terrestres que estão apontadas para os satélites, causando intermitência temporária. Esse fenômeno é chamado de "Sun Outage" e inclusive pode ser previsto. É mais comum durante as estações do Outono e Primavera.
Rejaine Monteiro comentou
Quando digo 'atividade do sol', falo das explosões solares e tempestades geomagnéticas. Mas claro que o nosso sol é o causador do problema, uma vez sua radiação é quem interfere nos sinais de microondas enviadas pelos satélites até nossas antenas.
Dione Moraes comentou
Sabe Rejaine Monteiro, esta não é a primeira vez que o sinal é interrompido. Todas às vezes que aconteceu, fotografei e, coincidentemente, o vento solar estava acima de 600, e numa oportunidade, quase chegou a 800. Sempre que acontecia, a interrupção não ia além de 30 segundos, hoje, demorou 1 minuto para voltar o sinal.
Rejaine Monteiro comentou
Bom, creio que não podemos descartar também outros tipos de problemas (como esse relatado pelo daiewil, mais abaixo). Não sei se foi o caso...
Dione Moraes comentou
Oi Rejiane, busquei nos meus arquivos registro sobre eventos anteriores, e encontrei estes:
João DS comentou
Talvez este artigo lhe ajude Dione [Ver site]
Firthunand comentou
As tempestades geomagnéticas, provocadas pelas ondas de choque, podem sim interferir nas transmissões de rádio, inclusive em alguns casos podendo até danificar o satélite, sendo necessário o desligamento antecipado. Mas como explicou Rejane, estamos em época de equinócio, onde o Sol também pode atrapalhar as comunicações, nesse caso interferindo no sinal que está sendo transmitido.
João DS comentou
Mais um detalhe a ser observado é que este "problema" sempre ocorre no mesmo horário todos os dias a medida que vamos nos aproximando do equinócio o tempo de interferência/interrupção de sinal tende a ser maior, diminuindo após gradativamente até não mais ocorrer, estas atividades conforme descrita no boletim acima são mais "sentidas" nos polos, se um índice KP 6 provoca-se um evento de problemas de sinal no satélite aqui onde estamos próximo a linha do Equador, no ápice do ciclo solar do sol a cada 11 anos praticamente não iriamos assistir TV devido a frequência deste evento, espero ter ajudado.
Rejaine Monteiro comentou
Oi Dione e galera do PG. Como disse no meu post anterior, as interferências "geralmente" ocorrem devido da posição dos satélite em relação ao sol e terra, mas não é única variável (outras motivações podem ocorrer, claro - ate mesmo interferência humana) O legal do Sun Outage é que ele pode té ser previsto. A IntelSat, por exemplo, tem um site que permite calcular quando e onde haverá interferência solar no sinal de seus satélites (desde que sejam informados alguns parâmetros para o cálculo, claro) Segue aqui um link para exemplo: [Ver site]
Dione Moraes comentou
Oi Rejaine, quantas contribuições importantes, obrigado a todos. Estou avaliando todas elas e realjzabdi6 mais pesquisas e acredito que vá render un bom documentário. Dentro da avaliação considero o fato que as imagens com valores de 621, e 630 de vento solar e as interrupções ocorreram no dia 30/03 é a de 696, com a respectiva interrupção,, no dia 31 de março. A de 722, foi no DIA 22/04. E a última, de 642 e respectiva interrupção, no dia 15/09).


    5
Karina      
Boa tarde, Vocês sabem dizer o que significa o fluxo de raios x em níveis abaixo da A, já "fugindo" da tabela? Seria um evento anormal do Sol?
Francisco Medeiros comentou
Dizem que depois da tempestade vem a bonança, consequentemente depois da bonança vem a tempestade. Eu acho que ele ta se preparando pra soltar uma explosão maior.


    6
Francisco Medeiros      
Esses pesquisadores estão mais perdidos do que cego em tiroteio com esse negocio de El Nino , La La nina. Se 2017 começou com o fim de uma La Nina as explicações que eles dão do fenômeno não tem nada a ver.Esse ano eu vou prestar atenção só pra ver.pelo mapa do painel global eu to vendo que ta havendo um resfriamento das aguas na costa oeste da america do sul, para que o la nina se concretize tem que atingir uma temperatura mínima que eu to esquecido agora , se alguem sabe me lembre aí , por favor. A temperatura nessa área agora está entre 15 e 16 graus.
Tomasz comentou
Caro Francisco, Tudo depende da intensidade do ENOS. Tivemos uma La Niña fraca no inicio de 2017, e ao longo do ano evoluiu para neutralidade. Lembre-se que os prognósticos de ocorrência e intensidade do ENOS são feitos para trimestres (que às vezes podem ou não coincidir com as estações do ano: primavera, verão, outono e inverno). Outro agravante a ser somado a isso, é o fato de que nem todas as áreas do planeta afetadas pelo El Niño o são também pela La Niña, e vice-versa.
Francisco Medeiros comentou
Obrigado Tomasz pela informação, esse fenômeno é muito complexo , difícil de prever e mais difícil, pra mim, de entender, mas eu sou curioso e chego lá.
Francisco Medeiros comentou
Talvez eu tenha discordado dos pesquisadores porque eu tinha a esperança que um la nina trouxesse mais chuvas pra o nordeste já que o fenomeno é o inverso do el nino, mas tem outros fatores que estão prejudicando o nordeste como desmatamento, falta de grandes reservatórios naturais etc... Esse ano aqui o clima não está normal, no mes de setembro a gente costumava estar com um ar condicionado ou um ventilador ligado , hoje, não tá como aquele frio que faz no sul, mas estamos conseguindo ficar dentro de casa sem nenhum equipamento ligado e se sair fora ja faz um friozinho.
Tomasz comentou
Francisco, O ENOS é um padrão atmosférico+oceânico que foi descoberto a partir de observações de variabilidade e sazonalidade ao longo de décadas. Ainda há muito a ser explicado sobre ele, principalmente no que tange às teleconexões que existem entre anomalias de temperatura da superfície do mar e padrões de chuva/seca históricos e frio/calor extremos entre as estações do ano.


    7
jvcastro      
Rogério?!! Você ficou "zen" ou sou eu que estou ficando velho e rabugento?
Leka comentou
kkkkkkk, Ele abriu a caixa de pandora e fugiu. E não é só você que esta rabugento, tambem estou estranhando.
Crom comentou
Então eu também estou rabugento - hehe. Nunca tinha postado nada aqui antes mas sempre acompanhei o site .Descobri o Apollo11 lá na época do cometa McNaught (2007 se não me engano ). Desde então visito praticamente todos os dias. E esses últimos dias estão com umas postagens um tanto esquisitas, meio fora dos padrões.
Francisco Medeiros comentou
Até o planeta terra ta mudando, imagine os padrões do painel global a não ser que queiram um monte de robôs seguindo um padrão ao pé da letra. Somos seres humanos e temos uma tendencia natural de fugir do regulamento.
João DS comentou
Acho que ele perdeu a Senha e não esta conseguindo entrar kkkkk
Firthunand comentou
Concordo com Francisco. Porém a mudança, sem a base rigorosa da ciência, é incerteza rumo a fantasia. O mesmo vale para a religião: sem ciência é manca.
Francisco Medeiros comentou
Por isso ,como eu falei antes , estou sempre tentando andar pelo caminho do meio, assimilando o que há de bom na ciência e no ocultismo, estou quase o dia todo aqui no painel global e de vez em quando nos teóricos da conspiração e no ocultismo, cruzando as informações pra ver se faz sentido, sem apego a nenhuma das partes para que eu possa processar a informação sem interferências.



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2020
Política de Privacidade