Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
FabriPorto      
se o tremor no meso oceanico do atlantico fosse de 7 graus teria tsunami pela baixa profundidade?
Colombo comentou
Não , por que as placas nessa região se afastam ao invés de se encontrar . Tsunamis só ocorrem em areas de convergência de placas , e não de divergência.


    2
Astroman      
Bom dia Rogério! Outro dia, antes da passagem do 2012 DA14, questionei qual seria a altura máxima para que sentíssemos os efeitos ou que ocorresse um boom sônico. Nesse evento da Rússia, qual foi a altura mais reconhecida como tendo sido o ponto de origem do boom?
Astroman comentou
Deixando claro que não estou confundindo os 2 eventos.
Administrador comentou
A modelagem feita pela AGI (aquela simulação que correu o mundo) mostra que o boom sônico ocorreu próximo a 10 km de altitude, lembrando que isso acontece quando um objeto ultrapassa a velocidade do som e não quando está 44 vezes essa velocidade. Pelo que entendi, o meteoro atingiu essa velocidade a 10 km de altitude, embora os vídeos passem a impressão de que aconteceu quando o objeto caiu. Se a altitude de 10 km estiver correta, então o bólido levou +/- 30 segundos para cobrir os 10 km desde o boom sônico até o solo. Acredito que nesta semana novos dados irão surgir, inclusive com a divulgação dos registros das estações de infrasons situadas no Alasca.
Astroman comentou
Obrigado.


    3
luiza      
Hoje temos a ocultação de Jupiter pela lua certo ? dará pra ver em no nosso hemisfério ?
Administrador comentou
Acho que não. A última vez que fizemos a simulação o evento acontece de dia. :-(
luiza comentou
Obriga ADM
Leopoldo Rebouças comentou
Aqui do Rio Grande do Norte, se as nuvens deixarem não vai da pra ver a ocultação, porém vão estar bem próximos, ontem mesmo estava olhando e imaginando que pela posição, hoje a lua ocultaria Júpiter pelo período diurno, pois Júpiter estava só um pouquinho mais acima. Hoje A lua estará no zênite às 18:00, então veremos Júpiter um pouquinho abaixo, já que a ocultação deve ter ocorrido entre às 6:00 e 10:00 da manhã. Abraços.


    4
fillipe SC      
bom dia aqui em Araranguá passou um temporal forte a tarde ficou noite e muito ventania estragos pela cidade
fillipe SC comentou
mais uma
fillipe SC comentou
video de ontem chuva e vendaval em Araranguá tarde


    5
Astroman      
Meteoro sobre a Flórida? 17/02.
Erika Robleto comentou
Eu vi a noticia por aqui. Abraços
Erika Robleto comentou
site da NBCMIAMI Lá tem o vídeo e depoimento dos que viram o meteoro
Astroman comentou
Obrigado por complementar Erika. Não entendi porque não consegui publicar o vídeo.
Administrador comentou
Olá Astroman, o vídeo não aparece porque é um link de resultados e não do vídeo. :-)
Astroman comentou
Nossa... pareço um amador! :-)


    6
Vinicius JPDCL      
Boa tarde! Rogério, conforme matéria a energia liberada do meteoro foi equivalente a 25 bombas atômicas. Se ele tivesse explodido a 900 metros de altura (Hiroxima foi a essa altura, pois faria mais efeito) a cidade Russa teria sido destruída por uma bomba de 500 Kilotons? Seria esse mesmo o tamanho do estrago?
Administrador comentou
Olá Vinícius, é muito difícil afirmar isso. A energia é um cálculo baseado na velocidade e na massa de um objeto. Esse tipo de energia é chamada "cinética" e é medida em joules. A fórmula para calcula-la é ec= (m * V^2) / 2. Onde m é a massa em kilos e V a velocidade em metros por segundo. Dessa forma, uma pedra de 100 kg se deslocando a 20 metros por segundo tem energia cinética de 20 mil joules. (100 * 400) /2 = 20 mil joules. Em seguida, as conversões podem ser feitas para Watts e posteriormente para toneladas de TNT. Ocorre que na entrada de um meteoro essa energia não é liberada abruptamente, mas lentamente à medida que o meteoro é freado na atmosfera. Naturalmente, o meteoro não explodiu a 900 metros, mas se tivesse "abruptamente" explodido nessa altura, provavelmente a onda de choque seria muito similar a de uma bomba de 500 kilotons. Resumindo, os valores citados significam a energia contida no objeto em movimento, que como pudemos ver é muito grande!
Administrador comentou
Ah, sim: 1 tonelada de TNT é uma unidade de energia igual a 4.184 gigajoules! [Ver site]
Sel comentou
Rogério, show de explicação, acho que vou fazer um modelo com estes dados. Grata :)
Vinicius JPDCL comentou
Obrigado Rogério! Excelente explicação, realmente tinha esquecido que ele é freado na atmosfera. Grato pelos cálculos.
Astroman comentou
Uma sugestão: não tem como deixar essas fórmulas em algum lugar por aqui mesmo para futuras consultas? Ou então, como consultaria para achá-las novamente?


    7
Administrador      
Chuva de pedras enormes na Vila Maraiana em São Paulo. Há tempos não via pedras tão grandes!
Administrador comentou
Pedradas fortes na janela. Parece até que tem gente jogando pedras na janela. Impressionante!
Astroman comentou
Tomara que não chegue aqui, no Alto da Boa Vista.
Vinicius JPDCL comentou
São Paulo ao vivo: [Ver site]
Vinicius JPDCL comentou
Obs.: Mude as câmeras clicando nelas no mapa abaixo do vídeo.
Vinicius JPDCL comentou
Rogério, pelo visto deve ter enchido no obelisco, pois não sobe ninguém pela 23 de maio conforme câmera.
KZ2305 comentou
A Cobertura do estádio do Clube Atlético Juventus foi destruída por um vendaval


    8
Astroman      
Um véu de plasma frio foi descoberto por pesquisadores em torno da Terra até uma distância de 1/4 da distância até a Lua. O estudo foi aceito para publicação na Geophysical Research Letters. A notícia é da National Geographic News. A influência deste véu de plasma no clima espacial e no nosso clima é considerada pelo cientista Mats André do Instituto Sueco de Física Espacial como um "elefante branco na sala". Na matéria há link para outra, em que se fala como essa descoberta pode ajudar a entender porque Marte perdeu sua atmosfera. A previsão do clima espacial poderá ser melhorada uma vez que venha a participar nos modelos usados, como uma nova variável. Da inexistência total(0%), o plasma frio agora pode ser considerado como constituinte de 50 a 70% de todas as partículas carregadas do campo magnético da Terra.


    9
carlos eduardo      
Boa noite! aqui em santos o calor nao da uma trégua as 16:00 da tarde os termometros da praia marcava 38°C. Agora a temperatura é de 27°C, sensação termica tambem de 27°C, sem Vento, e umidade do ar 78%


    10
Astroman      
Vídeo da Science@NASA com todas as informações sobre o Pan-STARRS.
luiza comentou
Gostei muito Astroman ! bem explicativo muito bom.


    11
Wanderson Psico      
Soube hoje, pela minha prima que mora em Araranguá / SC, cidade praiana, que uma tempestade com uma enorme nuvem cobriu a cidade por algum tempo. Gostaria de saber, por curiosidade que nuvem é esta por alguém que conhece o assunto. Segue foto para detalhes. Grato.
comentou
É uma super-célula, um tipo incomum de tempestade que vem a ser caracterizada pela presença de um meso-ciclone que é uma corrente de ar ascendente girando no interior da nuvem. Devido a este fato, tais tormentas são muitas vezes denominadas “tempestades girantes”. Nas classificações de tempestade (Supercélula, multicélula, unicélula e linha de tempestades) as super-células não são as mais comuns, no entanto são também as mais potencialmente devastadoras. Os sistemas de super-células são frequentemente isolados de outras tempestades, e tem a capacidade de alterar o clima onde atuam num raio de até 32 km de distância. São estas tempestades que por causar chuvas muito volumosas, produzem muitos raios e ventania, tem também a capacidade de causar a incidência de tornados, causando grandes devastações. Estes sistemas possuem três classificações: clássica, baixa precipitação e alta precipitação. As de baixa precipitação são encontradas em climas mais secos e áridos, enquanto que as super-células de alta precipitação podem surgir em qualquer lugar do mundo que propiciem as pré-condições necessárias a sua formação, são geralmente vistas nas Grandes Planícies dos Estados Unidos. No Brasil é mais comum ocorrerem nas regiões Sul e Sudeste do país, e eventualmente também causam a formação de tornados.
Wanderson Psico comentou
Muito esclarecedor Dé... excelente e claro. Grato pela sua explicação.



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019
Política de Privacidade