Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
phellipef      
WUTIP SE TORNA O TUFÃO MAIS INTENSO DA HISTÓRIA DO PACIFICO OESTE EM FEVEREIRO!!!, Está bem próximo da categoria 5, com ventos sustentados em 250 km/h e pressão de 922 mbar! Também e o ciclone que mais perto chegou da ilha de Guam em Fevereiro! Chuvas fortes e ventos foram registrados, mas nada grave foi relatado.


    2
phellipef      
Hoje a risco de tempo severo nos EUA. Um risco moderado para tornados está em vigor, pois podemos ter alguns tornados significativos e de longa duração. Intensas rajadas de vento também são esperadas e devido ao solo saturado da região, que está enfrentando intensas chuvas, existe um alto o risco de queda de arvores.
phellipef comentou
Tivemos uma morte e 11 feridos devido aos tornados. O mais forte atingiu a cidade de Columbus, MS.
Link



    3
Gonçalves      
Salve ! Salve ! Período de cheias dos rios que cortam a Amazônia Lega, já expõe das autoridades como a defesa civil. A emitir e decretar estado de Emergência. A Defesa Civil do Amazonas informa que os municípios de Guajará, Ipixuna e Eirunepé, na calha do Juruá, bem como o município de Boca do Acre, na calha do Purus, se encontram em situação de emergência. Por meio de dados cientificamente coletados, a Defesa Civil do Amazonas apoia, coordena, articula, auxilia e orienta os municípios a atuarem preventivamente e na resposta às ocorrências de eventos extremos. Atualmente, o Centro de Monitoramento e Alerta (Cemoa) tem como base as informações repassadas pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) e a Agência Nacional de Águas (ANA). Municípios em atenção: Apuí, Manicoré, Novo Aripuanã e Borba – calha do Madeira Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Tabatinga e São Paulo de Olivença – calha do Alto Solimões Fonte Boa Jutaí, Japurá, Maraã e Coari – calha do Médio Solimões. Municípios em alerta: Humaitá – calha do Madeira. Municípios em emergência: Guajará, Ipixuna e Eirunepé – calha do Juruá Boca do Acre– calha do Purus. Segundo O responsável pelo Órgão da Defesa Civil no Amazonas. Esse é um trabalho sistêmico realizado de maneira ímpar pelas defesas civis municipais. Quero aqui fazer esse registro de forma a valorizar e promover o trabalho daqueles que estão na ponta da linha, que é o agente de Defesa Civil Municipal”, ressaltou o secretário executivo da Defesa Civil do Amazonas, tenente-coronel Francisco Máximo. Não temos hoje como afirmar que teremos a maior enchente. No entanto, nossos rios encontram-se com seus índices bem acima da última cota histórica. informações coletadas através do Sistema Integrado de Informações e Desastres (S2ID), que servem de parâmetro para subsidiar o processo dos danos, fornecendo embasamento legal para homologação do decreto de situação de emergência do município. Ressaltando sempre que a primeira resposta deve vir do município afetado para que, em seguida, o Estado e o Governo Federal possam atuar no desastre com ações complementares.



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019
Política de Privacidade