Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Ssbrina      
Falaram que era hoje, mas que horas mesmo que tá marcado o fim do mundo??? Rs Bom dia PG.... Bom dia a todos!!
Karen comentou
Bom dia Ssbrina! kkkkk E a vida segue, complicado essas preocupações fantasiosas para o fim do mundo. Distraem a população e cria medo do que não existe. Gostaria que as preocupações voltassem para os problemas ambientais,sociais (etc.) que são reais!
Ssbrina comentou
Tem razão Karen kkkkk Enfim...dia 23 está se acabando ....e tudo está continuando do mesmo jeito....a não ser a massa de pizza que aprendi hj e ficou uma delícia!!! Hahaha.... Abraços PGs!!
Marcelolima comentou
então , eu já participei de alguns fins de mundo e definitivamente não vale a pena , são todos iguais kkkkk


    2
Dulci      
Mais um teste da Coreia??
Administrador comentou
Bem possível!
Administrador comentou
No entanto, a profundidade de 5 km é muito grande e pelo horário todos já estariam comentando. Pode ser um sismo mesmo, mas não se pode descartar nada.
Administrador comentou
Um artigo da CNN também lança dúvidas sobre se seria ou não um teste nuclear. [Ver site]
Marcelolima comentou
Pode ser , mas não acredito que seja um teste , pode ser consequência de testes realizados, acho que seria uma resposta mais plausível .


    3
Dulci      
Outro terremoto no mexico???? Meu Deus!!!


    4
Dulci      
Pessoal, poderiam me dizer se aparece foto de perfil? estou com dificuldade de anexar, obg.
Salete B. comentou
Sim, aparece a foto.
Dulci comentou
Obrigado Salete é que ainda continua aparecendo o pedido para complementar os dados para incluir foto e localidade.
Salete B. comentou
Pois é Dulci, aconteceu comigo também. Acho que cadastrei minha foto umas 3 vezes. Mas agora está tudo certo.


    5
Francisco Medeiros      
Quando o méxico parar de balançar, que hoje ta um terremoto atras do outro, e a terra se acalmar, eu gostaria de fazer uma pergunta ao administrador do site sobre um fenômeno astronômico que aconteceu por volta de 1964 a 1965 e minha mãe nos conta desde quando nós éramos pequenos, hoje ela está com mais de 80 anos e disse que não quer morrer sem saber o que aconteceu naquele dia.
jvcastro comentou
A data teria que ser mais exata. Mas poderia ser o cometa Ikeya-Seki (setembro/outubro de 1965)? [Ver site]
Francisco Medeiros comentou
Em um post que eu coloquei no facebook a dois anos atras eu coloquei essa possibilidade do Ikeya seki depois de fazer umas pesquisas na internet mas não fiquei com muita certeza, vou procurar o post pra colocar aqui pra ver se mais alguem presenciou, ou se existe registros cientificos sobre o caso.
Francisco Medeiros comentou
O CLARÃO DO FIM DO MUNDO O maior fenômeno astronômico já registrado na cidade de Bodoco-PE aconteceu por volta de dezembro de 1964 quando uma enorme bola de fogo, acompanhada por centenas de outras menores, atravessou o céu em direção a pedra do claranâ transformando a noite em dia claro, o fenômeno assustou os moradores que pensavam que o mundo estava se acabando, mães abraçaram seus filhos que estavam próximos para que morressem todos juntos, pessoas gritavam , outras rezavam. O causador de tudo isso pode ter sido um cometa conhecido pelo nome de Ikeya Seki é o único astro dessa época que se consegue alguma informação na internet. O fato assombroso ficou registrado na mente de de todos da época que contam como tendo sido a coisa mais linda que já presenciaram.
Francisco Medeiros comentou
A imagem é ilustrativa que eu tirei da internet. Pelo fato de naquela época não existir os meios de comunicação que existem hoje, não encontrei um consenso quanto a data, alguns dizem que foi em 64 outros dizem que foi em 65, perfeitamente compreensível visto que foi registrado apenas na memoria de um povo que não tinham praticamente nenhum estudo.
Administrador comentou
Pelo seu relato, ou foi um enorme meteoro ou a reentrada de um satélite ou foguete, pois cometas não são seguidos por fragmentos semelhantes a bolas de fogo. Além disso, cometas são lentos no céu. Podem ser vistos durante vários dias quase na mesma posição.
Francisco Medeiros comentou
Fiquei na dúvida se era o Ikeya Seki porque a descrição parece mais de um meteoro do que de um cometa, a não ser que um dos pedaços do Ikeya tenha entrado na atmosfera da terra já que os cientistas da época dizem que ele se partiu em tres pedaços ao se aproximar do sol.
Administrador comentou
Isso não seria possível, pois os fragmentos seguem o cometa até desintegrarem.
Francisco Medeiros comentou
Então pode ter sido um meteoro mesmo , lixo espacial talvez naquele tempo não tinha tanto quanto hoje e se fosse teria sido rastreado.


    6
Vania C.      
Boa noite! Tremor de terra, as 19:02 - Chile. 5.0 - 37km profundidade. site [Ver site]
Francisco Medeiros comentou
Eu venho acompanhando durante o dia todo e toda essa região que fica no encontro das placas sulamericana, Nazca e Cocos está muito instável hoje, ja tivemos terremotos na Argentina , na Guatemala e México foi praticamente o dia todo.
Francisco Medeiros comentou
Outra região que ta muito instável também é as filipinas.


    7
Fausto Gabriel de Souza      
Terremoto na Coreia do Norte, foi algum teste nuclear?
Loyola comentou
Técnicos alertaram que a montanha onde são realizados os testes nucleares corre o risco de entrar em colapso
Karen comentou
Eu não tenho o link para te passar, li em um site confiável que quando fazem esses testes nucleares, pode ocorrer sismos em resposta, SIM a natureza reage, ou seja, esse terremoto na Coreia foi de causa natural.. Como disse Loyola "corre o risco de entrar em colapso"(consequência).


    8
Francisco Medeiros      
Gostaria de saber se a força dos furacões tem haver com os terremotos que estão acontecendo visto que balançam as aguas do mar e pela lógica consequentemente deveria balançar os continentes. Baseado no conhecimento de que os continentes flutuam em cima de manto pastoso de rochas derretidas.
Loyola comentou
Francisco, os assuntos não se relacionam. Os furacões se formam devido a fatores como a temperatura da água do mar, e há influência das correntes marinhas. Poderia haver alguma influência se houvesse um mega vulcão, como já houve no passado, e este liberasse tantas cinzas, que viriam a tapar a luz do sol, só que, neste caso, haveria resfriamento global. Ou, se houvessem tantos vulcões ativos que isto viesse a alterar o nível de CO2. A questão dos continentes, em cima do núcleo pastoso, o movimento não é tão rápido assim, a dorsal meso atlântica abre poucos cm por ano. E, um terremoto, por maior que seja, não irá balançar todo um continente.
Francisco Medeiros comentou
Eu entendi o que voce falou,Loyola, obrigado pela explicação, mas a minha pergunta era o contrário , se o balanço das aguas do mar provocado pelos furacões não estariam balançando os continentes e provocando o atrito entre as placas. Sua explicação agrega conhecimento pra nós que somos apenas admiradores da natureza.
Francisco Medeiros comentou
Se não for assim que funciona , então afinal o que faz com que as placas entrem em atrito? deve ter alguma força que façam com que elas se movimentem, será o movimento natural de rotação do planeta?
Francisco Medeiros comentou
Desculpa aí os erros de português é que aqui no PG não tem como editar depois de mandar já era. E eu to falhando na concordância verbal por falta de atenção.
Francisco Medeiros comentou
Me custa acreditar que apenas o movimento interno do planeta seja responsável pelo movimento das placas levando-se em conta as forças que atuam na superfície como atração do sol , da lua , movimento de rotação , translação etc.. Qualquer um pode imaginar como a terra se formou, basta jogar agua no fogo e ver que , ao tocar o fogo, a agua evapora e se afasta, mas alguma força fez com que esses vapores primordiais não se afastassem totalmente e se mantivessem a uma distância milimetricamente calculada do fogo, em um invólucro onde podemos ter agua na forma sólida , liquida e gasosa, naturalmente essa agua liquida, descendo pelos fissuras da terra, está m constante contato com o fogo interior evaporando e criando gases que procuram subir para a superfície provocando explosões vulcânicas.
Loyola comentou
Vamos em partes então Francisco. O desenho que você mostrou e a explicação dele não faz parte do que a ciência diz. As partes internas da terra são viscosas (como aquelas imagens que vê saindo dos vulcões), sólidas e líquidas. Apesar de que na Wikipédia as vezes se postam coisas erradas, esta página aqui está ok. Desconheço e não condiz com a física esta imagem que postou, com vapores na estrutura interna da terra. [Ver site]
Loyola comentou
Quanto ao atrito. Os continentes tem muitos km de espessura, um peso descomunal. Eles não estão boiando como um material leve, ao sabor das ondas. Eles estão assentados sobre uma estrutura interna, viscosa que move-se vagarosamente. Estes movimentos fazem que, as vezes, como é o caso da borda Oeste da América do Sul, esta borda esteja sendo empurrada sobre a placa do Pacífico. Esta Placa do Pacífico mergulha em direção ao manto. Graças a este movimento, há um enrugamento da superfície oeste da AS. os Andes surgiram assim. Este atrito, de uma massa continental sobre a outra é que faz surgirem tensões, que causam falhamentos e estes, finalmente, os terremotos. Se observar os Andes, verá que eles tem quase no topo, rochas recentes (em termos geológicos), provando que estas estavam a uma altitude baixa quando foram geradas e depois foram levantadas.
Loyola comentou
Por último, só que o espaço aqui é pequeno. Toda a superfície da Terra, como nós conhecemos, foi gerada pela abertura e fechamento de oceanos. Aqui no Paraná, por exemplo, havia um oceano cujo parte central é hoje a calha do Rio Paraná. Há rochas desta antiga bacia sedimentar em todo o segundo planalto paranaense. A abertura e fechamento de oceanos faz surgir em suas bordas vulcões. Este ciclo das rochas, que vem para a superfície na forma de rochas vulcânicas e, retornam ao manto pelas placas que convergem para dentro da superfície terrestre é o fator primordial para haver vida na Terra. Temos que agradecer que não estamos em um planeta estável, pois senão não estaríamos aqui.
Francisco Medeiros comentou
a imagem que eu coloquei foi meramente ilustrativa pra não ficar cansativo só texto mas eu notei que era exagerada, eu acredito que exista gases no interior mas em particulas muito pequenas, aliás desde que eu entrei no radar global eu disse que era meio filósofo e visionário, pois bem deixe-me lhe dizer o que eu acho do nosso sistema solar dessa perspectiva: Eu vejo o sistema solar como uma impressora 3D gigante, vejo o sol como um novelo de plasma emitindo fios de plasma e a terra capturando esses fios através dos pólos e através do seu movimeto de rotação processando esse plasma em seu interior, solidificando e fabricando esse mundo tridimensional que nós vivemos.Logicamente da pra perceber que esse meu pensamento tem uma mistura de ciencia e imaginação e é por isso que eu estou aqui no painel global para que eu não caia para o lado da fantasia.
Loyola comentou
sim Francisco, é verdade. E se ficarmos apenas com as verdades estabelecidas, não quebraremos paradigmas. Para ilustrar este fato, esta questão das placas mergulharem por debaixo das outras, retroalimentando a porção interna da Terra, faz parte do Ciclo do Carbono. Pois bem, os russos acreditam que é possível a formação do petróleo de forma abiótica, apenas com as moléculas de carbono presente em rochas (os carbonatos). Isto vai em direção contrária a ciência tradicional. Mas os russos apontam que tem sucesso em pesquisa de petróleo em regiões de rochas metamórficas (veja só). Até agora não há consenso sobre isso.
Francisco Medeiros comentou
Loyola, só não entendi direito a questão da abertura e fechamento dos oceanos, você não teria um link de algum site onde possamos nos aprofundar no assunto?
Loyola comentou
Poxa vida, é um assunto complexo. Envolve Geotectônica, Ciclo de Wilson, etc. Neste link tem uma aula sobre o assunto. [Ver site]
Francisco Medeiros comentou
Sobre a questão do paradigma que vc falou eu concordo plenamente. Deixe-me eu te contar uma história: eu tinha um cunhado, que ja faleceu, que era um ser extremamente prático e muito rígido em suas opiniões e eu sempre fui um ser extremamente teórico , quase nenhuma prática, certa vez ele passou de 08:00h da manhã até meio dia tentando tirar um miolo de uma fechadura, a qual tinha quebrado uma chave dentro, pra trocar e não conseguiu, durante todo esse tempo eu fiquei observando ele trabalhar sem dar opinião pois eu já o conhecia e sabia que ele não me ouviria, quando foi exatamente meio dia que ele já estava exausto disse: Vamos ter que serrar! e resolveu se levantar pra tomar um gole de cerveja eu me sentei onde ele estava e tirei o miolo da fechadura em menos de 60 segundos, só deu tempo ele colocar o copo na boca , quando ele ouviu o barulho da fechadura saindo, olhou pra trás com cara de susto. O problema dele foi que ele criou uma primeira possibilidade do que teria acontecido com a fechadura e manteve essa opinião até o fim já que ele tinha dificuldade em mudar de opinião. Bom não vou entrar em detalhes sobre o problema da fechadura porque ficaria extenso , o meu objetivo é só mostrar como é importante analisar todas as possibilidades mesmo que pra nós pareçam absurdas.
Administrador comentou
Neste artigo explicamos qual a força que está envolvida na movimentação das placas, que por sua vez causa os terremotos. [Ver no Apolo11]
Loyola comentou
Obrigado Rogério


    9
Moraes      
Pois é a Depressão Lee se tornou uma tempestade tropical, vamos ficar ateno pois esta caminhando para algo maior em.....
Francisco Medeiros comentou
Pela simulação da trajetória do Lee, ele não vai incomodar ninguém por um bom tempo.



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2020
Política de Privacidade