Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
ROGER      
Depois de muitos anos só acompanhado o Painel, agora resolvi participar mais ativamente. Para inaugurar essa minha chegada, tenho uma curiosidade em saber se existe algum estudo que possa ser acompanhado, em relação as explosões solares quanto a ionização do ar, o excesso de carga positiva no ar a estática, essas explosões do sol podem interferir carregando nossa atmosfera com muita carga positiva..... e isso pode interferir com animais e o magnetismo da terra de forma superficial, ou mais profundamente, podemos medir através da aurora boreal essa interferência, ela existiria a ponto de afetar tb a camada de ozônio. Tenho pesquisado o assunto, e não encontrei nada que me desse dados suficientes para uma conclusão precisa. Agradeceria uma ajuda para me dar um prumo... E muito boa a informação dada pelo administrador quanto aos terremotos.....
Administrador comentou
Roger, seja bem vindo. Sua pergunta exige respostas muito longas, que levam a outras respostas muitos longas e assim sucessivamente. Mas vou tentar resumir. As explosões solares provocam dois tipos difrentes de interações. A primeira é quando acontece um flare solar, que provoca um pico eletromagnético no comprimento de onda dos raios-x que chega à Terra 8 minutos após aconter. Embora sejam altamente energéticos, os raios-x não chegam à superfície, pois são bloqueados nas camadas superiores. Entretanto, sua natureza altamente energética tem efeitos muito marcantes na ionosfera. Esta se ioniza na presença dos raios-x e provoca blecautes de radiopropagação que podem durar muitas horas. Também podem induzir altas correntes que se atingerem a rede elétrica podem causar sérios problemas, como blecautes, surtos, etc. Os flares não causam problemas diretamente na vida animal ou vegetal, pois, como explicado, não chegam à Terra. No entanto, o nível de raios-x pode ser danoso à saúde dos astronautas e com ceerteza podem causar sérios problemas em satélites. Outra consequencia das explosões solares é a ejeção de massa coronal, ou seja, partículas super velozes e altamente caregadas que antes de atingirem a Terra são desviadas pela magnetosfera em direção aos polos. São essas partículas que provocam as auroras ao ionizarem os átomos de oxigênio e nitrogênio nas camadas superiores. Além das auroras, essas partículas também provocam ionização na ionosfera e provocam os mesmos efeitos do pico de raios-x, ou seja, podem causar blecautes, etc. Não há qualquer comprovação que essas emissões causem perturbações nos seres humanos, mas alguns pesquisadores estudam essa influência no comportamente de algumas aves migratórias, pois algumas espécies usam o campo magnético terrestre para se localizarem. No entanto, isso ainda é uma especulação científica que pode ou não estar correta. O ramo da ciência que estuda a interação do Sol com a Terra e com o espaço se chama heliofísica. É uma ciência ainda embrionária, que ganhou uma ajuda muito grande a partir de dados coletados pelos satélites SOHO, SDO e sondas Stereo A-B. Os dados de todos esses satélites são disponíveis gratuitamente nos respectivos sites. Basta saber pesquisar. Algumas pessoas vão tentar encaixar alguns fatos não comprovados entre as explosões solares e a Anomalia Magnética do Atlântico Sul. Neste caso, qualquer contra argumentação não terá qualquer efeito e o estresse provocado pela discussão não valerá a pena. Portanto, me abstenho! Que venham os raios e trovões.
Firthunand comentou
Acredito que se você modular a sua pesquisa, encontrará materiais de pesquisa específicos para cada tipo de radiação solar. Nesse caso, tem bastante coisa disponível. Da uma olhada no capítulo 6 do livro Física das radiações(Emico Okuno, Elisabeth Mateus). [Ver site]


    2
Anônimo      
Post removido pela administração.
Administrador comentou
Olá Coutinho, tudo bem? Obrigado por participar, mas temos aqui um problema. Não podemos publicar artigos de outros sites! Os textos precisam ser escritos com suas próprias palavras. Dê uma olhadinha nas Regras de Postagem. Obrigado!
Dione Moraes comentou
Boa tarde Coutinho. Aproveito para sugerir acessar o link abaixo, onde consta, como destaque no Radar Global, matéria sobre o assunto atualizada até hoje pela manhã, com dados, vídeos e informações. [Ver no Painel Global]


    3
Dulci      
Tremor de 4.56 no Mato Grosso???
Janeoliveira comentou
Saiu esta matéria [Ver site]
Dulci comentou
E alguém poderia me dizer se é normal tb os tremores em Minas Gerais, tendo em vista a ocorrência de vários?? Tudo bem que são leves, mas qual a explicação?
Vania C. comentou
Boa noite a todos! Jane, é verdade que ele (Aroldo) tem livre passe em uma rede de TV. Em Valparaiso. as pessoas param ele para fotos, etc. E ele tem mágoas porque aqui nao tem credibilidade. No entanto, prever terremotos é praticamente impossível. Fizeram uma análise sobre os acertos dele e a média foi de 6% em 100, praticamente nada. Eu acredito mais no cachorros, rsrs... desculpa a brincadeira
Administrador comentou
Acredito que não teve qualquer tremor em MT. 4.5, então, tremeria todo o centro-oeste. Eventos marcados como AUTO na rede brasileira precisam ser confirmados. Por sorte o IAG-Usp não caiu na tentação!


    4
Janeoliveira      
Redemoinho em Ribeirão Preto [Ver site]
Khemet comentou
Acompanhei o noticiário, embora não durem muito como o tornado ou furacão é uma coisa bem assustadora de se ver
Firthunand comentou
É o Sacipererê kkk! Olhem esse vídeo, pra mim é um Tornado (céu nublado), aconteceu no MT.
Link

Karinacriscila comentou
moro perto de onde teve esse redemoinho! Teve outro na estrada para franca SP! Meus pais disseram que qdo tem redemoinhos fortes é sinal de mta chuva! Forte chuva na verdade! E eles nunca viram tão grandes assim!
silva comentou
Dustdevil ,,rodamoinho de vento como o ar está leve seco e quente se forma, e aproveito e dou uma boa notícia.As chuvas começa nesse fim de semana, vem temporais c ventos e trovoadas não descartando Granizo em alguns locais,, vem com frequência na 1 quinzena.
Édison comentou
Bom Dia Globais, eu acho que se trata de um tornado mesmo, pois tem formaçoes cumulus nimbus e aparecem outras quase formaçoes de nuvens funil. Abraço



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2020
Política de Privacidade