Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Gabriel Storm      
Galera do painel Global,pode me dizer se esse asteroide vai ser possível ser visto do Brasil? Link: [Ver site]
Administrador comentou
Olá Gabriel, Bom dia. Nós vamos fazer uma artigo sobre isso, mas ao nosso ver há muito sensacionalismos em cima. É óbvio que se trata de um pedaço de foguete. Ele tem órbita de 20mil x 600 mil o que mostra que deve ter sido parte de um estágio usado em injeção translunar. Um objeto desse tamanho (se de fato tiver o tamanho que andam especulando) e com a densidade de um tanque de combustível, não deverá provocar um brilho tão forte. Abraço!
Rejaine Monteiro comentou
Bom dia, pessoal. Também não entendo porque tanta especulação sobre esse objeto. Exite muito lixo espacial por aí, que volta e meia fazem reentradas (são restos de foguetes, satélites desativados, etc). Não sei porque esse está chamando tanta atenção... De qualquer forma, é sempre interessante poder acompanhar uma reentrada (apesar da previsão deste cair no oceano, onde provavelmente ninguém vai conseguir filmar...)
Administrador comentou
Acho que o "ineditismo" é porque não se sabe qual a origem do objeto, pois até agora ninguém achou ele em qualquer catálogo. Pelo que andei lendo, baseado na orbita especula-se que seu lançamento ocorreu em 2012. Pode ser parte de um veículo de injeção translunar ou interplanetária. Se o NORAD não sabe que objeto é esse, vai passar pra história como um satélite "não identificado". E as especulações serão eternas!
Rejaine Monteiro comentou
Hmmmm, entendi agora porque está chamando tanta atenção. E talvez por isso o nome dado ao objeto, WTxxxxF, seja um "acrônimo" bastante apropriado para esse curioso objeto... ,)
Administrador comentou
WTF! Um excelente artigo na Nature: [Ver site]



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019
Política de Privacidade