Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Professor Rubens      
Bom dia! por um acaso é o cometa ISON que aparece no canto esquerdo inferior da Lasco C3?
Kelvi comentou
Certamente que não, professor Rubens. Ele aparecerá no canto superior esquerdo.
Administrador comentou
Olá Professor Rubens, ainda não. Veja nesta página o provável trajeto: [Ver no Apolo11]
Rejaine Monteiro comentou
Ai, ai. Estão dizendo que o núcleo do ISON pode estar se despedaçando. Será que ele nem mesmo chegará ao periélio? Na expectativa...
Administrador comentou
Há muitas informações desencontradas nesse momento. Uma delas, de Yasser Mohammed, da Alexandria, no Egito. Segundo ele, o monitoramento feito em comprimento de onda milimétrico pelo telescópio IRAM, na Espanha, mostra uma forte deterioração no brilho entre 21 e 25 de novembro. Segundo ele, isso pode indicar um núcleo levemente ativo e até mesmo não existir mais. As emoções estão aumentando.
Administrador comentou
Agora: Hangout ao vivo do cometa ISON: [Ver no Apolo11]


    2
Inah      
Pessoal, nunca postei nada no painel mas acompanho as postagens há algum tempo. Estou em Manaus e no dia 23/11 tirei essa foto por volta das 18h (horário local). Alguém saberia me dizer do que se trata? Poderia ser o ISON?
everton comentou
Nesse horario ISON está abaixo do Sol, entao não daria pra ver ele, para ve-lo tente acordar antes do sunrise(só para os fortes) hehehe. Isso parece ser um avião.
claudio aquino comentou
mas provavel que seja um meteorito ou lixo espacial
Administrador comentou
Olá Inah, esse tipo de foto é muito comu, Trata-se de do reflexo do Sol na trilha de condensação de uma aeronave.
Administrador comentou
A foto ao lado mostra uma foto feita por mim, às +/- as 6 da manhã. São fotos típicas de quando o Sol está muito baixo no horizonte.


    3
rone abbad      
esse terremoto forte de 7,0 de magnitude já era pra ter alerta de maremotos , mas graças a DEUS, pelo visto sem nenhum problema para nossa área aqui do atlântico!!!!
Luciano SC comentou
Boa Tarde, O sismômetro de São Paulo começou a registrar o evento às 6:35 e mostrou agitação por quase uma hora!


    4
Alisson David      
10 vulcões em erupção ativa e a mídia não fala nada. 1- Monte Sinabung, na Indonésia: erupção por oito vezes em apenas algumas horas, "chuva de pedras" sobre uma grande área forçou milhares de pessoas a fugir de suas casas. Ele está em erupção de forma intermitente desde setembro, mas entrou na ultrapassagem na tarde de sábado e manhã de domingo, atirando repetidamente cinzas quentes vermelho e rochas até oito quilômetros no ar. 2 -Vulcão Colima, no México: Na noite de segunda-feira e terça-feira manhã, o vulcão de Colima expeliu lava para baixo suas encostas e cinzas para o céu, atingindo várias aldeias. Desde domingo passado, o Fuego de Colima foi reativado após várias semanas de calma aparente até terça-feira foi gravado entre 30 e 35 jatos por dia, cuspindo lava para baixo suas encostas e cinzas atingindo vários povoados. 3- Sakurajima no Japão: Após uma breve fase de atividade mais fraca, o vulcão se tornou mais violento com uma série de explosões poderosas enviou nuvens de cinzas até 4.5 km. Emissões de cinzas quase constante têm sido realizadas desde a Showa cratera. 4- Fuego, na Guatemala: Dois fluxos de lava são ativos nas encostas superiores do vulcão, no momento, o Taniluya (sul) e Ash Canyon (SE). A atividade efusiva começou em 11 de novembro e 18 de Novembro aumentou, atingindo um comprimento de 600 mts. Avalanches constantes emergir das frentes de fluxo. Ao mesmo tempo, a atividade explosiva na cratera manteve-se em níveis baixos a moderados, com explosões estrombolianas produzindo colunas de cinzas até 800 mts. altos e incandescentes jatos visíveis à distância. 5- Santa Maria / Santiaguito em Guatemala: uma nuvem de cinzas finas de 3,2 km de altitude (700 m . acima do domo de lava) 6- Yaser em Vanuatu: o vulcão continua a produzir emissões de cinzas quase contínuas, enquanto explosões são relativamente fracas. Esta fase de emissões de cinzas começou em 3 de novembro e é provável que continue nos próximos dias e semanas. 7- Popocatepetl, no México: vulcão Popocatepetl parecia neve durante toda a manhã e ao meio-dia, a partir da cidade de Puebla, foram observadas colunas geradas por exalações de média intensidade. 8- Monte Marapi na Indonésia: vulcão mais ativo da Indonésia, entrou em erupção no início segunda-feira, enviando uma nuvem de cinzas negras cerca de 2.000 metros de altura, disseram autoridades. 9- Kliuchevskoi em Kamchatka, na Rússia: Uma boa parte da ação foi capturada pelas câmeras apontando para o vulcão ou satélite. 10 - Vulcão submarino Japão - Tóquio Guarda Costeira do Japão verificou o nascimento da ilha ao redor do arquipélago de Ogasawara.
Gui bnu comentou
Quanto ao vulcão de nº 10, o porta-voz do japão saudou com entusiasmo e felicidade a notícia da criação de um novo território, mas que talvez venha a desaparecer pela erosão. Não achei a notícia alarmante, já que vários vulcões permanecem em atividade em algum lugar do planeta e as vezes até com certa simultaneidade como agora. Como um dos meus interesses diz respeito a repercussões de notícias, percebi que seu post já foi aproveitado no site antinovaordemmundial e a notícia deve se espalhar como rastilho de pólvora. Pelo menos fez uma boa divulgação do PG. [Ver site]
Alisson David comentou
Gui, nem sabia deste site. Só postei aqui as informações dos vulcões ativos. Eu sigo outro site com erupções. Agora se as pessoas pegarem o que escrevo e repercutir de outra maneira eu não tenho como controlar isso. Infelizmente tem pessoas que sempre acham que toda noticia é o fim do mundo. Postei sobre os vulcões porque a midia não fala, ainda mais agora que só se fala no ISON.
Gui bnu comentou
Exato Alisson! Achei seu post bastante produtivo e pode servir pra esclarecer muita coisa que é lançada nas mídias e interpretada por algumas pessoas de formas diferentes. É um assunto muito interessante na minha opinião.
Administrador comentou
Seu post é excelente Alisson. Parabéns! Ao lado, foto do Vulcão Sinabung em erupção na ilha de Sumatra. Crédito: Ulet Ifansasti/Getty Images
Alisson David comentou
Valeu gente. Espetacular esta imagem Adm. Essa foto da até medo.rssrrs
Astroman comentou
Gui bnu, você saberia citar alguma data ou época em que houve uma simultaneidade de erupções como essas de agora?
Marcelo Fernandes comentou
Já vi a notícia em dois sites pelo menos! Nos dois lugares deram os créditos ao Painel Global, o que é muito bom!
Astroman comentou
Complementando a informação do post, foram 7 erupções em 6 países com intervalo de poucas horas entre eles, no sábado, dia 23/11.
Gui bnu comentou
Astroman. Em fevereiro deste ano, na Península de Kamchatka, situada no topo do Anel de Fogo do Pacífico,(nome devido à enorme atividade vulcânica), decorre um dos mais incríveis espetáculos da natureza. Numa zona onde a neve cobre quase toda a superfície, 4 vulcões entraram em erupção simultaneamente, gerando enormes rios de lava que percorreram a nova paisagem moldada pelo fogo. Não sei se responde a sua pergunta, mas parcialmente ela é esclarecida. Acompanhei outros episódios, mas esse foi o mais marcante pra mim.
Alisson David comentou
Rejaine Monteiro comentou
Achei interessante esse vídeo mostrando a cidade repleta de cinzas e rochas vulcânicas, na Sicília, lançadas pelo Etna em 23/11.
Astroman comentou
Gui, o que torna essa sequência de erupções digna de nota é que não estão restritas a uma pequena região como Kamchatka. Vulcões ativos em silmutaneidade é uma coisa, é comum mesmo, mas ocorrer erupções em série, em tão pequeno espaço de tempo...não creio que seja.
Gui bnu comentou
Me parece realmente estranho Astroman, olhando por esse lado. Mas ainda acredito que seja alguma coincidência ou uma fase atípica temporária. Vamos aguardar e ver no que dá. Só espero não agravar em intensidade e nem em quantidade. :)


    5
lucfon      
Alisson, qual site você acompanha sobre os vulcões?
Alisson David comentou


    6
Administrador      
Alisson, só tenho uma dúvida. Essa compilação e texto são seus? Obrigado!
Administrador comentou
Fui comentar usando celular e abri outro post. Falha nossa.
Alisson David comentou
Sim adm. Redigi de acordo com minhas pesquisas nos sites.
Alisson David comentou
Se preferir pode acessar o site onde fiz o estudo. [Ver site] :)
Administrador comentou
É que fazendo uma pesquisa achei este texto em inglês. Veja: "Mount Sinabung in Indonesia: A volcano in western Indonesia has erupted eight times in just a few hours, “raining down rocks” over a large area and forcing thousands to flee their homes, officials said Sunday. Mount Sinabung has been erupting on and off since September, but went into overdrive late Saturday and early Sunday, repeatedly spewing out red-hot ash and rocks up to eight kilometres (five miles) into the air." O artigo fala exatamente dos mesmos vulcões e com texto parecido ao que você enviou. Acho que eles copiaram do PG.
Alisson David comentou
hahahaha. PG é mundialmente famoso.
Marcelo Fernandes comentou
No Brasil, o texto está já está disseminado em alguns sites, se espalha rápido, no melhor estilo copia e cola!


    7
Jorge Oliveira.      
Senhores tenho uma duvida..Qual o tamanho real do cometa ISON..?? Já li aqui mesmo nos posts relacionados ao referido cometa e tbem no Apolo 11 que seu tamanho é de aproximadamente 1400 metros de diâmetro..e que um outro cometa muito comentado por aqui chamado Lovejoy era de 5 a 10 vzs menor que o Ison”Materia Apolo 11”..(logo, pela media deveria ter entre 200 a 300 metros de diâmetro) minha duvida esta relacionada justamente com o tamanho do brilho e a proporcionalidade representada no vídeo aqui mesmo do Apolo 11. Justamente qdo o cometa Lovejoy passa por traz do sol (considerando o ângulo de visão da referida câmera filmadora) e ai, não tem como ser diferente cálculos de tamanho e proporção, pois o referido objeto esta justamente atrás do ponto de comparação..Como um objeto de apenas 200 a 300 ou que seja até mesmo de 1000 metros de diâmetro (considerando todo o combustível gasto “poeira,gases,e diversas partículas seja elas quais forem) gerar um brilho tão grande como o tamanho de nosso planeta..?? Se observarmos o vídeo aqui mesmo no Apolo 11 veremos o tamanho do brilho gerado pelo objeto Lovejoy passando por traz do sol e se afastando(momento de comparação perfeita de proporção..mas gerando um brilho tão grande que considerando o tamanho do sol,e o tamanho de nosso planeta o brilho é mais intenso em tamanho que nosso próprio planeta..ora o brilho é justamente seu combustivel vaporizando ou se desprendendo do objeto..Como algo tão pequeno consegue gerar tamanho brilho..Seja 1 Klm ou 50 Klms não iriam representar qse nada comparado ao tamanho do sol..”seria ao meu ver impossível de enxergar mesmo com toda a nossa tecnologia pois teria um tamanho desprezível mesmo com toda a queima de gases,poeiras e partículas sejam elas quais forem..Assista o vídeo no Apolo 11 e veja o brilho do referido cometa logo qdo ele sai do contorno do sol (considerando que a pequena esfera é o tamanho real do sol e que nosso planeta é em media 100 vzs menor) E se o Ison é em media 5 a 10 vzs maior deveremos ter então um brilho no minino 50% maior..(caso resista a referida passagem ou até mesmo aproximação)..Minha Duvida não tem a intenção de gerar qualquer tipo de polemica ou discussões e sim de me fazer entender como pode algo tão minúsculo (comparado a corpos enormes como o sol e nosso planeta) gerar tamanho brilho, já que pelas informações fornecidas ele(Objeto Ison) não teria muito mais que 1400 metros de diâmetro.Aproveito para agradecer e parabenizar a todos do Painel Global,que ao meu ver já atinge um nível altíssimo de qualidade e responsabilidade pelas informações aqui divulgadas..Um Abraço a todos..!!
Administrador comentou
Olá Jorge, tudo bem? Vou tentar responder. 1 - Os cometas não são iguais e sua atividade os faz parecerem mais ou menos brilhantes. Tem cometas extremamente ativos enquanto outros quase não se fazem notar. Então, você pode ter cometas grandes que pouco brilham enquanto outros, bem menores, podem dar um grande show. 2 - Quando vemos os cometas no céu, estamos na realidade observando sua coma. E essa coma é proporcional a atividade. Já vi cometas com a coma muito maior que Jupiter! 3 - O satélite SOHO (que capturou a imagem do vídeo) não foi projetado para estudar cometas ou planetas. Wntão, quando esses objetos cruzam o campo de visão do instrumento, a luz refletida satura o sensor de tal maneira que fica impossível comparar tamanhos, pois a luz fica espelhada nos pixels adjacentes. Assim, uma coma ionizada altamente ativa ocupa muito mais pixels que seu próprio tamanho, exatamente devido à saturação e espalhamento da luz nos pixels adjacentes. A comparação de características físicas com o SOHO precisa ser feita com dados numéricos dos sensores, usando algoritmos que tentem de alguma maneira "descontar" a saturação e espalhamento. Como essa não é a atribuição do SOHO, fica a cargo de amadores ou interessados extrair esses dados. Mesmo assim, cooncordo com você e também fico fascinado com o extraordinário brilho gerado por um objeto tão pequeno!
Administrador comentou
Apenas para complementar, em 17 de novembro o diâmetro da coma interna de ISON era de cerca de 70 mil quilômetros, ou seja, metade de Júpiter. Agora, esse numero deve ser maior ainda!
Raphael Cozzi comentou
Então a resposta para a pergunta sobre o tamanho real do ISON é que não sabemos o tamanho, somente o tamanho do seu brilho, é isso?
Marcos Passetti comentou
O melhor consenso entre os observadores e cientistas foi entre 1300 e 2000 metros, e ja deve estar menor...
Administrador comentou
Olá Rafael, não é isso. O que eu disse é que as imagens do SOHO não permitem estimar corretamente o tamanho de um cometa. O tamanho do núcelo de ISON é de cerca de 700 metros. A coma, medida em 17 de novembro, tinha cerca de 70 mil km.
Administrador comentou
Para não haver dúvidas sobre o tamanho do núcleo: 700 metros de raio. 1400 metros de diâmetro.
Raphael Cozzi comentou
Ah sim! agora entendi, obrigado pelas explicações
Jorge Oliveira. comentou
Boa tarde Rogério,Raphael e Marcos..Desde já agradeço sua resposta Rogério(sempre muito gentil ao explicar)..Realmente o SOHO não foi projetado para avaliação de planetas ou cometas e até onde sei seria uma tarefa muito difícil e extremamente complexa do ponto de vista tecnológico para criação e avaliação de imagem..Entendo qdo fala sobre multiplicação (espelhamento de pixels) para definição de pequenos objetos..Não tinha me dado conta que para a formação da imagem seriam necessários cálculos algoritmos para definição do objeto..(neste caso com certeza a precisão não é o ponto forte) Porem de qualquer forma seja como forem feitos os cálculos é sempre um show de luz (muito grande para meu cérebro ..hehe)E pelo que eu entendi oq estamos vendo é e não é a verdade visual..Explico: vemos um enorme brilho que apenas traduz matematicamente e eletronicamente a verdade..De qualquer forma não muda em nada minha admiração pelo brilho e a forma como se desenvolve a aproximação solar destes objetos..Agradeço a participação dos amigos Raphael e Marcos e sem duvida a sua resposta Rogério..Obrigado e um abraço a todos..!!
Administrador comentou
O vídeo ao lado é uma animação de 13 frames registrados pela sonda STEREO H1A, da Nasa, em 23 de novembro. Nela vemos o cometa ISON, mais brilhante e o cometa 2P/ENKE, à direita. As cenas foram registradas em 23 de novembro e não mostram qualquer tipo de anormalidade até aquela data.
lecoflor 1 comentou
E não percam a chance de serem os primeiros a avisar quando for possível ver o cometa nas imagens do SOHO, Eu dependo do aviso de vocês para acompanhar...desde já obrigado.
Administrador comentou
Lecoflor, tudo bem? Essa informação está em nosso artigo no Apolo11: [Ver no Apolo11]
Rejaine Monteiro comentou
Bom, o jeito é ficar de olho no LASCO C3. Só espero que ele não 'congele' (como sempre ocorre quando aparece um sungrazer...)
Administrador comentou
Olá Rejaine! O problema é o servidor deles não travar devido à quantidade de acessos.
Rejaine Monteiro comentou
A última atualização do LASCO3 foi as 16:30. Nada depois disso. Acho melhor ir dormir...



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019
Política de Privacidade