Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Andrey almeida      
Tá tendo bastante tremor de terra na América do norte!
Marcos Passetti comentou
bom dia amigos.... Andrei esta normal a quantidade de tremores na America N


    2
Lab      
75 mil pessoas foram evacuadas de Bali, na Indonésia devido ao risco de erupção do Vulcão Agung, que está em Nível de Alerta Maximo para Erupção.
Lab comentou
veja o video sobre o alerta [Ver site]
Lab comentou
Alerta Nível 4 [Ver site]


    3
Thiago Alvez      
Por mais que seja uma coisa ruim, gostei muito da nova animação sobre o incêndio!!


    4
Dione Moraes      
Boa tarde Rogério, infelizmente, devido a quantidade de postagens, a caixa de entrada chegou só limite e não é mais possível acessar meu post e atualizar o Boletim informativo sobre os furacões ativos no Atlântico Norte. Pena, porque tem pessoas que postaram mensagens e estão acompanhando as atualizações. Ha novidades que gostaria de postar.
João DS comentou
Olá Dione, não deixe de postar, mesmo que seja um novo post, suas informações são relevantes, devido a vários eventos climáticos muita gente nova se cadastrou e ainda não entendeu os procedimentos para evitar que as postagem vá para os post antigos, tente atualizar aqui e colocar no final ou um novo post comentar do mesmo "mais informações acesse post antigos do dia 24 de setembro" pois vi lá suas informações. talvez assim todos se mantenham informados ok


    5
Carlos69      
Em relação aos furacões que atingiram Estados Unidos e Caribe, na altura do equador é quente onde a temperatura do oceano ultrapassa 27 °C. Se um furacão viesse na direção do brasil, com certeza vai esfriar na água e morrer no mar.


    6
Dione Moraes      
[Ver no Painel Global] ATUALIZAÇÃO 14:00h, 27/09/2017. De acordo com Boletim dás 11:00h, Maria recuperou forças e voltou à categoria 1, com ventos máximos sustentados de 75 MP/h ou 121 Km/h. Maria continua movendo-se lentamente, e realiza-se a leste Cape Hatteras, Carolina do Norte é seus ventos de tempestade podem causar impactos ao atingir a costa leste dos EUA, com ventos de tempestade, conforme mapa de aviso de vivência de tempestade abaixo.
Dione Moraes comentou
Pelo Boletim das 14:00h do NHC o furacão Lee, na categoria 3, localizado sobre o Oceano Atlântico central, aumentou sua força, agora com ventos máximos sustentados de 115 Ml/h ou 185 Km/h., razão pela qual o  Centro Nacional de Bóia de Dados ( NDBC ) , da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), emitiu avisos para 4 navios Sobre os riscos quê representa a- presença do furacão Lee, na área determinada pelas coordenadas
Administrador comentou
Olá Dione, sem problemas. É até melhor abrir um novo post. Obrigado pela participação! :-)
João DS comentou
ficou bom Dione ok
Dione Moraes comentou
O ,"X" em amarelo na imagem abaixo, refere-se a uma área de instabilidade, associada a um sistema de baixa, pressão que está localizada sobre o noroeste do Mar do Caribe. Há previsão de que este sistema se mova lentamente para o norte e o noroeste em direção s a Cuba , para o Estreito, e para a Flórida durante os próximos dias. O desenvolvimento deste sistema é possível, se ele se mover perto da Península da Flórida ou o noroeste das Bahamas na sexta-feira ou no sábado, e provavelmente produzirá chuva localmente forte sobre regiões de Cuba, sul da Flórida, Flórida Keys e as Bahamas nos próximos dias.
Dione Moraes comentou
Caro Rogério, sinto-me honrada pela consideração e é uma grande satisfação participar. ☺,
Dione Moraes comentou
ATUALIZAÇÃO: Dr acordo com o Boletim das 23:00h do NHC, Lee enfraqueceu um pouco agora ventos máximos sustentados de 110 Mp/h, ou 177 Km/h, (categoria 3) e pressão mínima de 966 Mb. Mesmo assim, torna-o o 5° maior furacão, da temporada de furacões do Atlântico Norte de 2017, mas não é uma ameaça à terra. Linda imagem de satélite de Lee, o pequeno/grande furacão.
Dione Moraes comentou
ATUALIZAÇÃO 28/2017, 09:00h. Maria voltou à enfraquecer, com ventos de 70 MP/h, ou 113 Km/h, e agora uma Tempestade tropical, com pressão mínima de 962 Mb. Sua localização é a poucas centenas de quilômetros a leste-nordeste do Cabo Hatteras, Carolina do Norte. No dia 25/09 foi emitida ordem de evacuação no cavo Hatteras, na Carolina do Norte, e grande foi o fluxo de veículos abandonando a área de risco. Maria está agora, longe o suficiente para não causar impactos. Lee permanece furacão categoria 3, e localiza-se ao longo da Oceano Atlântico central, várias centenas de quilômetros a leste das Bermudas.
Dione Moraes comentou
ATUALIZAÇÃO 28/09 14:0ph. De acordo com Boletim do NHC das 11:00, Lee enfraqueceu, passando à categoria 2, com ventos máximos sustentados de 100 MP/h, ou 161 Km/h, e segue mais rápido, a 19 Km/h, em direção norte, ao longo do Oceano Atlântico central, várias centenas de quilômetros a leste das Bermudas. Maria ainda uma Tempestade Tropical, está localizada a poucas centenas de quilômetros a leste-nordeste do Cabo Hatteras, Carolina do Norte, mas se afastando, mais rápido, dos EUA.
Francisco Medeiros comentou
Respondendo a pergunta de Lanoy que poderia ter sido feita neste espaço: Ambos estão em alto mar e com tendencia a permanecerem assim sem perigo para os seres humanos.
Dione Moraes comentou
ATUALIZAÇÃO, Z8/09 2017, 21:00h Maria, Tempestade tropical, enfraquecendo. Ventos máximos sustentados, 65 MP/h, ou 105 Km/Pressão mínima, 985 Mb. Localização: Oceano Atlântico ocidental, algumas centenas milhas a oeste-noroeste das Bermudas. Lee, furacão categoria 1. Velocidade máxima de ventos sustentados, 90 MP/h, ou 145 Km/h. Pressão mínima, 977 Mb Localização: acima do Oceano Atlântico central, várias centenas de quilômetros a leste-nordeste das Bermudas.
Dione Moraes comentou
ATUALIZAÇÃO 29/09/2017, 13:00h. De acordo com boletim das 11:00h do NHC: Maria, ainda uma tempestade tropical, continua enfraquecendo, com ventos máximos sustentados de 60 MPH, ou 96 Km/h, e pressão mínima de 998 Mb. Maria localiza-se no Oceano Atlântico ocidental, algumas centenas de milhas ao sul de Halifax, Nova Escócia. Lee, também enfraqueceu, e agora também é uma tempestade tropical, com ventos máximos sustentados de 70 MPH, ou !13 Km/h. Pressão mínima de 992Mb. Lee, localiza-se sobre o Oceano Atlântico Norte, várias centenas de quilômetros ao sul-sudeste de Terra Nova.
Dione Moraes comentou
ATUALIZAÇÃO DE 29/09/2017, 23:00 De acordo com o Boletim de NHC, das 17:00h, o enfraquecimento de Maria a tornará uma tempestade extra tropical está semana. Ventos máximos sustentados de 60 MPH, ou 96 Km/h. Pressão mínima, 988 Mb. Lee também perde forças e a tendência é dissipar-se no sábado. Atualmente sua velocidade máxima sustentada é de 65 MPH, ou 105 Km/h, e a pressão mínima, de 998 Mb.
Dione Moraes comentou
UM RESUMO DOS TRÊS PRINCIPAIS FURACÕES DA TEMPORADA DE 2017 Nos últimos 30 dias, os furacões Harvey, Irma e Maria, escreveram uma triste e dolorosa história na temporada de furacões de 2017. Harvey se destacou pelo dilúvio que causou no Texas. Como mostram a imagem e o vídeo só NHC, Hsrvry ficou por muito tempO estacionado, e concentrou toda a sua força naquela região, o que contribuiu para um acúmulo de chuvas, que causaram inundações de grandes proporções. Outro fato importante é que, à  medida que se aproximava da terra, a velocidade dos seus ventos aumentaram, de modo que, quando fez landfall, os ventos máximos sustentados estavam em 130 MPH, ou 209 Km/h.  Vídeo, gráfico do NHC. [Ver site] Vídeo. Imagem de satélite em infravermelho do furacão Harvey. [Ver site]



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2020
Política de Privacidade