APRENDA     ATUALIZAR     ENTRAR
>> POSTS ANTIGOS <<  Siga o Painel      


    131

  (Caucaia-CE) -      
Lembrei de Nova Friburgo e Teresópolis em 2011


    130

Dione Moraes   (Novo Hamburgo-RS) -      
Impressionante os números da catástrofe que atingiu Serra Leoa, na África. Chuvas torrenciais no município de Freetown, capital de Serra Leoa, provocaram deslizamentos, inundações que, até o momento, contabilizam, 450 mortos e 1500 desaparecidos, segundo dados oficiais, além dos danos materiais. Morros com mais de 200m de altura, desmoronaram, como uma avalanche, e destruíram tudo que estava em seu caminho, fizeram com que a tragédia alcançou grandes proporções.

O grande volume de precipitação, as ruas transformar-se em rios violentos que causaram caos por onde passaram.

As imagens a seguir dão uma ideia da dimensão da tragédia. Fonte, Conexão GeoClima e de Olho no tempo.

(Caucaia-CE) - comentou
Lembrei de Nova Friburgo e Teresópolis em 2011
Rejaine Monteiro (Belo Horizonte-MG) - comentou
Que tragédia! :(
Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Mais imagens impactantes da tragédia.
Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Maís imagens.


    129

Vania C.   (rio de janeiro-RJ) -      
Boa tarde! Li agora e vi um vídeo, que houve hoje um sismo de 4,3 em Lisboa mas nao estou vendo no painel.
phellipef (Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX) - comentou
Por ter tido magnitude inferior a M4.5, a USGS que é de onde os dados do painel são baseados não registrou o sismo. A EMSC e o Instituto Português do Mar e da Atmosfera registraram o sismo, sendo de magnitude M4.3.


    128

phellipef   (Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX) -      
Pelo menos 9 tornados foram reportados ontem, 8 em Minnesota e 1 em Illinois. Os tornados causaram danos, mas felizmente ninguém ficou ferido. Fortes tempestades também foram registradas no TX, KS, OK e MO. Vídeo de Lafayette, MN
Link

phellipef (Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX) - comentou
Gert se dissipa e Tempestade tropical Harvey se forma no Atlântico Norte.
phellipef (Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX) - comentou
CICLONES: No Atlântico GERT, chegou até a categoria 2, com ventos sustentados em 165 km/h, felizmente se manteve no mar durante todo o tempo, causando apenas grandes ondas nas Bahamas, litoral dos EUA e Canadá.

Depressão 9 se formou hoje no Atlântico e pode chegar a força de furacão na próxima semana. Pode afetar as Antilhas, México, Belize e Honduras. O nome será Harvey.

Outro ciclone pode se formar neste final de semana, sendo que Cuba, Bahamas e Flórida devem acompanhar esse possível ciclone. Nome será Irma.



    127

Dione Moraes   (Novo Hamburgo-RS) -      
Ventos fortes vindos do norte, provocaram recuo significativo do mar em Punta del Este no Uruguai e das águas do lago Guaíba, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul e cidades litorâneas de Santa Catarina. O evento oceânico-atmosférico causou surpresa e espanto.

Vento intenso na costa do Uruguai com rajadas entre 100 e 120 Km/h e no litoral gaúcho rajadas de 80 a 100 Km/h.

As águas do arroio Chuí, divisa entre Brasil e Uruguai, desapareceram, e tornou-se uma divisa de fronteira "seca".

Porém, o recuo do mar revelou algo inesperado, o descaso com o meio ambiente. Seria quase como que se a natureza decidisse dar um basta, e revelar o quanto o homem está contribuindo para a poluição das águas. O lixo revelado também se encontra em leitos dos rios e mananciais, que abastecem nossas cidades e matam a sede dos animais e da população.

Impressionante a quantidade de lixo quê ficou exposto com o recuo das águas.

Ai mesmo tempo que, em alguns locais, as águas recuaram, em outros uma grande ressaca, deixou o mar grosso, com ondas entre 3,5 a 4,00 metros, o que fez a Marinha do Brasil, emitir alerta de alto risco para navegação.

Uma embarcação pesqueira, o Dom Manoel XVI, que saiu de Laguna - SC, com destino a Rio Grande, sul do Rio Grande do Sul, com 7 tripulantes, desapareceu na madrugada de sexta-feira, a 15 Km da costa, e embora os esforços da Marinha, Brigada Militar e Força Aérea, ainda não foi encontrada.

Estes eventos estão relacionadas com o ciclone extratropical, atuando e na costa gaúcha o anticiclone de origem polar, mencionado no post 124, e os contrastes entre alta e baixa pressão, alta no Atlântico e baixá no continente. Fonte @MetSul.

A seguir imagens do recuo do lago Guaíba, Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Boas notícias, as equipes da Prefeitura de Porto Alegre - RS, aproveitaram para limpar as margens do Guaíba, retirando o lixo que foi exposto com o recuo das águas no dia 12/08.
Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Boa noite Khemet, de acordo com meteorologistas da MetSul, o recuo das águas, não oferece risco: " Só o vento. Nada demais. Tranquilo! Vale só pela curiosidade do pouco comum. Risco? Nenhum." @MetSul.

Os ventos fortes e constantes, soprando paralelo à costa, empurraram as águas das massagens para alto mar, e assim permanecerão enquanto o vento continuar soprando.

Ainda de acordo com o INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, um fenômeno raro de acontecer na costa do Brasil porque se juntaram vários fatores que contribuíram para esse recuo do mar. Um foi a direção do vento soprando paralelo à costa, que foi de nordeste. Segundo foi a intensidade dos ventos, foi mais intenso. E, também, esses ventos foram persistentes por vários dias”, disse Rossio Camaio, oceanógrafa do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Khemet (Pacas-CE) - comentou
Isso é impressionante! Na primeira vez que olhei o recuo das águas do mar parecia se tratar de um tsunami. Esse fenômeno pode causar problemas futuros como quando as águas voltarem ocuparem áreas povoadas?
Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Vídeo, recuo do mar em Florianópolis, SC.

[Ver site]

Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Ops, algo deu errado. Repetindo: Vídeo, recuo do mar em Caraguatatuba, SP.

[Ver site]

Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Vídeo, recuo do mar em Caraguatatuba, SP.
Link

Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Em tempo, correção, o nkne4 cirreto do arroio, divisa entre Brasil e Uruguai, é CHUÍ.
Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
[Ver site]

Impressionante vídeo de um pesqueiro, enfrentando mar revolto, próximo à costa de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, na tarde do dia 12/08, em plena ressaca. Fonte: Conexão GeoClima.

Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Vídeo, recuo do mar em Punta del Este. Impressionante.[Ver site]
Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Armação do Pântano do Sul, em Florianópolis, antes e depois da ressaca.
Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Arroio Chauí, divisa de fronteira entre Brasil e Uruguai, secou.
Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Punta del Este é o recuo das águas. Chama, também, a atenção k lixo que foi exposto.


    126

GTravisani   (Balneario Camboriu-SC) -      
A existe alguma explicação referente a sequencia de tremores na região de Yellowstone?
Marcos Passetti (jose bonifacio-SP) - comentou
Escreva um comentário sobre este boa noite dizer q é normal tremores é complicado mas para quem observa este super vulcao vê com normalidade....ele é totalmente decaracterizado de qualquer vulcao comum


    125

Márcia Prado   (Jundiaí-SP) -      
Interessante entrevista com Cristóvao Jacques do observatório Sonear sobre quanto seria difícil encobrir a informação de um asteróide em rota de colisão com a Terra e também sobre como somos vulneráveis perante esta possibilidade a ponto de se descobrir um asteróide pela manhã que passará no mesmo dia, podendo ou não estar em rota de colisão.

[Ver site]



    124

Dione Moraes   (Novo Hamburgo-RS) -      
Raro anticiclone passa pelo Atlântico Sul.

Raro anticiclone passa pelo Atlântico Sul.

 Um anticiclone de origem polar extremamente forte desloca-se pela costa da Argentina entre os dias 9 e 13 de agosto e, além de muito forte, é raro, também muito amplo vai influenciar as condições do tempo e do mar no Atlântico Sul por vários dias.

Os modelos atmosféricos da Europa e dos Estados Unidos estimam que a pressão atmosférica no centro deste anticiclone pode chegar a 1048 hPa. Este é um valor de pressãoatmosférica excepcionalmente elevado e raro sobre águas do Atlântico Sul.

Os ventos fortes gerados por este potente anticiclone e de um ciclone extratropical que passa pela costa da Região Sul do Brasil deixam o mar muito agitado em toda a costa leste do Brasil no período entre 10 e 14 de agosto de 2017.

Fortes ressacas são esperadas nas praias do Sul e do Sudeste.

A Marinha do Brasil emitiu avisos de mar muito grosso a muito alto e ventos muito fortes vão deixar a navegação perigosa nos próximos dias.

 Um anticiclone de origem polar extremamente forte desloca-se pela costa da Argentina entre os dias 9 e 13 de agosto e, além de muito forte, é raro, também muito amplo vai influenciar as condições do tempo e do mar no Atlântico Sul por vários dias.

Os modelos atmosféricos da Europa e dos Estados Unidos estimam que a pressão atmosférica no centro deste anticiclone pode chegar a 1048 hPa. Este é um valor de pressãoatmosférica excepcionalmente elevado e raro sobre águas do Atlântico Sul.

Os ventos fortes gerados por este potente anticiclone e de um ciclone extratropical que passa pela costa da Região Sul do Brasil deixam o mar muito agitado em toda a costa leste do Brasil no período entre 10 e 14 de agosto de 2017.

Fortes ressacas são esperadas nas praias do Sul e do Sudeste.

A Marinha do Brasil emitiu avisos de mar muito grosso a muito alto e ventos muito fortes vão deixar a navegação perigosa nos próximos dias.
Link

Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Video raro anticiclone.

[Ver site]



    123

Dione Moraes   (Novo Hamburgo-RS) -      
Forte temporal com granizo e ventos de até 106,2 km/h provoca danos em vários municípios do Rio Grande do Sul.

Como consequência de uma frontogênese – processo de formação de uma frente fria – entre a Argentina e Uruguai se deu origem s uma instabilidade no tempo, na metade sul do estado do Rio Grande do Sul na madrugada desta terça-feira (08), onde tormentas severas foram registradas. Municípios contabilizaram danos ocasionados pêlo vento forte que superou os 100 km/h.

Em Caçapava do Sul, no centro-sul do estado, o vento forte acompanhado de muitos raios provocou quedas de árvores e destelhamentos de prédios, de acordo com a Defesa Civil.

Em Capela de Santana, diversas casas ficaram destelhadas e uma morte foi confirmads, vítima do temporal.

De acordo com a Defesa Civil, um motociclista colidiu com uma árvore que caiu com o vento forte na rodovia estadual RS-240.

Quaraí, no extremo sul gaúcho, que faz fronteira com o Uruguai, o vento forte arrancou telhados, derrubou árvores e postes, principalmente em comunidades rurais. Como consequência moradoras ficaram sem energia elétrica.

Santa Cruz do Sul, outra cidade atingida, o vento forte destelhou prédios. No bairro Avenida, a cobertura de um estádio foi arremessada para a rua ao lado. Ninguém ficou ferido.

O Corpo de Bombeiros também registrou ocorrências por destelhamentos no final da madrugada em São Gabriel.

Parte do terminal rodoviário teve a cobertura danificada. Trechos de rodovias que cortam a região ficaram intransitáveis devido à queda de árvores.

Árvores caíram nas áreas rurais de São Vicente do Sul, e moradores tiveram o fornecimento de energia elétrica suspenso. Em todo o estado do Rio Grande do Sul, mais de 110 mil unidades consumidoras ficaram sem energia elétrica, segundo as concessionárias.

Na cidade de Sapiranga, no Vale do Sinos, a Defesa Civil informou que em torno de cinco bairros registraram residências completamente destelhadas. O vento forte ainda derrubou árvores e postes pela cidade.

Estações meteorológicas automáticas mantidas pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), até às 12 horas (08/08), registraram rajada máxima de vento de:

106,2 km/h em São Gabriel

98,2 km/h em Quaraí

94,6 km/h em Caçapava do Sul

94,6 km/h em São Vicente do Sul

86,0 km/h em Santana do Livramento

Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Mais imagens . . .
Dione Moraes (Novo Hamburgo-RS) - comentou
Mais imagens dos danos causados pelo temporal em várias cidades do Rio Grande do Sul.


    122

Henrique Kempner   (Campo Largo-PR) -      
Fazia tempo que não havia terremoto forte e/ou muito forte...

08/08 13:19 6.5 MUITO FORTE China, a 36 km de Yongle Prof 10 TNT 84345.

Khemet (Pacas-CE) - comentou
Alguém havia comentado ha uns meses atrás a estranha calmaria nas atividades sísmicas, mas agora... Fico assustada pelas pessoas que moram nesses países.
phellipef (Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX) - comentou
Outro forte terremoto na China, desta vez ao norte do país. Magnitude de M6.3 e uma profundidade de 10 km.

Terremoto foi sentido no Cazaquistão. Ainda sem relatos de danos ou feridos.

Khemet (Pacas-CE) - comentou
Mas aquele da Rússia, 7.4 para mim foi assustador mas não provocou dano algum. Infelizmente esse da China foi desastroso!
phellipef (Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX) - comentou
O tremor ocorreu próximo de Jiuzhaigou na província de Sichuan. Há falta de energia na região, várias casas foram destruídas e houve deslizamentos de terra.
Link

phellipef (Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX) - comentou
Oficialmente 7 mortes confirmadas e 100 feridos pelo forte terremoto de M7.0 que afetou a China.
Link

Henrique Kempner (Campo Largo-PR) - comentou
Terremoto mata mais de 100 pessoas...

[Ver site]

Rejaine Monteiro (Belo Horizonte-MG) - comentou
O terremoto provocou pânico, feridos e danos materiais na província de Sichuan. Ainda sem relatos de vítimas fatais.