Segunda-feira, 11 jan 2021 - 10h36
Por Maria Clara Machado

Após nevasca histórica, temperaturas poderão cair a -10°C na Espanha

A nevasca mais forte dos últimos 50 anos atingiu a Espanha causando caos na capital e na parte central do país durante o fim de semana. A tempestade Filomena trouxe muita neve e chuva forte antecedendo uma excepcional onda de frio que começa a invadir o país nesta segunda-feira.

Madri neste domingo, dois dias após a nevasca histórica que atingiu a região. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @kellenpohlmann
Madri neste domingo, dois dias após a nevasca histórica que atingiu a região. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @kellenpohlmann

Milhares ficaram presos em automóveis na intensa nevasca
A noite de sexta-feira e a madrugada do sábado foram narradas como um pesadelo. A Agência de Segurança e Emergência Madri relatou que só na capital mais de mil pessoas ficaram presas dentro de carros por horas e precisaram ser resgatadas com a ajuda do exército.

A tempestade de neve derrubou centenas de árvores e bloqueou mais de 600 estradas espanholas. O número de vítimas fatais chegou a quatro, segundo as autoridades.

O transporte foi completamente afetado com cancelamentos em ferrovias, ligações marítimas e no aeroporto Madri-Barajas, que não operou durante o sábado.

Diante da piora nas condições do tempo, as ocorrências só foram aumentando até a manhã do sábado. Além da nevasca, outras partes do país tiveram chuva forte com o avanço da tempestade Filomena.

Ainda nesta segunda-feira e terça-feira, dias 11 e 12, as aulas estão suspensas em Madri e em Castilha-La Mancha e as regiões espanholas tentam se recuperar do fim de semana caótico numa corrida contra o tempo diante da previsão de mais frio. As autoridades fizeram um apelo para que a população permaneça em casa.

Madri e toda parte central da Espanha foram atingidas pela pior nevasca em 50 anos. Crédito: Imagem do dia 9, divulgada pelo twitter @kellenpohlmann
Madri e toda parte central da Espanha foram atingidas pela pior nevasca em 50 anos. Crédito: Imagem do dia 9, divulgada pelo twitter @kellenpohlmann

Mais de mil pessoas precisaram ser resgatadas de carros atolados pela neve até a manhã do sábado. Crédito: Imagem do dia 9, divulgada pelo twitter @tamasbocsi
Mais de mil pessoas precisaram ser resgatadas de carros atolados pela neve até a manhã do sábado. Crédito: Imagem do dia 9, divulgada pelo twitter @tamasbocsi


Espanha enfrenta forte onda de frio
A Agência Meteorológica da Espanha (AEMET) reforça os alertas para temperaturas rigorosas abaixo de -10°C com uma forte onda de frio, que atinge grande parte do interior do país já a partir desta segunda-feira, dia 11.

A tempestade Filomena perdeu intensidade, porém ainda provoca alguns eventos de chuva na zona oeste do Mediterrâneo. Ao mesmo tempo, a AEMET, avalia que um anticiclone do Atlântico está se espalhando pelo território espanhol trazendo ar frio rigoroso especialmente durante as próximas noites.

Através do satélite Meteosat é possível observar a cerca de 36 mil quilômetros acima do solo, a neve que caiu sobre a península, marcada na cor rosa.  Crédito: Imagem divulgada dia 11 por @eumetsat
Através do satélite Meteosat é possível observar a cerca de 36 mil quilômetros acima do solo, a neve que caiu sobre a península, marcada na cor rosa. Crédito: Imagem divulgada dia 11 por @eumetsat

Haverá geadas generalizadas no interior da península, fortes nas zonas montanhosas, afetando áreas que já foram atingidas pela nevasca histórica do fim de semana, avisa a AEMET.

Áreas planas e montanhosas da zona central também poderão ter temperaturas negativas mesmo durante o dia.

Ouça o podcast Semanas ou meses de inverno rigoroso na Europa



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021