Terça-feira, 22 set 2020 - 09h40
Por Maria Clara Machado

Canadá se prepara para a chegada do furacão Teddy

A força de Teddy continua surpreendendo e o furacão está prestes a chegar ao Canadá. Depois de uma longa viagem desde 12 de setembro, sobre o Atlântico central, atravessando as Bermudas, Teddy ganhou força de novo e deverá tocar o solo da Nova Escócia em menos de 24 horas.

Imagem de satélite mostra a posição do furacão Teddy nesta terça-feira. Teddy é um furacão categoria 2 e está perto da Nova Escócia. Crédito: Centro Canadense de Furacões
Imagem de satélite mostra a posição do furacão Teddy nesta terça-feira. Teddy é um furacão categoria 2 e está perto da Nova Escócia. Crédito: Centro Canadense de Furacões

A força de Teddy
A trajetória do furacão Teddy chamou a atenção dos meteorologistas. Assim como Laura, o furacão Teddy também chegou à classificação de grande furacão atingindo a categoria 4 na última sexta-feira. Ao passar pelo arquipélago das Bermudas, foi rebaixado para categoria 1, na escala de ventos Saffir-Simpson.

Entretanto, ao continuar sobre as águas quentes do Atlântico norte, que estão beirando os 27°C, o furacão Teddy ganhou força novamente e agora está na categoria 2.

As informações do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) são de o centro de Teddy está a 590 quilômetros ao sul de Halifax, capital da Nova Escócia na manhã desta terça-feira. Os ventos sustentados chegam a 165 km/h, o que faz de Teddy ainda um poderoso furacão.

Avançando rapidamente com velocidade de 44 km/h em direção a Nova Escócia, Teddy deve tocar o solo entre esta noite e a madrugada da quarta-feira, segundo as projeções do NHC. Uma curva em direção ao norte-nordeste é esperada para esta quarta-feira, quando o centro de Teddy passará então sobre o leste da Nova Escócia e perto ou sobre Newfoundland.

Trajeto previsto para o furacão Teddy nos próximos dias. Crédito: NHC.
Trajeto previsto para o furacão Teddy nos próximos dias. Crédito: NHC.

Um provável enfraquecimento deve ocorrer quando o furacão se aproximar da costa. Ainda assim, estão em vigor os avisos de chuvas pesadas, ventos fortes e destrutivos, além de grandes ondas para a Nova Escócia.

O Centro Canadense de Furacões emitiu alerta para a costa sul e a costa norte da Nova Escócia, o oeste da ilha do Príncipe Eduardo e o sudoeste da província Terra Nova, em Newfondland. Até a costa da Nova Inglaterra, região norte-americana, deve sentir o campo de ventos do furacão Teddy, alertam os meteorologistas canadenses.

Dorian também alcançou o Canadá
O último furacão que chegou muito próximo ao Canadá foi o Dorian, em setembro de 2019, quando provocou destruição e inundações em áreas costeiras da Nova Escócia. Dorian chegou ao Canadá reclassificado como um ciclone pós-tropical, o que pode acontecer também com o furacão Teddy.


Quer saber mais sobre as últimas tempestades? Ouça nossos podcasts!



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021