Segunda-feira, 27 abr 2020 - 10h23
Por Maria Clara Machado

Chuvas de verão encheram o Lago Carnegie na Austrália Ocidental

O verão teve altas temperaturas recordes na Austrália Ocidental, mas também foi uma estação chuvosa incomum. O ciclone tropical Blake, em especial, contribuiu bastante para que uma dos maiores lagos naturais da Austrália, começasse a encher de novo. Uma boa notícia, depois de o país ter sofrido com longos meses de incêndios florestais devastadores principalmente no leste australiano.

Imagem de satélite mostra o Lago Carnegie enchendo no final de março. Carnegie é um dos maiores lagos naturais da Austrália. Crédito: NASA.
Imagem de satélite mostra o Lago Carnegie enchendo no final de março. Carnegie é um dos maiores lagos naturais da Austrália. Crédito: NASA.

O Lago Carnegie, localizado no condado de Wiluna, no oeste da Austrália, fica vazio durante boa parte do ano e tem chance de encher após fortes chuvas sazonais ou depois da temporada de ciclones tropicais.

Foi exatamente o que aconteceu com Lago Carnegie este ano. Foram várias tempestades tropicais durante o mês de janeiro de 2020 que aumentaram de forma significativa a quantidade de chuva na região.

A Austrália Ocidental teve chuva 9% acima da média neste verão e o ciclone tropical Blake foi um dos grandes responsáveis por essa transformação.

Detalhe do Lago Carnegie com água, após temporada de tempestades na Austrália Ocidental. Crédito: NASA.
Detalhe do Lago Carnegie com água, após temporada de tempestades na Austrália Ocidental. Crédito: NASA.

As imagens de satélite divulgadas recentemente pelo Earth Observatory, da NASA, mostram o lago enchendo no final de março. As imagens foram adquiridas pelo Landsat 8 e revelam o lago ainda parcialmente cheio.

O Carnegie tem aproximadamente 100 quilômetros de comprimento e quando fica cheio por completo cobre cerca de 5.700 quilômetros quadrados. Na imagem da NASA é possível observar o detalhe do lago cheio de água.

O redor do lago é uma paisagem predominantemente desértica, fica ao leste de Wiluna e na fronteira sudoeste do deserto Gibson. Embora morem poucas pessoas na região, o retorno da água no lago traz um habitat importante para a reprodução de grandes bandos de pássaros na região.



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021