Quinta-feira, 27 mai 2021 - 11h27
Por Maria Clara Machado

Chuvas torrenciais do ciclone Yaas deixam vítimas e graves danos na Índia

O ciclone tropical Yaas tocou o solo do nordeste da Índia durante a quarta-feira levando chuvas torrenciais e ventos catastróficos, como alertado pelo Departamento de Meteorologia da Índia. Cerca de 1,5 milhão de moradores evacuaram os estados de Odisha e Bengala Ocidental, as áreas mais impactadas pelo ciclone. A maré alta potencializou as inundações que foram graves.

Danos na cidade de Digha, em Bengala Ocidental, após a passagem do ciclone tropical Yaas na quarta-feira, 26 de maio. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @CalcuttaTimes
Danos na cidade de Digha, em Bengala Ocidental, após a passagem do ciclone tropical Yaas na quarta-feira, 26 de maio. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @CalcuttaTimes

Segundo informações divulgadas pela imprensa internacional, pelo menos quatro pessoas morreram e milhares de moradias estão danificadas pelas inundações. A situação se complica diante dos problemas que a Índia já enfrenta com a segunda onda do coronavírus.

Há pouco mais de uma semana, o ciclone tropical Tauktae devastou a costa oeste do país pelo mar Arábico antes de chegar a Gujarat. O número de vítimas fatais em consequência do Tauktae passou de cem.

O satélite Terra, da NASA, capturou uma imagem em cores naturais do ciclone tropical Yaas logo após a tormenta atingir o continente. Assim que despejou sua chuva torrencial, se moveu para o norte-noroeste enfraquecendo lentamente.

Imagem do satélite Terra mostra o ciclone tropical Yaas sobre Bengala Ocidental na quarta-feira, dia 26 de maio. Crédito: NASA.
Imagem do satélite Terra mostra o ciclone tropical Yaas sobre Bengala Ocidental na quarta-feira, dia 26 de maio. Crédito: NASA.

Graves inundações
Yaas chegou ontem à costa norte de Odisha, próximo a Balasore às 10h30 no horário local com ventos sustentados de 130 km/h a 140 km/h e chuvas torrenciais, o equivalente a um furacão de categoria 1, na escala Saffir-Simpson.

Segundo a meteorologia, a chegada de Yaas coincidiu com a maré alta o que provocou a inundação de milhares de casas e abrigos em Bengala Ocidental e centenas de aldeias em Bangladesh.

A cidade litorânea de Digha, em Bengala Ocidental, foi inundada com ondas que alcançaram 4 metros de altura e atravessaram estradas principais. Duas pessoas morreram nesta localidade. As outras vítimas são do estado de Odisha e morreram em conseqüência da queda de árvores.

Centenas de árvores foram arrancadas provocando danos e a ruptura de uma represa causou a inundação de cerca de vinte mil casas em Odisha.

Também ocorreram estragos nas áreas costeiras em Bangladesh, que faz fronteira com Bengala Ocidental, onde as ondas altas inundaram milhares de casas.

Acesse também:

Ciclone Yaas vai ser o segundo a tocar o solo da Índia em uma semana



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021