Quarta-feira, 8 abr 2020 - 10h29
Por Maria Clara Machado

Ciclone Harold atinge Ilhas Fiji na Oceania com categoria 4

Ainda muito intenso, o ciclone tropical Harold impactou as ilhas Fiji com ventos superiores a 200 km/h. Harold já havia provocado destruição e mortes nas regiões das ilhas Salomão e Vanuatu, no Pacífico sul, desde o fim da semana passada, quando surpreendentemente atingiu a categoria 5, na escala de ventos Saffir-Simpson. Os ventos chegaram a ultrapassar os 250 km/h.

Ciclone tropical Harold provoca destruição em Suva, na ilha de Viti Levu, em Fiji, após atingir a região com ventos superiores a 200 km/h. Crédito: Imagem de divulgação Ministério da Silvicultura.
Ciclone tropical Harold provoca destruição em Suva, na ilha de Viti Levu, em Fiji, após atingir a região com ventos superiores a 200 km/h. Crédito: Imagem de divulgação Ministério da Silvicultura.

Alerta total
O ciclone tropical Harold perdeu um pouco de força, mas ainda assim atingiu Viti Levu, a maior ilha em Fiji, na categoria 4, provocando inundações perigosas nesta terça-feira, dia 7. A força da água demoliu até edifícios.

Segundo as autoridades locais, Fiji permanece em alerta total nesta quarta-feira. Todas as estradas da ilha de Viti Levu, que levam à capital Suva, estão fechadas e a ordem é que a população permaneça em casa, a não ser que receba ordens de evacuação por conta das graves enchentes.

Harold ainda avança pelas águas da Oceania com rajadas de vento de 216 km/h na manhã desta quarta-feira, permanecendo, portanto, na categoria 4 na escala Saffir-Simpson. O ciclone continua sua trajetória com direção sudeste a uma velocidade de 20 km/h rumo a Tonga.

Tonga está com aviso extremo de maré alta para as próximas 48 horas, entre esta quinta-feira e sexta-feira, quando Harold deve passar pela região.

Vanuatu arrasada pelo ciclone Harold
Em Vanuatu, ainda não se sabe exatamente a extensão dos estragos já que as linhas de comunicação foram cortadas por conta dos ventos arrasadores e da chuva forte. Espiritu Santo, Malo e Pentecostes foram áreas mais atingidas pelo ciclone tropical Harold e as informações mais detalhadas começam a aparecer agora.

Felizmente, com relação aos casos da Covid-19, Vanuatu até então, não registra nenhuma confirmação da doença.

Sabe-se que os danos na parte norte e central de Vanuatu foram devastadores e o governo da Nova Zelândia já se prontificou a ajudar a região. A grande preocupação é como receber a ajuda humanitária externa e manter as medidas de distanciamento social por conta da pandemia.

Monitore as tempestades ciclônicas ao redor do globo em nosso mapa na home painelglobal.com.br



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021