Terça-feira, 25 mai 2021 - 15h53
Por Maria Clara Machado

Ciclone Yaas vai ser o segundo a tocar o solo da Índia em uma semana

Um novo ciclone tropical, que recebeu o nome de Yaas, surgiu sobre a Baía de Bengala e ameaça a costa nordeste da Índia. Faz pouco mais de uma semana, que o poderoso ciclone Tauktae devastou áreas costeiras do oeste e noroeste do país, deixando um saldo de pelo menos 100 vítimas fatais. As evacuações ocorrem em Odisha e Bengala Ocidental.

O ciclone tropical Yaas se intensificou sobre a Baía de Bengala e deve tocar o solo indiano pelo estado de Odisha. Crédito: JTWC
O ciclone tropical Yaas se intensificou sobre a Baía de Bengala e deve tocar o solo indiano pelo estado de Odisha. Crédito: JTWC

Tauktae tocou o solo indiano por Gujarat no último dia 18 de maio e desta vez, Yaas tem na mira os estados de Odisha e Bengala Ocidental.

Mais de 1 milhão evacuados
Yaas está a cerca de 160 quilômetros a leste-sudeste de Paradip, em Odisha, se aproximando cada vez mais do solo indiano e produzindo ventos sustentados de 117 km/h, com rajadas mais altas nesta terça-feira, dia 25. O ciclone deve tocar o solo entre o litoral norte de Odisha e a costa de Bengala no nordeste da Índia em menos de 24 horas, segundo o Departamento de Meteorologia da Índia.

As informações das autoridades são de que pelo menos 1 milhão de pessoas estão sendo evacuadas de Bengala Ocidental e outras 19 mil pessoas das áreas mais baixas de Odisha até amanhã. Estas áreas serão as mais impactadas nos próximos dois dias pelo ciclone tropical.

Segundo as projeções do Joint Typhoon Warning Center (JTWC), o ciclone ainda vai produzir ventos intensos equivalentes a um furacão categoria 1 na manhã da quarta-feira, dia 26, mas as rajadas devem diminuir na quinta-feira, dia 27, para perto de 65 km/h, quando Yaas já estará sobre o território indiano.

A Índia passa por uma segunda onda devastadora do coronavírus e vem enfrentando sérias dificuldades. Exatamente por essa preocupação, 6 mil centros de evacuação temporária foram criados em Odisha para respeitar o distanciamento entre as famílias abrigadas. Mais quatro mil abrigos foram montados em Bengala Ocidental.

São quase 100 equipes da Força Nacional de Resposta e Desastres (NDRF) preparadas para as ações de socorro após a chegada do ciclone tropical Yaas. Há alerta para chuvas fortes estimadas em até 250 milímetros, com inundações repentinas no nordeste da Índia. Até o leste de Bangladesh, na fronteira, poderá receber parte da chuva forte e os ventos do ciclone.

Projeções para o ciclone tropical Yaas nos próximos dias. Crédito: JTWC
Projeções para o ciclone tropical Yaas nos próximos dias. Crédito: JTWC

Superfície do mar quente
As águas quentes da região estão alimentando os ciclones. A temperatura na superfície do mar no norte de Bengala está estimada em 34°C. A mesma temperatura observada no mar da Arábia, no lado oeste da Índia.

Outro fator importante apontado pela meteorologia é o cisalhamento do vento mais fraco, que permite aos ciclones se fortalecerem na região. É o que vem acontecendo na última semana.

O ciclone tropical Tauktae provocou inúmeras ocorrência no mar da Arábia na semana passada. A mais grave foi um naufrágio próximo a Mumbai onde 70 pessoas morreram. Crédito: Divulgação Guarda Costeira Indiana.
O ciclone tropical Tauktae provocou inúmeras ocorrência no mar da Arábia na semana passada. A mais grave foi um naufrágio próximo a Mumbai onde 70 pessoas morreram. Crédito: Divulgação Guarda Costeira Indiana.

Bengala Ocidental e Bangladesh têm na memória o intenso ciclone Amphan que matou mais de 100 pessoas em maio do ano passado.



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021