Quarta-feira, 30 dez 2020 - 10h03
Por Maria Clara Machado

Cinco pessoas são vítimas de deslizamento em Embu das Artes após temporal

A chuva forte que desabou entre o final da tarde e noite da terça-feira e madrugada desta quarta-feira provocou a morte de pelo menos cinco pessoas, entre elas três crianças, em um soterramento na cidade de Embu das Artes, na Grande São Paulo. Os bombeiros continuam no local em busca de desaparecidos nesta manhã. Só na capital paulista foram registrados 27 pontos de alagamentos.

Estrada de Itapecerica a Embu das Artes na manhã desta quarta-feira, após temporal que atingiu a região. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @VMiracatiba
Estrada de Itapecerica a Embu das Artes na manhã desta quarta-feira, após temporal que atingiu a região. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @VMiracatiba

Segundo informações dos bombeiros, cerca de quarenta casas foram interditadas em Embu das Artes sob risco de novos deslizamentos e desabamentos. A chuva torrencial também fez uma vítima fatal arrastada pela correnteza.

Toda a região metropolitana entrou em estado de atenção para alagamentos e transbordamentos de rios e córregos no meio da tarde de ontem. O Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo (CGE) registrou no total 27 pontos de alagamentos na cidade.

A região do Morumbi, zona sul, foi uma das mais atingidas pelos alagamentos. A Avenida Giovanni Gronchi ficou tomada por água e lama e mais uma vez o prejuízo foi grande no São Paulo Futebol Clube. A cena do clube debaixo d’água vem se repetindo há alguns anos.

Imagem interna do São Paulo Futebol Clube que ficou tomado por água e lama após chuva torrencial da terça-feira, dia 30. Crédito: Imagem reproduzida no twitter.
Imagem interna do São Paulo Futebol Clube que ficou tomado por água e lama após chuva torrencial da terça-feira, dia 30. Crédito: Imagem reproduzida no twitter.

A força da água quebrou portões e danificou inúmeros móveis em casas na Vila Andrade e subiu quase dois metros de altura em diversas casas na Vila Ernesto, que vive um cenário desolador de muita destruição. Na Vila das Belezas, a situação também foi parecida, com muito lixo e lama espalhados pela rua no amanhecer de hoje.

Chuva torrencial superou os 100 mm
Em alguns locais da região metropolitana de São Paulo, a quantidade de chuva ultrapassou os 100 mm no período de seis horas. O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN) registrou como exemplo 121 mm de chuva na estação do Campo Limpo, 108 mm na Vila das Belezas, 98 mm em Cidade Ademar, 76 mm em Santo Amaro e 72 mm no Mboi Mirim.


Ouça o podcast Chuvas torrenciais em Santa Catarina



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021