Terça-feira, 20 out 2020 - 16h19
Por Maria Clara Machado

Depressão tropical Bárbara deixa Portugal em alerta vermelho

A depressão tropical Bárbara chegou a Portugal provocando alagamentos e queda de árvores desde segunda-feira. Pelo menos oito distritos, inclusive a capital Lisboa, ficaram em alerta vermelho. Autoridades divulgaram um balanço de cerca de 600 ocorrências relacionadas à passagem de Bárbara até agora.

Cidade de Lagos após a passagem da depressão tropical Bárbara. Muitas áreas estiveram nos avisos vermelho e laranja diante da chuva forte e ventos extremos. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @MilenaSantos
Cidade de Lagos após a passagem da depressão tropical Bárbara. Muitas áreas estiveram nos avisos vermelho e laranja diante da chuva forte e ventos extremos. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @MilenaSantos

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) mantém o aviso laranja para os distritos de Évora, Faro, Beja, Setúbal, Lisboa, Santarém, Castelo Branco e Portoalegre, cobrindo o centro-norte de Portugal na tarde desta terça-feira. Os alertas são para mais chuva, por vezes persistente e ventos fortes. Os avisos são preventivos e não houve relatos de vítimas ou feridos até esta tarde.

A Proteção Civil registrou a maior parte das ocorrências em Lisboa, com 171 no total, seguida por Setúbal, que passou de 100, além de Coimbra, Guarda, Leiria e Santarém com pouco mais de 30 registros cada distrito.

O arquipélago da Madeira também enfrenta condições extremas com agitação marítima intensa, ventos fortes e má visibilidade, informou o IPMA.

Os meteorologistas locais reforçam que essas condições do tempo são normais em Portugal no outono. Por onde Bárbara já passou a situação começa a melhorar e a depressão deve enfraquecer durante a noite e madrugada de hoje.

Ouça aqui Epsilon será o décimo furacão da temporada 2020



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021