Terça-feira, 21 set 2021 - 16h42
Por Maria Clara Machado

Divulgada imagem térmica dos fluxos de lava escorrendo do vulcão Cumbre Vieja

Técnicos do Instituto Vulcanológico das Canárias (INVOLCAN) conseguiram hoje uma impressionante imagem revelando o contraste térmico e as fontes de lava claramente visíveis saindo do vulcão Cumbre Vieja, na ilha de La Palma, nas Canárias. Os fluxos de lava ainda não atingiram o mar como o esperado e autoridades estão em alerta para os riscos envolvidos.

Imagem térmica revela os fluxos de lava saindo do vulcão Cumbre Viera nesta terça-feira, dia 21. Crédito: Divulgação INVOLCAN
Imagem térmica revela os fluxos de lava saindo do vulcão Cumbre Viera nesta terça-feira, dia 21. Crédito: Divulgação INVOLCAN

Os técnicos concluíram nesta terça-feira, a instalação de uma câmera estacionária para então adquirir as imagens térmicas regulares da erupção e assim obter mais dados precisos.

Os fluxos de lava que vêm escorrendo montanha abaixo desde domingo em direção ao mar estão levando tudo pela frente, destruindo a infra-estrutura da região, mais de 100 hectares de plantações e cerca quase 170 moradias até o momento, atualizaram as autoridades.

Técnicos do Instituto Vulcanológico das Canárias monitoram a atividade do vulcão Cumbre Vieja. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @involcan
Técnicos do Instituto Vulcanológico das Canárias monitoram a atividade do vulcão Cumbre Vieja. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @involcan

A estimativa inicial era de que a lava atingisse o mar na noite da segunda-feira, mas isso não aconteceu e os fluxos, que chegam a seis metros de altura, estão numa velocidade mais lenta não se sabendo ao certo quando vão atingir o oceano.

Existe a preocupação por parte das autoridades e dos especialistas que o choque da massa quente, que chega a 1000°C, com a água do mar venha produzir fortes explosões, ondas escaldantes e até nuvens tóxicas sobre La Palma.

A erupção do Cumbre Vieja, localizado ao noroeste da África, na tarde do dia 19, provocou a evacuação de pelo menos 5 mil residentes em torno da região e a situação ainda é tensa.

Vulcão continua em atividade
O INVOLCAN informou que o vulcão continua em atividade esta tarde e o enxame sísmico também prossegue. Desde 11 de setembro, a Rede Sísmica das Canárias, controlada pelo Instituto Vulcanológico, detectou mais de 26 mil sismos na ilha de La Palma, o mais forte com magnitude 4.2 justamente no dia 19 de setembro quando o Cumbre Vieja entrou em erupção.

Vulcão Cumbre Viera, em La Palma, continua apresentando sinais de atividade. Crédito: Divulgação INVOLCAN
Vulcão Cumbre Viera, em La Palma, continua apresentando sinais de atividade. Crédito: Divulgação INVOLCAN

As informações divulgadas pelo twitter oficial do Instituto Vulcanológico das Canárias são de um aumento na amplitude do tremor vulcânico nas últimas horas, o que é um indicador da intensidade da atividade atual do vulcão.

Acesse também:

Erupção do vulcão Cumbre Vieja obriga evacuação de milhares de pessoas

Podemos ter um tsunami no Brasil?



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021