Quarta-feira, 17 nov 2021 - 15h03
Por Maria Clara Machado

Erupção do Cumbre Vieja cria mais dois novos deltas no mar de La Palma

Novos fluxos de lava continuam avançando do vulcão Cumbre Vieja, em La Palma, no arquipélago das Canárias, em direção ao oceano Atlântico. Mais dois fluxos de lava se chocaram com a água do mar nos últimos dias, criando novos deltas na costa leste da ilha. Desde a primeira erupção, em 19 de setembro, três deltas já se formaram cobrindo uma área superior a 40 campos de futebol.

Fluxo de lava chegando à Playa Los Guirres no dia 10 de novembro. Crédito: Divulgação Mistério dos Transportes e Mobilidade da Espanha.
Fluxo de lava chegando à Playa Los Guirres no dia 10 de novembro. Crédito: Divulgação Mistério dos Transportes e Mobilidade da Espanha.

Os novos fluxos são recentes e se formaram primeiramente na praia Los Guirres em 10 de novembro e na sequência na praia El Charcón em 15 de novembro. Parte da paisagem litorânea nativa está sendo coberta por rochas sólidas à medida que a lava derretida avança sobre o mar.

O Salvamento Marítimo espanhol monitora a região e mantém uma zona de exclusão marítima em torno dos novos deltas alertando sobre as condições perigosas de aproximação.

O choque térmico entre a lava escaldante com 800°C e a água do mar cria explosões e colunas de vapor e gases tóxicos, que podem ser perigosos à saúde humana nas áreas próximas.

O choque entre a lava e a água do mar produziu colunas de fumaça e vapor de gases tóxicos em El Charcón no dia 15 de novembro. Crédito: Divulgação INVOLCAN
O choque entre a lava e a água do mar produziu colunas de fumaça e vapor de gases tóxicos em El Charcón no dia 15 de novembro. Crédito: Divulgação INVOLCAN

A evacuação nos bairros e moradias ao redor da praia de Los Guirres havia começado há algumas semanas, pois já se observava o trajeto lento que a lava percorria seguindo em direção ao mar.

Depois de quase dois meses de atividade vulcânica, o Cumbre Vieja fez a primeira vítima fatal. Um idoso de 70 anos morreu no momento em que realizada uma limpeza em sua casa e o telhado desabou por conta do excesso de peso causado pela queda de cinzas.

Entardecer em Tazacorte na terça-feira, dia 16, onde é possível observar as nuvens de vapor e gases refletindo o brilho da lava. Crédito: Divulgação
Entardecer em Tazacorte na terça-feira, dia 16, onde é possível observar as nuvens de vapor e gases refletindo o brilho da lava. Crédito: Divulgação

Como está a atividade do Cumbre Vieja
Ao mesmo tempo em que os novos deltas se formaram, as autoridades informaram que houve uma pequena melhora na qualidade do ar de municípios atingidos pela fumaça e cinzas vulcânicas nos últimos dias.

A condição passou de extremamente desfavorável para desfavorável nos municípios de Los Llanos de Aridane, El Paso, Tazacorte, Puntagorda e Tijarafe.

A emissão de dióxido de enxofre (S02) na atmosfera, resultado das erupções constantes do vulcão, está entre 9 mil e 13 mil toneladas por dia, indicando uma possível diminuição da atividade. A quantidade já chegou anteriormente ao nível surpreendente de 50 mil toneladas por dia.

Entretanto, a atividade sísmica do vulcão continua. Segundo o Instituto Nacional Geográfico Espanhol (ING), foi detectado um sismo de 5 magnitudes entre outras dezenas de abalos no fim de semana.

Desde o último relatório do ING, 210 terremotos foram detectados na área afetada pela atividade do Cumbre Vieja em La Palma, um aumento considerável, porém menor na comparação com as primeiras semanas de erupção, de acordo com os técnicos. Dez destes tremores foram sentidos pela população.

Todos os sismos estão localizados sob a área central do vulcão, uma parte sendo detectada a uma profundidade entre 10 e 15 quilômetros e outra parte à profundidades superiores a 30 quilômetros.

Acompanhe aqui boletins de atividades vulcânicas ao redor do globo!



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2022