Quarta-feira, 21 jul 2021 - 10h29
Por Maria Clara Machado

Excepcionais e raras inundações atingem a província central de Henan, na China

Um evento de chuva extrema atingiu a cidade Zhengzhou e outras nove, na populosa província de Henan, parte centro-leste da China, provocando severas inundações e dezenas de vítimas fatais. A meteorologia local declarou como sendo as tempestades mais fortes e uma situação extraordinária a assolar a região em mais de uma centena anos.

A província de Henan, no centro-leste da China, recebeu valores extraordinários de chuva em poucos dias, que assolaram a região. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @UNFCCC
A província de Henan, no centro-leste da China, recebeu valores extraordinários de chuva em poucos dias, que assolaram a região. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @UNFCCC

Zhengzhou é a capital de Henan com 12 milhões de habitantes e fica às margens do rio Amarelo. Cerca de duzentas mil precisaram ser evacuadas por causa das enchentes que atingiu fortemente o transporte ferroviário e rodoviário.

A situação foi dramática em uma linha de metrô, onde passageiros ficaram presos com a subida das águas e doze pessoas morreram. As autoridades conseguiram resgatar mais de 500 pessoas quando água começou a invadir os túneis de ferrovias subterrâneas.

Nas ruas, os carros e destroços foram arrastados pela correnteza e as estradas viraram rios em diversas cidades. A bacia do rio Amarelo possui vários sistemas fluviais que atravessam a província e são sujeitos às inundações. De forma generalizada, as barragens e os reservatórios atingiram os níveis de alerta.

Um problema apontado por especialistas é que as ligações entre rios e lagos foram cortadas, sendo que originalmente eram planícies que absorviam grande parte das chuvas de verão da região.

As informações divulgadas pela agência de notícia oficial Xinhua, são de 25 vítimas fatais até o momento em toda a província de Henan por causa das chuvas torrenciais em especial desta terça-feira.

Evento extremo
O volume de chuva em Zhengzhou já atingiu 617 milímetros desde sábado, quase a média anual de 640 milímetros. Também foi a maior precipitação nesta terça-feira desde o início dos registros meteorológicos, algo excepcional, de acordo com os meteorologistas da região. A chuva forte só deve parar na quinta-feira.

Cientistas relacionam mais este evento extremo com as mudanças climáticas e reforçam que situações assim serão mais frequentes daqui para frente.

Tufão Cempaka chega ao sul da China
O sul da China foi impactado pelo tufão Cempaka na noite de ontem. A tormenta tocou o solo pela província de Guangdong com ventos equivalente a um furacão categoria 1, na escala de ventos Saffir-Simpson, como estava sendo previsto.

Além dos ventos intensos, a região também é atingida por chuvas fortes. Províncias do sul e sudeste seguem em atenção.

Saiba mais detalhes no podcast 2 tufões ativos no Pacífico asiático



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021