Quinta-feira, 4 mar 2021 - 09h40
Por Maria Clara Machado

Forte terremoto de magnitude 6.3 na Grécia gera pelo menos dez réplicas

O intenso tremor de terra de magnitude 6.3 que sacudiu o centro da Grécia ontem, dia 3, gerou pelo menos dez réplicas até o momento, segundo dados do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). Os danos foram severos em algumas áreas e três países vizinhos sentiram o forte o tremor.

Escola severamente danifica na vila Damasi, em Tyrnavos, na Grécia, ontem após o forte tremor de 6.3 magnitudes atingir a região. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @asextos
Escola severamente danifica na vila Damasi, em Tyrnavos, na Grécia, ontem após o forte tremor de 6.3 magnitudes atingir a região. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @asextos

O terremoto ocorreu às 10:16 UTC com o epicentro localizado a 10 quilômetros a oeste-noroeste de Tyrnavos, região de Larissa e a 10 quilômetros de profundidade. O Centro Sismológico Euro-Mediterrâneo estimou o evento ainda mais raso a 8 quilômetros de profundidade.

Por conta da baixa profundidade, alta magnitude e do local onde ocorreu, era esperado que o evento sísmico provocasse danos e vítimas.

A região de Larissa sofreu danos pesados e desmoronamentos com informações de três feridos e nenhuma vítima fatal, divulgadas pela imprensa internacional.

O terremoto foi sentido em Atenas, que fica a quase 400 quilômetros de Tyrnavos, mas não houve registro de estragos. Houve relatos que os países vizinhos Macedônia do Norte, Kosovo e Montenegro também sentiram o forte tremor.

Réplicas:
O USGS já detectou dez réplicas entre leves e moderadas até a manhã desta quinta-feira, dia 4, desde o tremor principal. Os abalos atingiram magnitude entre 4.3 e 5.1, sendo quatro deles igual ou superior a 5.0.

É possível que mais réplicas ainda sejam detectadas na região por mais alguns dias.

Histórico do local:
O tremor de terra de 6.3 magnitudes que atingiu o centro da Grécia foi o evento mais forte registrado no globo terrestre nas últimas 24 horas de acordo com o USGS.

Destruição em Tyrnavos, na parte central da Grécia após forte tremor de 6.3 magnitudes no dia 3 de março. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @Tpeecuador
Destruição em Tyrnavos, na parte central da Grécia após forte tremor de 6.3 magnitudes no dia 3 de março. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @Tpeecuador

A região tem histórico de milhares de abalos. Desde 1979, mais de 8600 tremores foram registrados num raio de 700 quilômetros do epicentro próximo a Tyrnavos, e cerca de 300 sismos num raio de 100 quilômetros.

O USGS relata que tremor mais perto do epicentro, registrado a 9 quilômetros alcançou 4.2 magnitudes em maio de 1995.

Saiba mais:

Monitore em tempo real as réplicas na parte central da Grécia no Boletim Sísmico do Painel Global



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021