Sexta-feira, 20 ago 2021 - 11h03
Por Maria Clara Machado

Furacão Grace espalha danos na Península de Yucatán e vai tocar o solo pela segunda vez

O furacão Grace tocou o solo da costa mexicana pelas áreas turísticas e de templos maias da Península de Yucatán provocando danos entre queda de árvores, placas e interrupção de energia elétrica generalizada em Quintana Roo durante a quinta-feira. O furacão mantém sua força e deve tocar o solo do México de novo no fim de semana.

Cancún antes do furacão Grace chegar. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @twagalm
Cancún antes do furacão Grace chegar. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @twagalm

Ouça o podcast Linda, Grace, Fred, Henri movimentam temporada de Furacões

Os ventos intensos e a chuva torrencial do furacão de categoria 1 na escala de ventos Saffir-Simpson deixaram um rastro de danos. As autoridades relataram que cerca de 84 mil clientes em Cancún ficaram sem energia elérica e mais 65 mil pessoas também tiveram os serviços interrompidos em Playa del Carmen, Cozumel, Puerto Aventura e Tulum.

As filas só aumentaram nos supermercados um dia antes da passagem de Grace com os moradores estocando o essencial. Centenas de turistas precisaram evacuar os hotéis de Tulum e região indo para abrigos.

Chuva torrencial atinge a Ilhas das Mulheres na quinta-feira com a passagem de Grace. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @ Imcarrr
Chuva torrencial atinge a Ilhas das Mulheres na quinta-feira com a passagem de Grace. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @_Imcarrr

Danos provocados pela passagem do furacão Grace. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @avataram
Danos provocados pela passagem do furacão Grace. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @avataram

Grace vai tocar o solo de novo
Grace atravessou o norte da Península de Yucatán e se move sobre o sudoeste do Golfo do México rumo à parte leste continental mexicana, onde deve tocar o solo novamente nesta noite ou na madrugada do sábado.

A tormenta perdeu um pouco de força ao avançar por áreas territoriais de Yucatán, mas já voltou a recuperar o status de furacão produzindo ventos máximos sustentados de 140 km/h nesta sexta-feira, dia 20.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) alerta para a costa leste mexicana apressar os preparativos para a chegada de Grace. As informações do NHC são de que o centro de furacão está a aproximadamente 300 quilômetros ao leste-nordeste de Veracruz se movendo numa velocidade de 24 km/h em direção a costa do México. O aviso de furacão continua em vigor desde o Porto de Veracruz até Cabo Rojo.

As estimativas são de chuvas torrenciais, que possivelmente resultarão em inundações em áreas urbanas e até deslizamentos de terra. Pode chover entre 150 milímetros a 300 milímetros, chegando a 450 milímetros em áreas isoladas, entre hoje e o domingo, alerta o NHC.

Além disso, as áreas costeiras por onde o furacão entrar terão aumento da maré com ondas grandes e destrutivas, diz o aviso da meteorologia. Os swells gerados por Grace vão afetar o litoral sul do Golfo do México durante todo o fim de semana.

Mapa indica as áreas que serão impcatadas pelos ventos do furacão Grace, assim como a intensidade das rajadas de vento. Crédito: NHC
Mapa indica as áreas que serão impcatadas pelos ventos do furacão Grace, assim como a intensidade das rajadas de vento. Crédito: NHC

Antes de chegar à Península de Yucatán, a tormenta havia passado como depressão e tempestade tropical pela costa do Haiti, a Jamaica e as Ilhas Cayman esta semana.

Grace é o segundo furacão a se formar na temporada do Atlântico de 2021. O primeiro foi o furacão Elsa, que se formou no início do mês de julho também sobre as águas do Caribe.

Acesse também:

Furacão Grace atinge Península de Yucatán e deixa cidades mexicanas em alerta vermelho



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021