Quinta-feira, 27 ago 2020 - 15h29
Por Maria Clara Machado

Furacão Laura é rebaixado, mas sul dos EUA continua em alerta

O perigoso furacão Laura tocou o solo norte-americano na madrugada, com categoria 4, na escala Saffir-Simspon e ventos que chegaram a 240 km/h. O furacão entrou no continente na região de Cameron, próximo a Lake Charles, no oeste da Louisiana, provocando além de ventos extremos, tempestades e inundações.

Destruição em Lake Charles, na Louisiana, durante a passagem do furacão Laura na madrugada desta quinta-feira. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter pela Cruz Vermelha dos EUA @RedCross
Destruição em Lake Charles, na Louisiana, durante a passagem do furacão Laura na madrugada desta quinta-feira. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter pela Cruz Vermelha dos EUA @RedCross

Uma menina de 14 anos morreu quando uma árvore atingiu sua casa na cidade de Leesville.

Laura avançou sobre o oeste da Louisiana e a divisa com Texas durante a madrugada e início da manhã desta quinta-feira, quando foi enfraquecendo. Os ventos ainda foram intensos e destruidores por muitas horas na madrugada.

Laura é rebaixado para tempestade tropical e avisos permanecem ativos
O furacão Laura foi rebaixado para tempestade tropical nesta tarde, segundo as últimas informações divulgadas pelo Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC). Os ventos máximos sustentados estão em 100 km/h com tendência de enfraquecimento durante a noite. O centro de Laura continua se movendo rapidamente e está a 100 quilômetros ao leste-nordeste de Shreveport, na Louisiana.

Imagem de satélite do dia 27 de agosto mostra Laura sobre o continente, no estado da Louisiana. Sua área de abrangência é grande e ainda pode provocar ventos fortes, inundações repentinas e tornados. Crédito: NOAA.
Imagem de satélite do dia 27 de agosto mostra Laura sobre o continente, no estado da Louisiana. Sua área de abrangência é grande e ainda pode provocar ventos fortes, inundações repentinas e tornados. Crédito: NOAA.

Apesar de Laura ter perdido força, o NHC mantém os alertas para ventos intensos, chuva forte e inundações, que ainda podem se propagar sobre o centro e o norte da Louisiana.

Os níveis de água permanecem elevados ao longo da costa do Golfo dos Estados Unidos e os swells continuam afetando toda área entre o oeste da Flórida e o Texas e o nordeste do México. Ainda há avisos ativos para tempestades do leste do Texas à Foz do Rio Mississipi, com risco inundações repentinas.

Os ventos ainda serão prejudiciais e há condições de mais tempestades em partes do norte da Louisiana e o Arkansas durante a noite, com estimativa de chuva entre 100 a 200 milímetros, podendo somar 450 milímetros em áreas isoladas sobre o estado da Louisiana.

Os tornados são possíveis em locais da Louisiana, do Arkansas e oeste do Mississipi nesta noite de quinta-feira.

Laura ainda vai sobreviver como depressão tropical
Ainda que enfraquecida, Laura deve seguir como depressão tropical por mais alguns dias pelo interior dos Estados Unidos. A chuva pode atingir o Vale do Mississipi, os Vales do Tennesse e Lower Ohio, os Apalaches centrais e estados do Meio-Atlântico (Pensilvânia, Nova Iorque, Nova Jersey, Maryland e Delaware).

O NHC estima até 120 milímetros de chuva, que poderão ocasionar inundações urbanas e o transbordamento de riachos.

Trajeto de Laura estimado para os próximos dias. Crédito: NHC.
Trajeto de Laura estimado para os próximos dias. Crédito: NHC.

Depois de 15 anos do Katrina
O furacão Laura foi considerado extremamente perigoso pelo Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) quando ganhava força sobre o Golfo do México há dois dias. A Louisiana tem na memória o devastador furacão Katrina, que arrasou Nova Orleans em 2005. Desta vez, o olho do furacão Laura tocou o solo pelo oeste da Louisiana, um pouco afastado de Nova Orleans.

Laura, como tempestade tropical, antes de se transformar em furacão, atravessou o Caribe na semana passada, passando sobre as Ilhas Leeward, Porto Rico, a República Dominicana, o Haiti e Cuba, deixando um saldo de 25 mortos.



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021