Quarta-feira, 12 mai 2021 - 10h57
Por Maria Clara Machado

Grande ciclone extratropical faz Marinha do Brasil emitir avisos de mau tempo

Um grande ciclone extratropical é visível ao largo do Sul do Brasil, do Uruguai e da Argentina, sobre o oceano Atlântico e vem atuando desde o começo da semana. O fenômeno está bem formado e aparece afastado da costa em imagens de satélite. A Marinha do Brasil está com avisos de mau tempo em vigor.

Imagem de satélite destaca o grande ciclone extratropical formado sobre o Atlântico, ao largo do Sul do Brasil e da Argentina, no dia 12 de maio. Crédito: GOES-EAST/NOAA/Apolo11.com
Imagem de satélite destaca o grande ciclone extratropical formado sobre o Atlântico, ao largo do Sul do Brasil e da Argentina, no dia 12 de maio. Crédito: GOES-EAST/NOAA/Apolo11.com

Avisos em vigor
O Sul do Brasil, entre o Arroio Chuí (RS) e o Cabo de Santa Marta (SC), sente os ventos fortes e muito fortes, a cerca de 70 quilômetros da costa, em alto mar, entre a quarta-feira e a quinta-feira, de acordo com o aviso emitido pela Marinha do Brasil. Poderão ser observadas ondas altas entre 3 a 4 metros de altura.

O aviso da Marinha também é para ressaca no litoral do Chuí (RS) até Laguna (SC) entre a quarta-feira e a sexta-feira, com ondas que poderão chegar a 2,5 metros.

Está em vigor o aviso de ventos fortes para trechos litorâneos entre o Cabo de Santa Marta (SC) e Cabo Frio (RJ) até a quinta-feira, dia 13. Na mesma área sobre o oceano, o mar começa a ficar grosso hoje e deve permanecer agitado até a sexta-feira, dia 14, com ondas de 3 a 3,5 metros.

Chance de alagamentos em SC
O EPAGRI/CIRAM, ligado ao Governo de Santa Catarina, também está com avisos de maré alta e alagamentos em Santa Catarina, especialmente em áreas mais baixas, até a quinta-feira. Os ventos de sul persistentes influenciados pelo ciclone extratropical no oceano e a maré de sizígia, com picos de maré alta, poderão resultar em ocorrências.

O novo ciclone extratropical atua no oceano provocando ventos fortes e deixando o mar agitado. Trechos litorâneos do Sul do Brasil poderão ter ressaca e alagamentos. Crédito: Imagem de satélite divulgada por Worldview/NASA.
O novo ciclone extratropical atua no oceano provocando ventos fortes e deixando o mar agitado. Trechos litorâneos do Sul do Brasil poderão ter ressaca e alagamentos. Crédito: Imagem de satélite divulgada por Worldview/NASA.

A meteorologia também prevê chuva mais considerável, podendo ser forte, para áreas de Santa Catarina e do Paraná nesta quarta-feira, dia 12.

Ouça o podcast Tempestade Andres abre temporada de furacões 22 dias antes do normal



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021