Segunda-feira, 9 ago 2021 - 10h42
Por Maria Clara Machado

Incêndio Dixie no norte da Califórnia supera o Bootleg e é o maior deste ano nos EUA

O incêndio Dixie no norte da Califórnia continua crescendo e já alcança dois recordes lamentáveis. Dixie é o maior incêndio florestal até agora da temporada de 2021 dos Estados Unidos, superando o Bootleg, no Oregon e o segundo maior incêndio da história da Califórnia. As chamas já consumiram quase 202 mil hectares, ou aproximadamente 202 mil campos de futebol, segundo o CalFire.

Foto tirada por astronauta da Estação Espacial Internacional em 4 de agosto mostra grande furmaça do incêndio Dixie no norte da Califórnia. Crédito: NASA
Foto tirada por astronauta da Estação Espacial Internacional em 4 de agosto mostra grande furmaça do incêndio Dixie no norte da Califórnia. Crédito: NASA

Satélites revelam a extensão do incêndio Dixie
Fotos espaciais e de satélite revelam a extensão no incêndio no estado norte-americano.

Uma foto tirada por astronauta da Estação Espacial Internacional (ISS) no dia 4 de agosto mostra a densa coluna de fumaça cobrindo parte do norte da Califórnia.

Outra imagem adquirida pelo Landsat 7, da NASA, no mesmo dia, combina a cor natural com a luz infravermelha e consegue destacar os pontos de fogo ativo em várias partes da região.

Imagem de satélite mostra vários pontos de fogo ativos no norte da Califórnia no dia 4 de agosto. Crédito: NASA
Imagem de satélite mostra vários pontos de fogo ativos no norte da Califórnia no dia 4 de agosto. Crédito: NASA

A histórica cidade de Greenville, da famosa época da corrida do ouro, não poupada pelas chamas, que avançaram rapidamente impulsionadas por ventos de 65 km/h sobre as montanhas de Sierra Nevada neste dia. A região fica a pouco mais de 250 quilômetros ao norte de Sacramento e boa parte ficou em ruínas, disseram as autoridades.

Dois dias depois, uma imagem de satélite mostra a extensa cobertura de fumaça do incêndio Dixie sobre o oeste dos Estados Unidos. O satélite ambiental GOES-17, operado pela NOAA, capturou a imagem reveladora no dia 6 de agosto, na última sexta-feira.

Imagem de satélite mostra grande área de densa fumaça do se espalhando pelo norte da Califórnia. Crédito: NOAA
Imagem de satélite mostra grande área de densa fumaça do se espalhando pelo norte da Califórnia. Crédito: NOAA

25 dias de combate às chamas no calor desafiador
O Dixie se espalhou mais no fim de semana para se tornar no momento o maior incêndio a ser combatido da temporada de 2021. Já são 25 dias de intensos esforços dos serviços de bombeiros para tentar controlar o fogo em meio às condições bastante desfavoráveis por conta dos ventos fortes, da vegetação seca e do calor excessivo. São 8500 homens em várias frentes de trabalho.

No dia 6 de agosto eram 280 quilômetros quadrados queimados e agora já são cerca de 1800 quilômetros de vegetação devastada. Doze incêndios florestais estão sendo combatidos apenas no estado da Califórnia de um total de 107 grandes focos em 15 estados norte-americanos, de acordo com o National Interagency Fire Center.

Ontem, autoridades do condado de Plumas informaram que quase 40% dos residentes receberam ordem de evacuação. Ao lado de Plumas, outros três condados, Butte, Lassen e Tehama, são atingidos pelo incêndio Dixie.

Grande parte do noroeste dos Estados Unidos e do norte da Califórnia permanecem sob alerta de calor excessivo, embora nem todos os incêndios ocorram sobre essas áreas.

Uma preocupação são as descargas elétricas que podem ocorrer com a entrada de um pouco de umidade sobre a Sierra e gerar algumas tempestades. Os raios podem, neste caso, ser um agravante, pois caindo sobre a mata seca podem gerar novos incêndios, explicam os meteorologistas americanos.

De acordo com o CalFire, 21% do incêndio Dixie está contido e sua causa segue sob investigação. O Dixie já superou o grande incêndio Complexo Mendocino no norte da Califórnia de 2018 no qual queimou 450 mil acres (ou perto de 182 mil hectares). Esta atrás somente do grande evento Complexo de Agosto de 2020, onde mais de 1 milhão de acres foram arrasados.

O incêndio florestal Bootleg no sul do Oregon, que chegou a ser o maior desta temporada, estava 96% contido no fim de semana. O evento destruiu aproximadamente 167 mil hectares de mata.

Acesse também:

Incêndios florestais se tornam extremamente críticos e se alastram pela Grécia



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021