Domingo, 29 ago 2021 - 21h43
Por Maria Clara Machado

Louisiana declara grande desastre com o impacto severo do furacão Ida

O governo do estado da Louisiana, no sul dos Estados Unidos, solicitou neste domingo, uma Declaração Presidencial de Desastre Maior diante do severo impacto causado pelo furacão Ida. A tormenta atingiu a costa por Port Fourchon, a apenas 158 quilômetros ao sul de Nova Orleans, como um furacão categoria 4, na escala de ventos Saffir-Simpson.

O furacão Ida tocou o solo da Louisiana ao meio-dia deste domingo com ventos catastróficos de 249 km/h. Crédito: Imagem divulgda pelo twitter @PaigeGauge/Victoria Gallo
O furacão Ida tocou o solo da Louisiana ao meio-dia deste domingo com ventos catastróficos de 249 km/h. Crédito: Imagem divulgda pelo twitter @PaigeGauge/Victoria Gallo

O poderoso furacão Ida atingiu a costa da Louisiana com ventos de 249 km/h no limite na categoria 5, a mais alta na escala de ventos Saffir-Simpson, por volta do meio-dia local.

Amplas áreas ao longo da costa sentiram a força da chuva torrencial e dos ventos destruidores no decorrer deste domingo e cerca de 400 mil pessoas tiveram corte de energia elétrica. A força de Ida foi tanta que chegou a inverter o fluxo do rio Mississipi durante quatro horas, de acordo com informações divulgadas pela imprensa local.

Graves inundações acontecem na Louisiana com o avanço do poderoso furacão Ida neste domingo. Crédito: Imagem de cortesia St. Bernard Parish Government/twitter @DrDennaGrayson
Graves inundações acontecem na Louisiana com o avanço do poderoso furacão Ida neste domingo. Crédito: Imagem de cortesia St. Bernard Parish Government/twitter @DrDennaGrayson

Todos os alertas foram emitidos antecipadamente pelo Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) que previa o intenso fortalecimento de Ida sobre as águas do Golfo do México no fim de semana. O furacão Ida chegou a atingir Cuba com categoria 1, na última sexta-feira, antes de avançar para o Golfo do México rumo aos Estados Unidos.

Autoridades da Louisiana afirmaram que o furacão Ida é considerado uma das tempestades mais fortes a atingir o estado e a declaração de grave desastre solicitada pelo governador John Bel Edwards pretende acelerar a assistência adicional vinda da Casa Branca.

São mais de dois mil homens no serviço de emergência para resgates e abastecimento de comida. As ações envolvem, por exemplo, proteção às milhares de famílias atingidas pela tormenta como disponibilidade de abrigos e apoio nos custos de habitação temporária, assim como ajuda para remoção dos entulhos e danos gerados.

Já na sexta-feira, a Louisiana havia feito um pedido de declaração federal de emergência antes mesmo da chegada de Ida.

Louisiana e Mississipi em perigo
Avisos de furacão e surto de tempestades continuam em vigor da Louisiana até a fronteira com o Alabama.

De acordo com o NHC, o furacão Ida se move para o interior do continente e sustenta ventos catastróficos de 215 km/h na noite deste domingo. Ida está sobre a Louisiana a 75 quilômetros ao sudoeste de Nova Orleans e a 115 quilômetros ao sul-sudeste de Baton Rouge.

O furacão vai continuar seu trajeto rumo ao interior em direção ao sudeste da Louisiana esta noite, seguindo para o oeste do Mississipi durante a segunda-feira e depois para o Vale do Tennesse na terça-feira.

O aumento das águas a partir da costa ainda é perigoso podendo atingir 4,8 metros de Port Fourchon até a foz do rio Mississipi, avisa o NHC. São diversas áreas em alerta para grandes inundações.

Volumes excepcionais de chuva de 250 milímetros a 450 milímetros poderão ocorrer em todo o sudeste da Louisiana até o extremo sul do Mississipi até a noite da segunda-feira. Áreas isoladas poderão acumular quantidades máximas de 600 mm.

Potencial de inundações provocadas pelo deslocamento de Ida nos próximos três dias. Crédito: NHC
Potencial de inundações provocadas pelo deslocamento de Ida nos próximos três dias. Crédito: NHC

O deslocamento de Ida também aumenta a possibilidade da ocorrência de tornados mais prováveis sobre o sudeste da Louisiana, sul do Mississipi, sudoeste do Alabama e no oeste da Flórida Panhandle até esta segunda-feira.

O estado da Louisiana ainda se recupera dos últimos furacões, Laura e Delta, da temporada do Atlântico de 2020. Há 16 anos, o inesquecível furacão Katrina devastava Nova Orleans e muitas áreas da Louisiana, deixando um saldo de 1800 mortos e bilhões de dólares em danos materiais.



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021