Sexta-feira, 9 out 2020 - 16h21
Por Maria Clara Machado

Louisiana está em alerta total com a chegada do grande furacão Delta

Áreas costeiras do Texas e da Louisiana já sentiam a força das tempestades e dos ventos fortes do furacão Delta na manhã desta sexta-feira. Delta continua sendo um grande furacão de categoria 3, na escala de ventos Saffir-Simpson e está muito perto da costa da Louisiana, no centro do Golfo.

Imagem de satélite mostra o centro do grande furacão Delta muito próximo da costa da Louisiana em 9 de outubro. O furacão irá tocar o solo nas próximas horas desta sexta-feira. Crédito: NOAA/GOES-East.
Imagem de satélite mostra o centro do grande furacão Delta muito próximo da costa da Louisiana em 9 de outubro. O furacão irá tocar o solo nas próximas horas desta sexta-feira. Crédito: NOAA/GOES-East.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) informa que o centro de Delta encontra-se apenas a 130 quilômetros ao sul-sudoeste de Cameron, movendo-se em direção à costa da Louisiana, onde deve tocar o solo nas próximas horas. Os ventos máximos sustentados estão em 175 km/h.

Aviso de furacão em vigor e risco de vida
Um aviso de furacão está em vigor desde High Island, no leste do Texas, até Morgan City, na Louisiana. O NHC reforça o alerta para um surto de tempestades perigosas, grandes ondas, inundações severas e risco de vida. Com o aumento da maré, a água poderá avançar da costa para o interior por um período de até 36 horas, afirma o boletim do NHC.

Mais de 5 milhões de residentes de Louisiana, Texas, Arkansas, Mississippi e Tennessee estão sob vigilância de inundações com intensidades diferentes.

Risco de inundações durante a passagem do furacão Delta. Crédito: NHC.
Risco de inundações durante a passagem do furacão Delta. Crédito: NHC.

De acordo com a previsão, o centro de Delta deve tocar o solo norte-americano pelo sudoeste da Louisiana ainda hoje e em seguida atravessar o centro e o nordeste do estado durante a madrugada e manhã do sábado. Após tocar o continente, é esperado um enfraquecimento lento de Delta.

O furacão Delta poderá produzir volumes de chuva de até 250 milímetros, podendo chegar ao total de 380 milímetros em áreas isoladas, entre o sudoeste e o centro da Louisiana nesta sexta-feira e no sábado, ou seja, somente num curto período de tempo. O transbordamento dos rios e as inundações são iminentes.

Para o leste do Texas, o norte da Louisiana, o sul do Arkansas e oeste do Mississipi, Delta deve provocar chuva de 70 a 150 milímetros, podendo alcançar 250 milímetros também em áreas isoladas.

Além da parte do norte do Golfo que está sendo afetado por swells, há chance de tornados em partes do sul da Louisiana e do Mississipi.

Ventos fortes derrubaram árvores em Lake Charles durante a manhã desta sexta-feira. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @Kailanikm
Ventos fortes derrubaram árvores em Lake Charles durante a manhã desta sexta-feira. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @Kailanikm

A força do furacão Delta está atingindo a mesma área que há seis semanas foi devastada pelo furacão Laura, como Lake Charles. O vento já começou a provocar destruições que são reportadas por moradores pelas redes sociais.

Imagem aérea de Lake Charles mostra inúmeras casas que continuam com lonas azuis, após terem os telhados destruídos durante a passagem do furacão Laura há seis semanas. Crédito: Imagem divulgada em redes sociais. Foto: Erik Russell
Imagem aérea de Lake Charles mostra inúmeras casas que continuam com lonas azuis, após terem os telhados destruídos durante a passagem do furacão Laura há seis semanas. Crédito: Imagem divulgada em redes sociais. Foto: Erik Russell

Acesse também:

Furacão Delta atravessou a Península de Yucatán na quarta-feira



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021