Terça-feira, 1 set 2020 - 15h27
Por Maria Clara Machado

Maysak é mais um super tufão em menos de uma semana

O super tufão Maysak é o segundo a ameaçar a Península da Coreia no intervalo de menos de uma semana. Maysak é um poderoso fenômeno na categoria 4 e produz ventos de 225 km/h neste primeiro de setembro. O anterior, o grande tufão Bavi, provocou inundações e estragos ao passar pela região na última quinta-feira, dia 27.

Imagem de satélite mostra a posição do super tufão Maysak, que chegou a categoria 4 nesta terça-feira. Maysak passou por Okinawa, ao sul do Japão e segue para a Coreia do Sul. Crédito: Worldview/NASA
Imagem de satélite mostra a posição do super tufão Maysak, que chegou a categoria 4 nesta terça-feira. Maysak passou por Okinawa, ao sul do Japão e segue para a Coreia do Sul. Crédito: Worldview/NASA

O super tufão já passou sobre a região de Okinawa, ao sul do Japão, que recebeu ventos perigosos, muita chuva e ondas altas. A imprensa internacional relatou que os ventos eram próximos a 200 km/h sobre a Ilha de Kume, nesta segunda-feira. Mais de 33 mil residências ficaram sem energia elétrica em Kume e Okinawa e quatro pessoas ficaram feridas.

Maysak segue rumo ao norte, sobre o mar da China Oriental, e deve atingir áreas do sul do Japão continental e da Coreia do Sul já durante à tarde desta quarta-feira.

Trajeto previsto para o tufão Maysak. Crédito: JMA
Trajeto previsto para o tufão Maysak. Crédito: JMA

O histórico meteorológico mostra que somente cinco tufões na categoria 2 chegaram à terra firme na Coreia do Sul desde 1959, assim sendo, Maysak promete entrar para a história, já que pode atingir a região ainda muito forte com intensidade dos ventos pelo menos na categoria 2, na escala Saffir-Simpson. A Agência Meteorológica do Japão (JMA) estima ventos de 160 km/h com rajadas mais altas.

Há alertas e avisos para chuvas torrenciais e ventos fortes ainda no arquipélago de Okinawa, no sul do Japão, na Península da Coreia e no nordeste da China, regiões que já foram impactadas há poucos dias pelo poderoso tufão Bavi.

Imagem de satélite mostra simultaneamente o super tufão Maysak e a tempestade tropical Haishen atuando sobre as águas quentes do Pacífico Asiático. Crédito: Windy.
Imagem de satélite mostra simultaneamente o super tufão Maysak e a tempestade tropical Haishen atuando sobre as águas quentes do Pacífico Asiático. Crédito: Windy.

Outra tormenta, uma nova tempestade tropical batizada de Haishen, está se desenvolvendo sobre o mar das Filipinas e também poderá evoluir em breve para um tufão.



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021