Sexta-feira, 18 mar 2022 - 10h06
Por Maria Clara Machado

Nuvem de poeira do Saara alcança os Pirineus franceses e os Alpes suíços pintando a neve

A grande nuvem de poeira do Saara avançou mais sobre a Europa e alcançou a Serra da Estrela, em Portugal, os Pireneus franceses e até os Alpes suíços e austríacos pintando a neve de marrom. As imagens do fenômeno foram espetaculares e amplamente compartilhadas nas redes sociais. A tempestade Celia foi quem impulsionou a nuvem de poeira.

Imagem aérea dos Pirineus franceses pintados de marrom pela poeira do Saara esta semana. Fenômeno foi considerado excepcional por sua extensão e duração. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @meteoestrela
Imagem aérea dos Pirineus franceses pintados de marrom pela poeira do Saara esta semana. Fenômeno foi considerado excepcional por sua extensão e duração. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @meteoestrela

Você também pode acessar nossos podcasts aqui!

Explicando a grande nuvem de poeira
Em 15 de março a extensa nuvem de poeira foi levada do Deserto, no norte da África, para o sul da Espanha impulsionada por um rio atmosférico da tempestade Celia, que provocou ventos fortes, chuva e até neve nas Ilhas Canárias.

Os rios atmosféricos, ou rios voadores, concentram grande fluxo de umidade em médios e altos níveis da atmosfera e também são capazes de carregar junto a poeira suspensa no ar à medida que uma tempestade se move sobre áreas desérticas.

O transporte da nuvem de poeira do Saara acontece naturalmente todos os anos. A maioria dos rios atmosféricos que se forma sobre o noroeste da África leva poeira para o continente europeu, entretanto, a nuvem que cobriu parte da Europa ocidental esta semana foi considerada extraordinária por sua extensão e duração. Especialistas afirmam que provavelmente o rio de poeira foi mais intenso que o rio de vapor de água.

Gráficos elaborados baseados em modelos da NASA mostram a concentração de poeira sobre a África no dia 14 de março e na sequência chegando à Espanha no dia 15 de março de 2022. Crédito: NASA
Gráficos elaborados baseados em modelos da NASA mostram a concentração de poeira sobre a África no dia 14 de março e na sequência chegando à Espanha no dia 15 de março de 2022. Crédito: NASA

A imagem de satélite de 15 de março adquirida pelo NOAA-20 mostra em tom marrom a grande nuvem de poeira do Saara cobrindo a Espanha, Portugal, França indo em direção à Suíça. Em algumas partes da imagem a nebulosidade se sobrepôs à nuvem de poeira. A visibilidade caiu nessas áreas e a qualidade do ar ficou prejudicada.

Imagem de satélite mostra a grande nuvem de poeira cobrindo a Espanha, Portugal e a França no dia 15 de março. Crédito: NOAA/NASA
Imagem de satélite mostra a grande nuvem de poeira cobrindo a Espanha, Portugal e a França no dia 15 de março. Crédito: NOAA/NASA

O lado bom!
Sabe-se que a poeira do Saara pode restringir a visibilidade e prejudicar a qualidade do ar em sua área de atuação, mas por outro lado, as partículas são um grande fertilizante natural para o solo e os oceanos. Além disso, a poeira também tem um papel importante de absorver e refletir a energia solar interferindo nas temperaturas.

Todos os anos, mais de 100 milhões de toneladas de poeira são transportados do norte da África em direção à Europa por ventos fortes sazonais.

Espetáculo da natureza
A grande nuvem de poeira deste inverno europeu pintou a neve de marrom e deixou a atmosfera alaranjada em regiões como a Serra da Estrela, em Portugal, a cordilheira dos Pirineus na fronteira da França com a Espanha e até nos Alpes da Suíça e da Áustria gerando imagens espetaculares.

Poeira do Saara atinge a Serra da Estrela em Portugal no dia 15 de março. Crédito: Divulgação twitter @meteoestrela
Poeira do Saara atinge a Serra da Estrela em Portugal no dia 15 de março. Crédito: Divulgação twitter @meteoestrela

A neve na Serra da Estrela ficou levemente escurecida pela presença de partículas de poeira vindas do Saara esta semana. Crédito: Divulgação pelo twitter @meteoestrela
A neve na Serra da Estrela ficou levemente escurecida pela presença de partículas de poeira vindas do Saara esta semana. Crédito: Divulgação pelo twitter @meteoestrela

Estação de esqui na Suíça ficou pintada de marrom com a chegada da nuvem de poeira do Saara esta semana. Crédito: Reprodução twitter @HofSwitzerland
Estação de esqui na Suíça ficou pintada de marrom com a chegada da nuvem de poeira do Saara esta semana. Crédito: Reprodução twitter @HofSwitzerland

Estação de esqui nos Alpes Suícos desaparece em meio à atmosfera marrom e alaranjada da nuvem de poeira vinda do Saara. Crédito: Divulgação twitter @AlpesWeerman
Estação de esqui nos Alpes Suícos desaparece em meio à atmosfera marrom e alaranjada da nuvem de poeira vinda do Saara. Crédito: Divulgação twitter @AlpesWeerman

Paisagem alaranjada dominou os Alpes Austríacos esta semana com a chegada da nuvem de poeira. Crédito: Reprodução twitter @alex le bars
Paisagem alaranjada dominou os Alpes Austríacos esta semana com a chegada da nuvem de poeira. Crédito: Reprodução twitter @alex_le_bars

Acesse também:

Tempestade de areia vinda do Saara deixa céu completamente laranja na Espanha



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2022