Segunda-feira, 15 mar 2021 - 14h32
Por Maria Clara Machado

Pequim e o norte da China são atingidos por intensa tempestade de areia

A mais forte tempestade de areia da última década avançou do Deserto de Gobi, na Mongólia, em direção ao norte da China durante a manhã desta segunda-feira. Pequim foi engolida pela nuvem de poeira e a poluição atingiu níveis máximos. Enxergar também foi um grande problema e a visibilidade caiu a apenas 300 metros.

Vista fotografada em Pequim na manhã de segunda-feira. Região foi atingida pela tempestade de areia mais intensa dos últimos 10 anos. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter oficial @onlyyoontv
Vista fotografada em Pequim na manhã de segunda-feira. Região foi atingida pela tempestade de areia mais intensa dos últimos 10 anos. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter oficial @onlyyoontv

Imagens amplamente divulgadas pelas agências de notícias mostraram a população de Pequim (Beijing) envolta a uma atmosfera muito marrom com a qualidade do ar bastante afetada, mantendo as máscaras, além de óculos, para se proteger da grande camada de poeira trazida pelos ventos. Nas redes sociais, internautas compararam a situação extrema a cenários fictícios do filme Blade Runner 2049.

Todo o trânsito da capital foi prejudicado e o espaço aéreo fechado com cerca de 400 voos cancelados.

As tempestades de areia em Pequim e outras partes da China são comuns nesta época do ano, mas esta foi considerada a mais intensa em dez anos pela agência meteorológica chinesa. De acordo as previsões locais, a nuvem de poeira deve se espalhar mais e atingir doze províncias entre o noroeste e o nordeste do país até a quarta-feira.

Modelo mostra massa de poeira sobre o norte da China nesta segunda-feira. A tempestade de areia aconteceu no Deserto de Gobi, na Mongólia e foi levada pelos ventos em direção ao sul. Crédito: Windy/NASA
Modelo mostra massa de poeira sobre o norte da China nesta segunda-feira. A tempestade de areia aconteceu no Deserto de Gobi, na Mongólia e foi levada pelos ventos em direção ao sul. Crédito: Windy/NASA

Nos últimos anos o plantio de árvores e arbustos em grande escala conseguiu reduzir os impactos das tempestades de areia em partes da China. O país tem o grande desafio de reduzir os altos índices de poluição e vem conseguindo avanços na melhora da qualidade do ar.



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021