Quarta-feira, 30 set 2020 - 17h37
Por Maria Clara Machado

São Paulo vive onda de calor com temperatura recorde no ano

Uma onda de calor anunciada pela meteorologia fez a cidade de São Paulo registrar a temperatura mais alta de 2020 nesta quarta-feira. A temperatura máxima oficial foi de 37,1°C medida na estação meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), no Mirante de Santana. Muitos termômetros de rua chegaram a marcar 39°C e 40°C.

Atualização: O Instituto de Meteorologia registrou mais calor na sexta-feira, dia 2 de outubro. A temperatura máxima chegou aos 37,4°C, sendo então, este o mais recente recorde de calor na cidade de São Paulo em 2020. O valor quase superou o recorde histórico de 2014.

Termômetro de rua marca 37°C no centro de São Paulo na tarde desta quarta-feira. A capital registrou a maior temperatura de 2020 e a segunda maior temperatura da história. Crédito: Foto: Jorge Araujo/Fotos Públicas.
Termômetro de rua marca 37°C no centro de São Paulo na tarde desta quarta-feira. A capital registrou a maior temperatura de 2020 e a segunda maior temperatura da história. Crédito: Foto: Jorge Araujo/Fotos Públicas.

Para a cidade de São Paulo é muito calor e está perto do recorde histórico da capital que é de 37,8°C, registrado em 17 de outubro de 2014, também durante a primavera.

O calor que está extremo desde o fim de semana vai continuar nos próximos dias, alertam os meteorologistas. A temperatura ainda pode passar dos 37°C até o sábado, quando há uma indicação de mudança no tempo.

O Instituto Nacional de Meteorologia faz as medições na cidade de São Paulo desde 1943.

Calor não ajuda nada nas queimadas
A onda de calor também é observada no interior de São Paulo, que está com as temperaturas ainda mais elevadas ultrapassando a marca dos 40°C.

O forte calor aliado à falta de chuva aumenta o risco de fogo nas matas e não tem ajudado em nada a grave situação das queimadas.

O mês de setembro acumula 2068 focos de incêndios no estado de São Paulo, segundo monitoramento por satélites divulgado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

No ano de 2020, já são 4812 focos de queimadas em todo o estado até agora, um aumento de 82% em relação ao mesmo período de 2019.



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021